Sem categoria

Home Sem categoria Page 4

Consumidor já paga mais de R$ 7 por gasolina, diz ANP

0

O preço médio praticado em todo o País, de R$ 5,866, subiu 0,22% entre os dias 8 e 14 de agosto

Consumidor já paga mais de R$ 7 por gasolina, diz ANP

O preço da gasolina comum já ultrapassou R$ 7 no Rio Grande do Sul e chegou a R$ 6,99 o litro no Acre na semana passada, segundo a pesquisa semanal da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O preço médio praticado em todo o País, de R$ 5,866, subiu 0,22% entre os dias 8 e 14 de agosto (últimos dados disponíveis) e acumula alta de 0,60% no mês. Para especialistas, o dólar tem grande influência nesse comportamento, mas outros fatores também influenciam.

Os derivados de petróleo sobem sempre que o câmbio sofre desvalorização (ou seja, o real fica mais barato) e o preço do barril aumenta, explica o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Adriano Pires. Ontem, o dólar à vista fechou a R$ 5,3848, e o petróleo brent negociado em Londres para outubro fechou a US$ 65,18 o barril. “Estamos vivendo um período eleitoral e há uma confusão muito grande no governo. Acho que vai continuar tendo uma pressão via câmbio”, afirmou.

Na composição do preço da gasolina, a fatia da Petrobras é a maior, com 32,9%. A companhia detinha 98% do mercado de refino até 2019, quando se comprometeu com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a vender metade de suas refinarias. Por enquanto, a única que já foi vendida é a da Bahia, que ficou com o Mubadala, o fundo soberano dos Emirados Árabes.

Manter a paridade de preços internacional é considerado fundamental para atrair interessados para as outras refinarias. Outro fator que reforça a necessidade de reforçar a política da Petrobras de paridade de preços internacionais é o fato de o Brasil precisar importar combustíveis para abastecer o mercado interno. Quase 7% da gasolina consumida no País entre janeiro e junho deste ano veio de fora, afirma a diretora executiva de Downstream do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), Valéria Lima. “Não adianta procurar culpar a Petrobras. Certamente o câmbio pressiona bastante, e se estivesse mais baixo, a gasolina também estaria. E isso é resultado da política econômica, afinal, o câmbio reflete nossas condições macroeconômicas”, afirmou.

Há outros determinantes para o preço final, destaca a diretora. Os biocombustíveis, que também são incluídos na mistura final, também subiram – caso do etanol anidro, que é adicionado na proporção de 27% na gasolina comum e representa 15,9% do preço final. As margens brutas de revenda e distribuição, por sua vez, são estimadas em 11,7% do preço final.

Sempre citado pelo presidente Jair Bolsonaro, o ICMS (imposto estadual) também é vilão no preço dos combustíveis e responsável por 27,9% do valor final. Impostos federais – Cide, PIS e Cofins – representam outros 11,6%. Cada Estado tem competência para definir a alíquota. Segundo dados da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis (Fecombustíveis), ela varia entre 25% e 34% na gasolina, dependendo do Estado.

A gasolina brasileira não está entre as mais caras do mundo. O preço médio mundial, segundo o site Global Petrol Prices, era de US$ 1,20 por litro no dia 16 de agosto e de US$ 1,115 no Brasil – valor sem subsídios e impostos. O mais barato é o da Venezuela, de US$ 0,020 por litro, enquanto o Líbano tem o valor mais caro, de US$ 2,564. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Divulgado o resultado do concurso para o Censo 2022, do IBGE

0

Censo 2022 do IBGE – Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O resultado do processo seletivo simplificado (PSS) do Censo Demográfico 2022, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi divulgado nesta sexta-feira (20) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), empresa organizadora do concurso.

Os candidatos para as vagas de recenseador, agente censitário municipal (ACM) e agente censitário supervisor (ACS) devem consultar o resultado no site da FGV.

Confira o resultado final dos aprovados para recenseadores.

Para o resultado final de pessoas pretas e pardas aprovadas, clique aqui.

O resultado final de pessoas com deficiência está disponível aqui.

De acordo com o IBGE, nos casos de empate na nota final foi respeitada a área de trabalho, o município e o estado escolhido, sendo o primeiro critério de desempate, em obediência ao Estatuto do Idoso, garantindo a vaga para quem tem idade igual ou superior a 60 anos completos até o último dia de inscrição.

O segundo critério foi a nota na disciplina Conhecimentos Técnicos, seguida da nota em Língua Portuguesa e em Ética no Serviço Público. Todos os critérios de desempate constam do edital do processo seletivo.

Concurso IBGE Censo: gabarito definitivo e resultado publicados!

De acordo com o órgão, mais de 621 mil pessoas concorreram às vagas distribuídas em 5.297 municípios do país, que se dividem em 206.891 servidores temporários para o Censo, dos quais 183.021 recenseadores, com treinamento previsto para 18 a 22 de julho; 18.420 para ACS e 5.450 para ACM, ambos com treinamento previsto de 6 a 15 de junho.

“Os demais candidatos aprovados serão mantidos em lista de espera, podendo ser chamados posteriormente, de acordo com o edital. O treinamento para recenseadores terá caráter eliminatório e classificatório e será realizado pelo IBGE em duas etapas: autoinstrução e presencial”, informou o IBGE.

Prova

Quem concorreu à vaga de recenseador precisou responder a 50 questões, sendo 10 de Língua Portuguesa, 10 de Matemática, 5 sobre Ética no Serviço Público e 25 de Conhecimentos Técnicos. Para ACM e ACS foram 60 questões, divididas em 10 de Língua Portuguesa, 10 de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 de Ética no Serviço Público, 15 de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 de Conhecimentos Técnicos.

Convocação

Divulgado o resultado final, a próxima etapa será a de convocação e depois os aprovados serão chamados pelo IBGE para realizar treinamento.

Para o processo seletivo, os candidatos receberam do IBGE uma apostila de conhecimentos técnicos para que eles tivessem acesso às informações necessárias para responder às questões sobre a operação censitária. O ensino fundamental completo era o requisito para a vaga de recenseador. O profissional ganha por produção e atuará diretamente na coleta das informações, entrevistando os moradores dos domicílios.

Para ser ACM, que gerencia o trabalho do posto de coleta; e ACS, subordinado ao ACM, tem como principal função orientar os recenseadores durante a execução dos trabalhos de campo; a exigência era ter o ensino médio completo. Os salários são de R$ 2,1 mil e R$ 1,7 mil, respectivamente.

Censo 2022

A estimativa do IBGE é de que seja entrevistados cerca de 215 milhões de habitantes, em mais de 70 milhões de domicílios, a partir de 1º de agosto, nos 5.570 municípios do país.

“O Censo revelará as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e autismo. Realizada a cada dez anos, a pesquisa é a principal fonte de referência sobre as condições de vida da população em todos os municípios do país”, informou o IBGE.

Por Agência Brasil

VACINAÇÃO! Pernambuco autoriza segunda dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em idosos acima dos 65 anos

0
Pernambuco autorizou a aplicação da segunda dose de reforço (também chamada de quarta dose) da vacina contra a Covid-19 em idosos acima dos 65 anos que receberam a primeira dose de reforço há quatro meses.

A informação foi divulgada no início da tarde nesta sexta-feira (25) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) após reunião com o Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação, representantes municipais e Comissão Intergestores Bipartite (CIB), no Recife.

Segundo a SES-PE, mais de 600 mil (654.654) pessoas já receberam a primeira imunização de reforço em Pernambuco, considerando a faixa etária acima dos 65 anos. A chamada 4ª dose deve ser aplicada passados quatro meses do primeiro reforço.

“O avanço na faixa etária, neste momento, é importantíssimo diante do chamado envelhecimento do sistema imunológico, tendo em vista que a grande maioria da população idosa já contabiliza mais de quatro meses do recebimento da sua dose de reforço”, comentou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

O calendário de início das aplicação ficará a cargo de cada município, que será responsável por definir estratégias locais de vacinação para deste público.

Segundo a SES, o Estado seguirá a recomendação técnica do Ministério da Saúde, que estabelece que a aplicação da segunda dose de reforço deve ser feita com os imunizantes da Janssen, Astrazeneca/Fiocruz e Pfizer/BioNTech.

A superintendente de Imunizações do Estado, Ana Catarina de Melo, informou que a população estimada com 65 anos ou mais é de 872.823 em Pernambuco e que este público já passou da marca dos 70% de cobertura vacinal contra a Covid-19.

“Porém, precisamos manter os esforços para aumentar essas taxas de coberturas, oportunizando a proteção de forma adequada e em tempo oportuno, evitando bolsões de pessoas com esquemas incompletos e vulneráveis a doença, sendo que este grupo é um dos que apresentam maior risco para agravamento e óbito”, afirmou Ana Catarina.

A superintendente também informou que haverá checagem da situação vacinal dos idosos, tanto para Covid-19 quanto para influenza, durante a Campanha Nacional contra Influenza 2022, que terá início em 4 de abril.

“A campanha de vacinação contra a gripe, contemplará, neste primeiro mês, o público formado por idosos e profissionais de saúde. Reforçamos com os gestores municipais a importância de fazer a checagem da situação vacinal contra a Covid-19 deste idoso no momento da proteção contra a influenza, aproveitando a ida deste ao serviço de saúde e protegê-lo de forma simultânea”, completou.(Folha de Pernambuco)

Débora Nascimento publica fotos em que aparece nua na praia e recebe elogios

0

Ela recebeu uma chuva de elogios nos comentários

Débora Nascimento publica fotos em que aparece nua na praia e recebe elogios | Diario de Cuiabá

Débora Nascimento, 35, fez a alegria dos fãs ao publicar nas redes sociais fotos em que aparece completamente nua em uma praia. A atriz aproveitou a legenda para filosofar: “Iluminação é quando a onda percebe que é oceano”

Ela recebeu uma chuva de elogios nos comentários. Alguns dos elogios que ela recebeu foram “linda”, “deusa”, poderosa” e “sereia”. “Chega ser covardia essa mulher”, brincou um internauta.
Oficialmente, a atriz está solteira desde o fim do romance com o médico Luiz Perez, em agosto de 2020. Ele foi o primeiro namorado da atriz após o conturbado fim com José Loreto.

A atriz separou-se do ator José Loreto, 35, em fevereiro de 2019. Eles começaram um romance quando atuaram juntos na novela Avenida Brasil (Globo) em 2012, casando-se em 2015. Em abril de 2018, a atriz deu à luz Bella, única filha do casal.

A tumultuada separação dos atores se deu a meio a insinuações de traição que envolviam até mesmo Marina Ruy Barbosa, 25, par romântico de Loreto em “O Sétimo Guardião” (Globo, 2018-2019).

Débora Nascimento publica fotos em que aparece nua na praia e recebe elogios | Tribuna Online

Loreto admitiu ter errado com a então mulher, que não o o perdoou, pondo fim, assim, ao casamento. É preciso ressaltar, que nunca vieram a público provas que relacionassem Loreto e Barbosa, que na época era casada com o piloto, Xandy Negrão, 34.

OAB-PE e AGE lançam linha de crédito especial para a advocacia

0

A OAB-PE firmou uma parceria com a Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) para lançar, a partir desta quarta-feira (19), uma linha de crédito com facilidades e taxas exclusivas para a advocacia. O programa oferecerá também financiamento e juros diferenciados, em relação aos do mercado. Poderão ter acesso à linha de crédito do programa os advogados e advogadas autônomos ou escritório de advocacia, constituído como sociedade de advogados, inclusive as sociedades unipessoais, cujas atividades tenham sido afetadas pela pandemia.

Segundo a Agência de Empreendedorismo de Pernambuco, as informações de cadastro vão desde comprovação de condições de cumprimento de contratos, prazos, condições financeiras, e sociedades constituídas precisarão apresentar alguns requisitos de qualidade. “A análise cadastral do interessado será realizada por ordem da conclusão da entrega dos documentos. E a entrega desses documentos não implicará na realização do empréstimo de imediato, que dependerá também de análise de crédito e da capacidade de pagamento do interessado”, destacou o Diretor de Negócios da AGE, Edilberto Xavier. Para autônomos, destaca ele, será necessário oferecer aval de terceiros. Outro diferencial, neste caso dos advogados autônomos, é que será permitida a formação de grupos solidários, desde que não ultrapassado o limite de R$ 21 mil por grupo, segundo as regras atuais aplicáveis ao Microcrédito.

A linha de crédito para sociedade de advogados poderá chegar a R$ 50 mil, e o pagamento poderá ser parcelado em até 30 meses, com taxas de juros pré-fixadas em a partir de 1,25% ao mês. Já para advogados autônomos, os valores de empréstimo podem variar de R$ 4 mil a R$ 21 mil, parcelados em até 24 meses, com taxa fixas de a partir de 1,5% ao mês. *Para ambos os casos, as taxas já são com o bônus de adimplência, aplicável* nas parcelas quitadas na data de vencimento.

Para o presidente da OAB Pernambuco, Bruno Baptista, essa parceria só vem a somar, juntamente com todos os esforços que a Ordem vem realizando, desde o início dessa pandemia, para apoiar a advocacia a superar o momento de crise.

“Essa parceria com a AGE é mais um dos nossos esforços para ajudar advogados e advogadas durante a pandemia do COVID-19. Sempre estamos pensando em ações que venham a beneficiar a classe, mas o programa de linha de crédito veio num momento oportuno, onde muitos estão precisando reconstruir suas carreiras e, estamos muito contentes em ajudar neste processo,” concluiu.

Os detalhes sobre taxas de juros, tarifas, garantias, documentos necessários, outras condições e restrições estão presentes no resumo executivo da nova linha, em nosso site. Lá também é possível preencher o formulário de pré-cadastro, no http://www.age.pe.gov.br/age-advocacia. (Ascom)

Em comemoração aos 143 anos de Juazeiro, Prefeitura entrega duas praças no Castelo Branco e homenageia antigos moradores

0

Momentos de muita emoção e alegria marcaram a noite dessa quarta-feira (14) no bairro Castelo Branco. Dentro da agenda de comemorações aos 143 anos da cidade, a Prefeitura de Juazeiro inaugurou duas praças em uma solenidade onde foram homenageados antigos moradores.

As praças das quadras C e G levam mais qualidade de vida e opções de lazer para a comunidade. A prefeita Suzana Ramos fez a entrega dos equipamentos.

Homenagens: O evento reuniu os familiares e amigos de Manuel Tavares de Meneses Neto, antigo morador que deu nome à praça da Quadra C e de Luiz Flávio Silva Santos que nomeou a praça da Quadra G.

Nadjanise Meneses, filha de Manuel Tavares de Meneses Neto, agradeceu a homenagem recebida. “É uma grande honra para mim e minha família essa homenagem ao meu pai. Agradeço à prefeitura, à prefeita Suzana e a todos que contribuíram para que essa obra se realizasse. Essas praças eram um sonho do Castelo Branco para que nossas crianças pudessem estar brincando com segurança”, comemorou.

Em nome da família de Luiz Flávio Silva Santos, Jedna Cabral lembrou que seu irmão era muito amado. “Para mim é um sentimento grandioso por que ele era tudo para a gente, um menino abençoado. Era muito querido. Para a família é uma satisfação muito grande. Só temos a agradecer a Suzana e aos vereadores. Nós recebemos um presente muito bom e inesquecível. Esse presente seguirá nas nossas vidas até os últimos dias”, disse.

Comemoração: A prefeita Suzana Ramos comemorou a entrega das obras e o avanço do município. “É um prazer muito grande estar hoje no Castelo Branco inaugurando essas praças. Somos uma gestão nova, mas pode ter certeza que é comprometida com o povo de Juazeiro. Eu amo essa cidade. Ainda estamos no início do governo, mas já conseguimos dar um bom resultado, uma cara nova a cidade”, enfatizou.

“Quero dizer a família de seu Manoel Tavares que quando a gente recebe um nome é por que a gente teve mérito e fez por merecer. E também, na outra praça, que leva o nome do Senhor Luiz Flávio Silva, ele também tem mérito. Estou muito feliz de eternizar essas memórias de pessoas importantes para a comunidade e agradecer a todos por estarem aqui presentes participando desse momento com a gente”, complementou a gestora.

Representando o secretário de obras, Anderson Freire, que não pode estar presente na inauguração, o engenheiro, Acauã Santiago, falou sobre o empenho da gestão. “Nós estamos estregando duas praças. Cerca de 90 mil reais investidos em cada uma, através de recursos próprios mostrando que a prefeitura não tem medido esforços para poder atender toda a população de Juazeiro. A prefeitura já está transformando essa cidade num lugar melhor para todos”, destacou.

 A solenidade também contou com a presença de secretários municipais, vereadores e lideranças comunitárias.

As praças: As praças contam com três laterais para estacionamento, brinquedos, bancos e equipamentos para academia. Para compor o projeto de paisagismo e embelezamento também foram plantadas árvores nativas da caatinga, mudas das espécies de Ipê roxo, Craibeira e Jacarandá.

Ascom PMJ

Miguel Coelho recebe apoio de prefeitos, deputados e ex-prefeitos da Mata Norte

0

O prefeito Miguel Coelho iniciou, nesta quinta-feira (21), um giro por vários municípios de Pernambuco. Após visitar vereadores e lideranças em Camaragibe, o gestor de Petrolina foi a Paudalho para um encontro com políticos da Mata Norte. Na agenda, além de debater os problemas da região, Miguel recebeu apoio em massa para a pré-candidatura ao Governo do Estado.

O evento foi organizado pelo prefeito de Paudalho, Marcelo Gouveia. Também estiveram presente o deputado federal Ricardo Teobaldo, o estadual Gustavo Gouveia, os ex-prefeitos de Paudalho, Eufrasio Filho e Fernando Moreira; Cláudio Honório (Chã de Alegria); Túlio Vieira (Surubim); e Carlinhos do Moinho (Carpina), além de vereadores de diversos municípios da região.

No debate com as lideranças da Mata Norte, a falta de investimentos do Governo do Estado e a situação econômica dos municípios foram as principais queixas. O prefeito Marcelo Gouveia foi uma das vozes mais contundentes sobre a falta de atenção e de incentivos estaduais para a região. “A Mata Norte precisa de investimento, de emprego, de renda e de alguém como Miguel  para trazer esperança para o povo da nossa região”, reforçou Marcelo Gouveia, defendendo o nome de Miguel Coelho numa possível candidatura ao Governo.

O deputado federal Ricardo Teobaldo fez coro às críticas e garantiu que irá marchar na oposição por um projeto de mudança em Pernambuco. “Estou onde sempre estive, na oposição, e Miguel Coelho é o nome que tem nosso apoio”, disse o parlamentar no evento em Paudalho.

Após as primeiras agendas, Miguel Coelho fez um balanço das primeiras visitas do ciclo de debates por Pernambuco. “Estou focado nesses encontros em ouvir e já foi possível confirmar o que nós temos dito. Pernambuco se tornou campeão da falta de investimentos e do desemprego. As cidades estão sem atenção do Governo do Estado, existe uma sensação de abandono, e é preciso recuperar a economia. Ao mesmo tempo, a gente percebe um sentimento de esperança, um desejo pela mudança. A hora é de ouvir os moradores dessas cidades para definir um plano que possa oferecer um futuro melhor”, explicou o prefeito sertanejo.

Miguel continua o giro pelas cidades nesta quinta em Santa Cruz do Capibaribe. Na sexta, o prefeito visita Tabira, Afogados da Ingazeira e Belo Jardim. No total, 11 municípios  terão encontros com Miguel Coelho até domingo (25).

Ascom Miguel Coelho

Três regiões de Pernambuco terão toque de recolher. Decreto começa a valer a partir desta sexta-feira(26)|

0
Governador Paulo Câmara

O Governo de Pernambuco determinou – após análise do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 – que a partir desta próxima sexta-feira (26.02), até o dia 10 de março, todas as atividades econômicas e sociais estarão proibidas, entre 20h e 5h, nos 63 municípios das II, IV e IX Gerências Regionais de Saúde (Geres), com sedes em Limoeiro, Caruaru e Ouricuri, respectivamente. Nos próximos dois finais de semana, as atividades estarão proibidas entre 17h e 5h, quando apenas serviços essenciais poderão continuar funcionando.

O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara, em pronunciamento ontem. Os números crescentes da pandemia e a lotação acima de 90% dos leitos nessas três Geres justificaram a medida restritiva. “A nova aceleração da doença tem superlotado os sistemas de saúde, e vem repetindo o mesmo caminho de 2020, começando pelos Estados do Norte e, agora, chegando com força ao Nordeste”, afirmou Paulo Câmara.

Além disso, também foi anunciada a prorrogação da proibição de eventos por mais 15 dias, valendo para todo o Estado. Da mesma forma, o retorno às aulas nas escolas públicas municipais permanece suspenso até o dia 12 de março.

O governador reforçou que o Estado segue monitorando diariamente os números da Covid-19. “Caso o índice de ocupação de leitos de UTI permaneça subindo, teremos que tomar medidas ainda mais duras nos próximos dias”, advertiu. Segundo Paulo Câmara, durante os 11 meses de luta contra o novo coronavírus, Pernambuco montou a segunda maior rede de UTIs do País, com leitos no Recife e em mais 15 cidades, do litoral ao Sertão.

II GERES

Municípios (20): Bom Jardim, Buenos Aires, Carpina, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa de Itaenga, Lagoa do Carro, Limoeiro, Machados, Nazaré da Mata, Orobó, Passira, Paudalho, Salgadinho, Surubim, Tracunhaém, Vertente do Lério, Vicência.

IV GERES

Municípios (32): Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Felix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Uma, São Caetano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes.

IX GERES

Municípios (11): Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade. 

(Blog de Magno Martins)

Nova estirpe da Covid-19: Os quatro sintomas que não pode ignorar

0

Conheça os sintomas alarmantes da nova estirpe da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que devem ser tratados de imediato

Nova estirpe da Covid-19: Os quatro sintomas que não pode ignorar

A propagação de uma nova variante da Covid-19, está deixando o mundo em estado de alerta. Apesar dos cientistas e médicos estarem trabalhando ininterruptamente de modo a identificar e estabelecer a fonte da mutação, ainda muito permanece um mistério.

Todavia, quando se trata de sinais da estirpe mutante, o Centro de Prevenção de Controle e Doenças (CDC), nos Estados Unidos, recomenda que as pessoas que desenvolvam determinados sintomas consultem um médico o quanto antes, visto que segundo a organização governamental estes podem provocar danos severos, e inclusive matar.

A nova variante da Covid-19 denominada VUI 202012/01, reporta o jornal Times of India, inclui uma mutação genética na proteína spike que pode assim causar a disseminação fácil e imediata do vírus entre os indivíduos.

Embora esta nova estirpe tenha inicialmente surgido no sudeste de Inglaterra, já alcançou outras partes do mundo. É sabido que a variante contém pelo menos 17 mutações capazes de influenciar a forma e potência do vírus, incluindo a sua proteína spike.

Enquanto muitos dos sintomas da nova estirpe são idênticos aosCovid-19 ‘original’, já foi constatado que o vírus mutantetem o potencial de se propagar mais amplamente e a um ritmo mais rápido.

Dito isto, o CDC divulgou quatro sintomas alarmantes da nova variante da Covid-19, nomeadamente:

  • Falta de ar ou dificuldade em respirar;
  • Confusão;
  • Dor persistente no peito;
  • Fadiga extrema e necessidade constante de dormir
  • Mais contagiosa

De acordo com um estudo recente realizado por investigadores daLondon School of Hygiene and Tropical Medicine, a nova estirpe pode causar mais mortes. Os especialistas temem igualmente que as mutações possam provocar mais hospitalizações e óbitos em 2021, comparativamente a 2020.

Wendy Barclay, professora noNew and Emerging Respiratory Virus Threats Advisory Group (NERVTAG) e especialista em virologia no Imperial College London afirma que as mutações fazem com que seja mais fácil para o vírus entrar nas células humanas, sendo que desta feita as crianças também estão mais suscetíveisao coronavírus.

Adicionalmente, uma outra pesquisa levada realizada por investigadores do Centro de Modelação Matemática de Doenças Infecciosas no London School of Hygiene and Tropical Medicine aponta que a nova estirpe é 56% mais transmissível, relativamente a outras estirpes.

LIFESTYLE COVID-19

Fagner recupera a seresta em disco para quem sofre de amor durante a quarentena

0

Quem está acostumado ao canto forte de Fagner, que chega a berros viscerais, terá uma surpresa em “Serenata”

Fagner recupera a seresta em disco para quem sofre de amor durante a quarentena

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Neste momento em que a chamada sofrência está disseminada pela música popular brasileira, chegando até a denominar um subgênero próprio, Raimundo Fagner visita as dores de amor em canções.

Nem de longe algo tão rasteiro quanto as músicas que dominam as paradas. Ele oferece uma versão bem mais lírica e sofisticada -a seresta.

Fagner flerta com os clássicos da seresta em novo álbum - Verso - Diário do  Nordeste

Fagner gostaria de inspirar o público mais jovem. “A seresta é um gênero muito forte na música brasileira. Quando tive a ideia de fazer o disco, pensei que ele poderia ir além do público maduro carente do gênero. Há uma juventude ligada ao chorinho e aos violões.”

“Serenata”, o primeiro álbum de Fagner desde “Pássaros Urbanos”, de 2014, é um resgate carinhoso do repertório seresteiro que foi imenso sucesso em meados do século passado, em vozes impecáveis do rádio como Sílvio Caldas, Francisco Alves, Nelson Gonçalves e Orlando Silva.

Graças à tecnologia de estúdio, Gonçalves, morto em 1998, divide vocais com Fagner na faixa que dá nome ao álbum.
“Esse disco foi feito em homenagem ao meu irmão”, diz Fagner, lembrando Fares Cândido Lopes, grande seresteiro cearense. E ele estende o tributo a outro gigante.

“O preferido de meu irmão era Sílvio Caldas. Eu tive a oportunidade de levar o Sílvio a Fortaleza e nós fizemos duas apresentações no teatro José de Alencar.”

Além de “Serenata”, o álbum produzido por José Milton traz outra canção da parceira Sílvio Caldas e Orestes Barbosa, “Chão de Estrelas”.

O repertório passa por outros clássicos, como “Lábios que Beijei”, sucesso com Orlando Silva, “Deusa da Minha Rua”, imortalizada por Nelson Gonçalves, e “Valsinha”, de Chico Buarque e Vinicius de Moraes.

Duas faixas representam resgates pessoais na carreira de Fagner. “As Rosas Não Falam”, de Cartola, é uma de suas favoritas, gravada por ele no álbum “Eu Canto”, de 1978. “Mucuripe”, um clássico da MPB escrito por Fagner e Belchior, fez parte de seu álbum de estreia, “Manera Fru Fru, Manera”, de 1973.

Num primeiro momento, Fagner não queria incluir música de sua autoria. “Olha, ‘Mucuripe’ foi praticamente uma imposição do Zé Milton. Ela é a música mais importante da minha carreira, ela me abriu portas. E há tempos é cantada pelos seresteiros, foi incorporada por esse gênero. Assim fui convencido.”

Quem está acostumado ao canto forte de Fagner, que chega a berros viscerais, terá uma surpresa em “Serenata”. Ele quis respeitar o caráter acolhedor da seresta. “O Zé Milton às vezes me pedia para dar uma rasgada, mas eu me controlei. É uma responsabilidade fazer essa releitura da seresta, eu sentia que ela ficaria no limite de dar certo ou não”, afirma Fagner.

Ele considerava o disco pronto em março, quando começou a quarentena. “Paramos tudo e eu tive seis ou sete meses para refletir, então refiz todas as vozes. Eu fiquei insatisfeito com o que tinha feito. Essa pandemia, apesar dessa desgraça que nos causou, para esse disco ela proporcionou um tempo de maturação.”

No recolhimento forçado durante o ano, Fagner intensificou as parcerias. Está com muitas canções prontas, algumas já gravadas, escritas com amigos como Zeca Baleiro, Moacyr Luz, Renato Teixeira e Fausto Nilo.

“Esse trabalho de serestas é um projeto à parte, de certa forma está me liberando para fazer outro disco, que periga ser um álbum duplo, de tanta coisa que tenho.” Fagner não pensa em turnê com “Serenata”. Talvez um show, para registrar o trabalho em DVD.

Nos últimos meses, além de compor com os parceiros, ele tem se dedicado a muita “faxina”, como chama o desafio de arrumar suas coisas.

Ele prepara um livro sobre sua relação com o futebol, esporte que hoje, aos 71 anos, ainda pratica. “Vou contar histórias. Eu joguei com o Zico no Japão, joguei com Pelé, Rivellino, Sócrates. Tenho fotos surpreendentes.”

Fagner diz não gostar que suas entrevistas caiam no debate político. Ele apoiou Bolsonaro e hoje o critica.

“Mas isso é normal, o Brasil vive esse momento difícil. Sempre opinei, às vezes dei opiniões contraditórias. A imprensa adora bater em Bolsonaro, mas muito por aquilo que ele fala. Como apoiei, é evidente que as pessoas me procurem. As coisas que ele fala incomodam, mas é preciso reconhecer o que ele faz. Prefiro não falar, já falei demais.”

.”SERENATA
Preço: R$ 54 (CD)
Gravadora: Biscoito Fino
Artista: Raimundo Fagner

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco abre processo eleitoral para renovação de membros

0

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), publicou o Edital de Convocação n° 01/2021 para participação no processo eleitoral para renovação de membros, gestão 2021-2025.

As inscrições estão abertas desde o dia 15 de fevereiro e poderão ser realizadas até 14 de maio de 2021. A documentação referente à inscrição poderá ser protocolada em meio digital através do envio de cópias digitalizadas dos respectivos documentos para o e-mail:

eleicao2021@cbhsaofrancisco.org.br.

Quem pode se inscrever? 

  • Poder Público Municipal
  • Usuários (Abastecimento e lançamento de efluentes urbanos; Indústria e mineração; Irrigação e uso agropecuário; e Hidroviário Pesca, Turismo, Lazer e outros usos consuntivos)
  • Sociedade Civil (Consórcios e associações intermunicipais de bacias hidrográficas; Organizações técnicas de ensino superior, pesquisa e universidades com atuação na área de recursos hídricos ou educação ambiental; e Organizações não governamentais com objetivos de defesa de interesses difusos e coletivos da sociedade)

Os requisitos para a candidatura, as atribuições da comissão eleitoral, disposições sobre a votação, análise de documentos, homologação e demais regramentos do pleito estão detalhados no site do Processo Eleitoral (https://processoeleitoralcbhsf2021.com.br/)

As plenárias eleitorais dos poderes públicos municipais serão realizadas entre os dias 22 e 25 de junho, e das dos Usuários, Organizações Civis, Povos Indígenas e Quilombolas, entre os dias 30 de junho e 09 de julho. As Plenárias Eleitorais deverão ser realizadas, preferencialmente, presencialmente, ou se necessário, por contingências da pandemia da COVID-19, no formato híbrido ou por meio de videoconferência.

Para esclarecimentos de dúvidas relacionadas ao processo eleitoral entrar em contato via email: cbhsf@agenciapeixevivo.org.br ou pelos telefones:

  • Regional MG: (31) 3207.8525 / 3207.8526
  • Regional BA: (31) 9.7524-7053
  • Regional PE: (31) 9.8238-5939
  • Regional AL/SE: (82) 3325-2244

Link de acesso ao edital:

https://cbhsaofrancisco.org.br/wp-content/uploads/2021/02/EDITAL-01-2021-PROCESSO-ELEITORAL.pdf

Ascom CBH São Francisco/Agência Peixe Vivo

A importância de investir para o futuro

0

Construir um patrimônio financeiro permite planejar-se para situações inesperadas, realizar sonhos e criar uma aposentadoria com segurança. Saiba como começar.

Foto A importância de investir para o futuro

Separar uma parte do dinheiro para investir é uma forma de começar a se organizar financeiramente para o futuro. E essa organização pode fazer toda a diferença na vida de uma pessoa ou de uma família, segundo informações veiculadas pelas instituições da área financeira.

Independente do valor inicial de uma aplicação, começar a investir significa dar o primeiro
passo para construir um patrimônio. Diferente de poupar, que consiste em guardar o dinheiro para utilizá-lo futuramente, investir é fazer esse recurso guardado render.

Com a consolidação e o aumento do patrimônio, é possível criar uma reserva de emergência para ser utilizada em situações inesperadas, realizar sonhos materiais e, também, planejar uma aposentadoria que propicie tranquilidade e segurança financeira. No entanto, dúvidas podem surgir. O mercado financeiro apresenta diversas possibilidades: há investimentos em renda fixa, renda variável, atrelados a diferentes índices econômicos, de curto prazo – como o day trade, em que uma operação pode ser aberta e fechada em poucos minutos –, ou longo prazo, em que o resgate pode demorar anos.

Por isso, a primeira recomendação para quem quer começar a planejar o futuro é estudar o mercado financeiro, por meio de fontes oficiais que disponibilizem informações corretas
sobre o assunto.

Saiba onde se informar

Para começar a investir é necessário se organizar financeiramente. O site da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) traz orientações sobre como se preparar de
acordo com a sua atual situação: inadimplente, com as contas em dia ou com algum
dinheiro guardado.

Em caso de inadimplência, é aconselhável quitar as dívidas antes. Se as contas estão em dia, a dica é avaliar como diminuir as despesas para começar a poupar. Quem já tem algum recurso economizado, pode começar a investir.

O Portal do Investidor, iniciativa da Comissão de Valores Monetários (CVM) para promover
a educação financeira entre investidores, traz uma variedade de conteúdos. A primeira orientação é entender com qual finalidade pretende-se começar a investir. “Ter um objetivo é o primeiro passo para um investimento de sucesso”, informa a plataforma.

No site da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) há um espaço dedicado aos investidores que detalha as características das aplicações. Recorrer a livros, corretoras de investimentos e especialistas certificados também pode ajudar a planejar o futuro desde já.

Objetivo, riscos e perfil

Ao definir o objetivo, é possível avaliar se é preferível optar por uma aplicação de curto, médio ou longo prazo; qual é o rendimento mais interessante; se é melhor que tenha liquidez diária; dentre outras informações que permitem filtrar as alternativas disponíveis no mercado.

Um aspecto importante a ser considerado é o risco das operações. “É comum o investidor prestar mais atenção à promessa de rentabilidade do que às chances de perda do que foi aplicado. Mas acredite: não há investimento sem risco”, alerta o Portal do Investidor.

Os riscos variam e a adoção de estratégias na hora de aplicar contribui para minimizá-los.
Os investimentos de renda fixa são classificados como conservadores por serem maisseguros. Mas a rentabilidade é menor quando comparada aos ativos de renda variável, indicados para investidores com perfis moderado e arrojado.

De acordo com a Abefin, conhecer o seu próprio perfil permite identificar a tolerância aos
riscos, o que contribui para uma escolha mais compatível com seus interesses.

Separar uma parte do dinheiro para investir é uma forma de começar a se organizar financeiramente para o futuro. E essa organização pode fazer toda a diferença na vida de
uma pessoa ou de uma família, segundo informações veiculadas pelas instituições da área
financeira.

Independente do valor inicial de uma aplicação, começar a investir significa dar o primeiro
passo para construir um patrimônio. Diferente de poupar, que consiste em guardar o dinheiro para utilizá-lo futuramente, investir é fazer esse recurso guardado render.

Com a consolidação e o aumento do patrimônio, é possível criar uma reserva de emergência para ser utilizada em situações inesperadas, realizar sonhos materiais e, também, planejar uma aposentadoria que propicie tranquilidade e segurança financeira.

No entanto, dúvidas podem surgir. O mercado financeiro apresenta diversas possibilidades: há investimentos em renda fixa, renda variável, atrelados a diferentes índices econômicos, de curto prazo – como o day trade, em que uma operação pode ser aberta e fechada em poucos minutos –, ou longo prazo, em que o resgate pode demorar anos.

Por isso, a primeira recomendação para quem quer começar a planejar o futuro é estudar o mercado financeiro, por meio de fontes oficiais que disponibilizem informações corretas
sobre o assunto.

Saiba onde se informar

Para começar a investir é necessário se organizar financeiramente. O site da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) traz orientações sobre como se preparar de acordo com a sua atual situação: inadimplente, com as contas em dia ou com algum dinheiro guardado.

Em caso de inadimplência, é aconselhável quitar as dívidas antes. Se as contas estão em
dia, a dica é avaliar como diminuir as despesas para começar a poupar. Quem já tem algum recurso economizado, pode começar a investir.

O Portal do Investidor, iniciativa da Comissão de Valores Monetários (CVM) para promover
a educação financeira entre investidores, traz uma variedade de conteúdos. A primeira orientação é entender com qual finalidade pretende-se começar a investir. “Ter um objetivo é o primeiro passo para um investimento de sucesso”, informa a plataforma.

No site da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) há um espaço dedicado aos investidores que detalha as características das aplicações. Recorrer a livros, corretoras de investimentos e especialistas certificados também pode ajudar a planejar o futuro desde já.

Objetivo, riscos e perfil

Ao definir o objetivo, é possível avaliar se é preferível optar por uma aplicação de curto, médio ou longo prazo; qual é o rendimento mais interessante; se é melhor que tenha liquidez diária; dentre outras informações que permitem filtrar as alternativas disponíveis no mercado.

Um aspecto importante a ser considerado é o risco das operações. “É comum o  investidor  prestar mais atenção à promessa de rentabilidade do que às chances de perda do que foi aplicado. Mas acredite: não há investimento sem risco”, alerta o Portal do Investidor. Os riscos variam e a adoção de estratégias na hora de aplicar contribui para minimizá-los. Os investimentos de renda fixa são classificados como conservadores por serem mais seguros. Mas a rentabilidade é menor quando comparada aos ativos de renda variável, indicados para investidores com perfis moderado e arrojado”.

De acordo com a Abefin, conhecer o seu próprio perfil permite identificar a tolerância aos
riscos, o que contribui para uma escolha mais compatível com seus interesses.

“Estamos cada vez mais próximos de chegar na nossa meta: até setembro, 100% dos adultos estarão vacinados”, afirma ministro

0

Covid: Brasil bate a marca de 100 milhões de pessoas vacinadas | O TEMPO

O Brasil chegou a 100 milhões de pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose da vacina contra a covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 62% da população já recebeu ao menos uma dose.

“Estamos cada vez mais próximos de chegar na nossa meta: até setembro, 100% dos adultos estarão vacinados com a primeira dose. E, até o final do ano, todos estarão imunizados”, afirmou o ministério, em nota à imprensa.

Ao mesmo tempo, o governo tem alertado a população sobre a importância da segunda dose. O ministério lançou no início de julho uma campanha para incentivar as pessoas que já tomaram a primeira dose a procurarem os postos de saúde para completar o esquema vacinal.

Nas redes sociais, o ministério ressalta a importância de se vacinar: “Quando chegar a sua vez, vacine já!!”

Agencia Brasil

Trabalhadores da limpeza urbana começaram a ser vacinados contra covid-19 em Petrolina

0

Seguindo o plano de vacinação contra a Covid-19, nessa terça-feira (8), cerca de 400 profissionais da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos receberam a primeira dose do imunizante, em Petrolina. Os trabalhadores, com idade entre 18 e 59 anos, atuam em diversas frentes no município levando serviços essenciais às comunidades.

A Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) ficou responsável por fazer um levantamento junto às empresas prestadoras de serviços e os profissionais diretamente ligados ao município, garantindo que todo o público-alvo seja vacinado.

Para evitar aglomeração e deslocamento das equipes, a Secretaria de Saúde estará vacinando os trabalhadores in loco na central de operações, localizada no bairro Antônio Cassimiro.

“Estamos falando de mais uma categoria essencial para nossa cidade e que, durante todo o período da pandemia, não tiveram as atividades interrompidas por aspectos ambientais e sanitários. É de extrema importância a adesão de todos nesta terça”, ressalta o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos, Fred Machado.

Até esta segunda-feira (7), o município de Petrolina já aplicou 96.309 doses de imunizantes contra o novo coranavírus.

Assessora de imprensa da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos. (Ascom)

Idosos que não tomaram a 1º dose contra a COVID 19 podem ser imunizados nesta sexta-feira em Petrolina

0

A Secretaria de Saúde informa que mantém aberta, às sextas-feiras, a sala 23 do bloco de aulas, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), para realizar a imunização dos idosos com 60 anos ou mais que, por algum motivo, ainda não tomaram a primeira dose contra a COVID-19.

Este público pode buscar o atendimento para vacinação das 8h às 16h. Para ser imunizado, o idoso precisa portar documento oficial com foto, CPF ou cartão do SUS e um comprovante de residência.

Não está sendo obrigatório o cadastro para este público na plataforma vacinacaopetrolina.tisaude.com. Para evitar aglomerações, só está sendo permitido um acompanhante por idoso.

Ascom PMP