Sem categoria

Início Sem categoria

Vereador Paulo Valgueiro procura Justiça para investigar a falta de professores em Petrolina

0

Depois das contradições da Prefeitura de Petrolina ao tentar justificar a falta de aulas para os alunos do 5º ano da Escola Municipal Eliete de Souza que há três semanas não tem professor substituto para ocupar a função do profissional que está de licença médica, o líder da Bancada de Oposição, Paulo Valgueiro, procurou na manhã da segunda (19), o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE) para investigar às denúncias recém divulgadas na imprensa local.

Em um Blog de Petrolina a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Seculte), admite a falta do professor e informa que um substituto será encaminhado nos próximos dias para a unidade de ensino. “Constantemente alguns educadores, por questões de saúde, apresentam atestados solicitando afastamento temporário. Por esse motivo, a secretaria está organizando um banco de dados com servidores contratados para suprir essas ausências. A Prefeitura de Petrolina ressalta que todos os dias letivos serão cumpridos”,destaca a nota.

Já em um veículo da capital, o prefeito Miguel Coelho desmente a situação. “QUEM TEM RAZÃO? – O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (sem partido), desmente o ex-prefeito Júlio Lóssio (PSD), que acusou uma escola de passar três semanas sem aula porque uma professora adoeceu. Lóssio diz, no entanto, que colheu a informação nos blogs da cidade”, texto da publicação.

Além do problema maior que é o prejuízo à educação dos jovens de Petrolina, quem está com a razão, o prefeito Miguel Coelho ou a Secretaria de Educação?

Com o objetivo de acabar com esse imbróglio, o vereador Paulo Valgueiro buscou a Justiça para apurar a denúncia da mãe dos alunos, prejudicados com a falta de professores nas unidades de educação municipal, que levou outros responsáveis a publicarem nas redes sociais, reclamações no mesmo teor: falta de aula por ausência de profissionais de educação no município.

Mediante a falta de justificativas consistentes sobre esse problema no município, Valgueiro quer saber da Prefeitura porquê a ausência de professores não é um caso isolado de uma unidade de ensino, o porquê da Secretaria de Educação não ter um planejamento para evitar prejuízos ao ano letivo desses alunos e ainda por que a demora para resolver o problema da falta de professores em Petrolina.  Situação que infringe a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e o Plano Nacional de Educação.(Ascom)

Mais de 200 candidatos farão teste físico para Guarda Civil de Petrolina neste fim de semana

0

Os 220 classificados para a segunda fase do concurso público da Guarda Civil Municipal de Petrolina (GCM) farão o teste de aptidão física neste fim de semana. As provas serão realizadas no sábado (24) e domingo (25) e cada candidato deve fazer a identificação correta do seu local, data e horário de realização do exame e o comparecimento no horário determinado.

Conforme o edital, os candidatos devem comparecer com a antecedência mínima de uma hora do horário fixado para seu início, munidos do documento de identidade original e atestado médico (original ou cópia autenticada em cartório) específico para tal fim, conforme modelo previsto em edital. Também é necessário estarem trajando roupas apropriadas para a prática de exercício físico, caso contrário, não poderão efetuar os testes.

Ainda de acordo com o edital, aqueles que eventualmente comparecerem após o horário de fechamento dos portões não poderão realizar os testes e serão eliminados do certame. Em hipótese alguma será realizada qualquer etapa fora do local, horário e data determinados.(Ascom)

Palestra marca Dia do Estagiário em Petrolina

0

Os estudantes Elton Jonh e Luedina de Souza tiveram uma tarde cheia de conhecimentos e aprendizagem nesta terça-feira (20), em Petrolina, Sertão de Pernambuco. Eles e mais  200 alunos do ensino médio, técnico e superior do município participaram, no auditório do SENAI, das comemorações do Dia do Estagiário, promovido pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL – PE).

Segundo Elton Jonh, que estagia há dois meses em um supermercado da cidade, o encontro foi extremamente positivo porque, além de conhecer novas pessoas, teve também a oportunidade de ampliar suas perspectivas profissionais. “É muito importante para nós, estagiários, o convívio com novas experiências e inovações tecnológicas tão bem apresentadas durante a palestra ‘Transformação Digital’, ministrada pela analista Conceição Moraes”, pontuou.

Luedina de Souza, estagiária há dois meses em uma empresa do segmento de casas lotéricas, também gostou muito da palestra e chamou a atenção para as “mudanças que ocorrem no ambiente dos negócios no mundo globalizado e marcado pela internet nos dias de hoje”. Ao final, a palestrante Conceição Moraes agradeceu pela troca de experiências e a oportunidade de falar para um público que transforma o estágio em um sonho e se dedica todos os dias visando a transformação deste em uma realização profissional.

De acordo com o gestor regional do Sistema FIEPE, Flávio Guimarães, as comemorações deste ano do Dia do Estagiário em Petrolina, foram bastante motivadoras e animaram os homenageados dando a real importância que cada um deles tem para o mercado. “Um momento onde compartilhamos as oportunidades e desafios, trocamos informações, ampliamos horizontes e as esperanças profissionais que vão nortear os caminhos futuros do nosso desenvolvimento”, concluiu. Após a palestra houve entrega de brindes e sorteios de cursos entre os participantes.

Caminhoneiros querem criar ato para pressionar STF

0

 

 

Folha de S. Paulo – Painel – Por Daniela Lima

Queda de braço Caminhoneiros articulam ato para pressionar o Supremo. Em vídeo, um dos líderes da classe, Wallace Landim, o Chorão, prega paralisação no dia 4, quando haverá julgamento da tabela mínima de frete.

Em frente Se o resultado do julgamento não for positivo, o caminhoneiro sugere que os colegas cruzem os braços. O movimento, O movimento, porém, não é unânime.

Em outra ponta, Wanderley Alves, o Dedeco, diz que não adianta pressionar o Supremo. “A única coisa que vão conseguir com isso é mudar a data da votação STF é um poder judiciário que segue as leis”, escreveu o caminhoneiro.

Governador Paulo Câmera em Petrolina para a 2ª rodada do seminário `Todos por Pernambuco´ nesta quarta-feira (21)

0

A segunda rodada da 4ª edição do Seminário Todos por Pernambuco começa nesta quarta-feira (21), em Petrolina, no Sertão do São Francisco, e segue até a próxima sexta (23), com eventos em Araripina, Sertão do Araripe, na quinta (22), e em Salgueiro, no Sertão Central. Ao fim das duas primeiras rodadas, todas as seis regiões de desenvolvimento (RDs) localizadas no Sertão do Estado terão sido contempladas com realizações do Seminário.

O Seminário Todos por Pernambuco, criado em 2007, é realizado sempre no primeiro ano da gestão Estadual, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). O governador Paulo Câmara convoca grande parte do secretariado para rodar o Estado e escutar as demandas da sociedade. Representantes dos legislativos estadual e municipal também prestigiam os eventos. Na primeira rodada da edição 2019 do Seminário, mais de 4.000 pessoas compareceram aos eventos, realizados em Floresta, Sertão de Itaparica, Arcoverde, Sertão do Moxotó, e Serra Talhada, Sertão do Pajeú.

Alexandre Rebêlo, secretário de Planejamento e Gestão, é o responsável por abrir cada um dos seminários, apresentando toda a metodologia de funcionamento, além de mostrar as ações já realizadas pela gestão de Paulo Câmara. As propostas podem ser feitas tanto presencialmente quanto de forma digital, o que aumenta a capacidade do Governo de ouvir a população.

Nesta 4ª edição do Seminário, a grande novidade é a possibilidade da participação digital da população. O site www.participa.pe.gov.br está no ar desde julho e qualquer cidadão de qualquer lugar do estado pode deixar sua proposta ou apoiar alguma sugestão já cadastrada. Nesta plataforma, quase sete mil interações da população já foram registradas até esta terça-feira (20). Nos locais de cada seminário são montadas ilhas de propostas onde gestores governamentais da Seplag orientam os cidadãos que comparecem presencialmente a deixarem suas propostas pelo site.

Todo o material recolhido junto à população será sistematizado pela Seplag e servirá como insumo para a construção do Plano Plurianual (PPA), documento que contém um plano de médio prazo que orientará as ações do Governo de Pernambuco de 2020 a 2023. A terceira e quarta rodadas do Seminário Todos por Pernambuco acontecem em setembro e percorrerão as seis RDs localizadas no Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana do Recife.

Veja a programação da agenda oficial do Governador Paulo Câmara para os dois dias no Sertão.

“Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, disse Valgueiro ao criticar a gestão pública

0

Resultado de imagem para vereador paulo valgueiro

“Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”. O vereador e líder da Bancada de Oposição Paulo Valgueiro usou um ditado popular na sessão deliberativa desta terça (20) para cobrar da Prefeitura de Petrolina ações para a reinserção da população de rua na sociedade com oferta de serviços de assistência social.

Valgueiro defendeu a união de esforços de várias esferas da sociedade para encontrar a solução. “Queremos que o problema seja resolvido sem tanger esse povo de Petrolina, mas encontrando uma saída para este problema grave que afeta o município. O que temos que fazer é criar condições para que essas pessoas sejam reinseridas no mercado de trabalho, na sociedade dando sua contribuição à Petrolina”, disse ao usar a tribuna livre.

O líder também fez severas críticas gestão pública pela falta de professores na rede municipal de ensino. “Nossas crianças não podem ficar sem aulas, a gestão pública precisa de um planejamento para evitar que essas coisas aconteçam. A Miguelândia não pode devolver a culpa à imprensa ou aos pais desses alunos, dizendo que estão mentindo ao divulgar a falta de aula por ausência de professores no município”.

Outro assunto abordado por Valgueiro diz respeito às denúncias de assédio moral na Guarda Municipal de Petrolina. “Em pleno século XXI pessoas comprometidas como a Guarda, assim como os servidores municipais de qualquer categoria, não cabe perseguição política. Essa prática é nociva e não contribui em nada na melhoria do serviço público e o prefeito Miguel Coelho precisa repensar sobre essa prática”, concluiu destacando a ausência dos colegas vereadores que antes de acabar a sessão esvaziaram a Câmara. “Esses mesmos vereadores que abandonaram a sessão são os mesmos que estarão de porta em porta pedindo votos nas eleições”, pontuou.(Ascom)

Presidente do IPA, Odacy Amorim, garante que pipeiros em atraso receberão a partir desta quarta (21)

0

Resultado de imagem para pipeiros com pagamentos atrasados no sertão de PE

O Presidente do IPA – Instituto Agronômico de Pernambuco,  Odacy Amorim, confirmou em depoimento pela redes sociais, de que o Governo do Estado de PE, através do órgão, pagará os débitos em atraso, com os proprietários de caminhão pipa a partir desta quarta-feira(21).

Veja o comunicado do presidente: “Pessoal, quero compartilhar com vocês uma ótima notícia. Boa parte dos débitos do Governo Estadual com os proprietários de caminhão pipa que prestaram serviços para o IPA, serão pagos nesta quarta e quinta-feira. O pagamento será realizado para pipeiros do Sertão do São Francisco, do Sertão do Araripe e Sertão Central. Desde que assumi a pasta, no início desse ano, me comprometi em lutar pela resolução desta questão. Mesmo com toda a crise financeira enfrentada pelo nosso país, o governador Paulo Câmara irá honrar os compromissos assumidos pelo governo”, comemorou Odacy Amorim.

Tendências no mercado serão tema de palestra gratuita em Petrolina

0

Os modos de consumo estão em constante mudança, as pessoas buscam cada vez mais por empresas que tenham propósitos e geram admiração. Para falar sobre as tendências de futuro no empreendedorismo e nos negócios que a consultora Minéya Helga traz para Petrolina-PE sua palestra ‘Negócios com propósito: futuro ou realidade?’. O evento é totalmente gratuito e será realizado nesta quinta-feira (22).

“As empresas com modelos de negócios alinhados a propósitos claros e inovadores têm atraído mais clientes e formado equipes mais engajadas, apresentado maior crescimento comparado àquelas com modelos de negócios mais tradicionais”, afirma a palestrante Minéya Helga.

Durante a palestra, a consultora discutirá a importância de se construir empresas que pensam além do lucro e com isso ganham atenção dos clientes, dando exemplos de como empreender com sucesso e estar alinhado com novos mercados. “Negócios com propósito são propostas de valor que rompem com a ideia de ter uma empresa para  gerar lucros e empregos, mas como esse lucro impacta positivamente em níveis econômico, social, ambiental, político, cultural, transformando as vidas dentro e fora da empresa”, explica Helga.

A atividade será no Auditório da Biblioteca da Facape, às 19h. São disponibilizadas 100 vagas. As inscrições são feitas online pelo site Sympla, no link:bit.ly/negocio-com-proposito

Transportes alternativos no Sertão de PE vão parar nesta quarta dia (21)

0

Motoristas de todos os transportes alternativos de Floresta, no Sertão pernambucano, não irão rodar para Serra Talhada, Petrolândia, Ibimirim, Petrolina, Belém do São Francisco e Itacuruba.

“Será uma paralisação pacífica em prol dos companheiros que estão em Brasília buscando o melhor para nossa categoria.

Comunicamos que estamos buscando nossa regulamentação perante os órgãos fiscalizadores, onde tivemos apoio positivo da Prefeitura Municipal de Floresta, da Câmara dos Vereadores, dos Deputados Fabrizio Ferraz e Rodrigo Novaes.

No dia 17 de agosto, estivemos com a Presidente da IPTI- Marilia Bezerra, com o Secretário Executivo da Casa Civil – José Maurício, com o Secretário de Desenvolvimento Social – Sileno Guedes, onde todos sinalizaram que estão conosco nessa luta, buscando a regulamentação dos transportes alternativos, pois entendem a importância do nosso trabalho para o desenvolvimento econômico da região e o atendimento à população que precisa.

A luta não pode parar”! Disse um dos organizadores.(O Povo com a Noticia)

“Não quero submeter meu filho a um fracasso”, diz Bolsonaro sobre Eduardo

0

Reinaldo Azevedo

O presidente Jair Bolsonaro reconheceu nesta terça-feira (20) que pode abrir mão da indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a função de embaixador nos Estados Unidos.

Em entrevista a jornalistas, ele disse que não quer submeter o seu filho a um fracasso e considerou que há a chance de um recuo caso o cenário no Senado se mostre desfavorável a uma aprovação.

“Tudo é possível. Eu não quero submeter o meu filho a um fracasso. Eu acho que ele tem competência. Tudo pode acontecer”, disse o presidente, ao ser perguntado se poderia desistir da indicação.

Para ser efetivado, o nome do parlamentar precisa ser apreciado pela Comissão de Relações Exteriores e aprovado por mais da metade dos votos dos presentes em votação em plenário.(…)

Por Gustavo Uribe, na Folha.

Em Petrolina, Secretaria de Agricultura disponibiliza posto com serviços do INCRA

0

Resultado de imagem para assentamentos em petrolina

Quem procura a Secretaria de Agricultura de Petrolina para resolver demandas de programas locais e do Governo Federal a exemplo do seguro ‘Garantia-Safra’, inscrições em programas e ações, emissão de laudos técnicos de verificação do plantio, também terá acesso a alguns serviços do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA).

A secretaria conta com uma equipe técnica dedicada à realização de cadastramento de imóveis rurais no Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR), atualização, remembramento e desmembramento de imóveis rurais, impressões de Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR), além de informações em geral aos proprietários rurais. De janeiro até meados de agosto deste ano, a Secretaria de Agricultura contabiliza 217 processos relacionados a esses serviços, dos quais 95% são de cadastramento de imóveis rurais novos, 2% correspondem a atualizações de cadastros já existentes, 1% são remembramentos, 1% são desmembramentos e 1% impressões do CCIR.

Os assentados também poderão receber assistência técnica da Prefeitura de Petrolina graças ao Termo de Cooperação Técnica firmado entre o governo municipal e o INCRA. Tal acordo possibilitará a elaboração de projetos para liberação de créditos para as famílias de 22 assentamentos ligados ao instituto, a execução de serviços topográficos que vão auxiliar na titulação definitiva dos assentamentos; parceria nos serviços de regularização das famílias assentadas e elaboração de laudos para construção e reforma de moradias nos assentamentos.

“O prefeito Miguel Coelho, sempre atento às demandas da zona rural, principalmente, agora em relação aos assentamentos, vem chegando forte com mais uma ação importante: a assinatura do Termo de Cooperação Técnica com o INCRA e permitirá que a prefeitura preste assistência técnica aos assentamentos ligados ao Instituto. A Prefeitura de Petrolina, por meio da Secretaria de Agricultura, já realizava alguns tipos de serviços disponibilizados pelo sistema do INCRA. Vale salientar que Petrolina é a primeira cidade de Pernambuco a assinar um termo como esse, firmando parceria entre o INCRA e o município”, destacou o secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando.

Outras informações pelo telefone (87) 3864-0747 ou ainda na sede da secretaria que está localizada na Rua das Laranjeiras, nº 265, Centro, próximo à Praça do Galo.

Maia defende mudar sistema eleitoral já para 2020

0

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu, hoje, a aprovação de mudanças no sistema eleitoral para as eleições municipais de 2020. Maia disse que seria um “marco para a política” se houvesse um consenso em torno da aprovação de alterações no sistema eleitoral.

Para valer nas eleições municipais do ano que vem, qualquer mudança nas regras deve ser aprovada pelo Congresso Nacional até outubro, um ano antes do pleito.

Ao deixar a Câmara para uma viagem a São Paulo, Maia citou diferentes propostas de mudanças no sistema eleitoral, mas defendeu uma, do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, que presidirá o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante as eleições municipais do ano que vem. Pelo projeto, segundo Maia, seriam realizadas já no ano que vem eleições no modelo distrital misto em cidades com mais de 200 mil habitantes.

O voto distrital misto recebe esse nome porque contempla dois sistemas: o majoritário – hoje aplicado nas eleições para presidente, governador, senador e prefeito, que valeria para as escolhas nos distritos – e o proporcional, que privilegia os partidos como acontece hoje nas eleições para deputados e vereadores.

Nas cidades abaixo de 200 mil habitantes, as eleições seriam em sistema de lista fechada. Pelo modelo, vota-se na lista elaborada pelos partidos, e não diretamente no candidato, como é feito atualmente.

“Acho que seria um marco para a política a gente conseguir fazer as eleições municipais [de 2020] já nas cidades acima de 200 mil habitantes no sistema distrital misto e, abaixo, na lista fechada, como está proposto pelo TSE, a presidente Rosa [Weber], o ministro Barroso, e por todo o colegiado do TSE que acompanha o processo eleitoral do dia a dia”, disse Maia. “Eu espero ainda nesses próximos dias convencer o parlamento disso”, completou.

Segundo o presidente da Câmara, as discussões em torno de alterações no sistema seriam levadas diretamente ao plenário, sem passar por comissões da Casa. Maia, no entanto, disse ser difícil construir maioria em torno da matéria. “Seria uma sinalização histórica do Congresso Nacional. A gente sabe que não é fácil, são mais de 23, 24 partidos aqui, tudo isso é difícil construir maioria”, declarou o presidente da Câmara.

Deputado Antonio Coelho solicita isenção de ICMS para guarda municipal

0

O deputado estadual Antonio Coelho (DEM) subiu à tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco, nesta terça-feira, para solicitar ao Governo do Estado que conceda isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para a compra de equipamentos e armamentos para as guardas civis municipais. A indicação do parlamentar foi aprovada pelo plenário da Casa.

“Todos sabem que o nosso país infelizmente sofre com um problema seríssimo de segurança pública, que faz com que os cidadãos se sintam presos em suas próprias residências, tenham medo de sair à noite, de levar suas crianças para passear, assim ficando reféns e sem a confiança de que o estado possa lhe garantir a segurança. Temos uma jurisprudência do Supremo Tribunal Federal que permite aos municípios com mais de 100 mil habitantes terem guardas civis municipais armadas. Portanto, essa conceção seria um estímulo fiscal importantíssimo para fazer valer esse entendimento jurídico”, destacou.

Tendo como base levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado em dezembro de 2018, Pernambuco tem 13 cidades acima dos 100 mil habitantes: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Caruaru, Petrolina, Paulista, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Garanhuns, Vitória de Santo Antão, Igarassu, São Lourenço da Mata e Santa Cruz do Capibaribe. Juntas, estas cidades possuem praticamente a metade de toda a população pernambucana.

“Caso o governo acate esta indicação, esses municípios terão uma isenção de 30%. Vale lembrar que a compra dos equipamentos (armas, munições, fardamento e coletes) seria feita pelas instituições, não pelos agentes em si. Além disso, devemos reconhecer que o governo estadual não tem tido a capacidade de enfrentar o desafio da segurança pública sozinho, seria uma forma de somar atores para este propósito”, completou Antonio Coelho.(Ascom)

É grave. 500 milhões de abelhas morreram no Sul e Sudeste do Brasil no começo de 2019

0

 

Cerca de meio bilhão de abelhas morreram em quatro estados brasileiros nos primeiros meses de 2019, segundo estimativas de associações de apicultura, secretarias de agricultura e pesquisas de universidades, sendo que os dados foram reunidos pela Agência Pública e Repórter Brasil. A morte massiva é um sintoma de que alguma coisa vai muito mal nessas regiões.

A maioria dessas mortes foi registada no Rio Grande do Sul (400 milhões), seguida por Santa Catarina (50 milhões), Mato Grosso do Sul (45 milhões) e São Paulo (7 milhões). O Rio Grande do Sul é o maior produtor apícola do país, com produção de mais de 6 mil toneladas por safra, o que representa 15% do total produzido no Brasil.

O apicultor Aldo Machado contou ao Bloomberg que a morte foi rápida em suas colmeias de Apis mellifera. Menos de 48 horas depois dos primeiros sinais de intoxicação, milhares estavam caídas ao chão, formando montes de corpos.

“Assim que as abelhas saudáveis começaram a retirar as abelhas que estavam morrendo das colmeias, elas se contaminaram. Começaram a morrer em massa”, diz Machado, que também é vice-presidente da associação de apicultores do Rio Grande do Sul.

Isso representa uma tragédia para os produtores de mel e para o meio ambiente da região. A onda de mortes registradas no Brasil entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019 representou um prejuízo de 150 toneladas de mel.

O engenheiro agrônomo e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Aroni Sattler, é especialista em abelhas e realiza pesquisas sobre a morte delas desde 1973. Ele afirmou à Agência Pública que nos últimos dez anos tem aumentado drasticamente a morte de abelhas sem sinal de doenças. Essa morte em massa levanta sinais de alerta em relação aos pesticidas usados na agricultura do Brasil.

A maioria das abelhas mortas apresentou resquícios de Fipronil, um inseticida banido na União Europeia há mais de 10 anos e classificado pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos como um possível carcinogênico humano. Como é inseticida, ele também mata as abelhas.

Uma pesquisa de 2018 realizada pelo laboratório privado Bioensaios mostrou que 80% das abelhas que morreram no Rio Grande do Sul tiveram contato com o Fipronil antes de morrer.

Relaxamento do uso de pesticidas

O uso de agrotóxicos no Brasil aumentou 700% de 1990 a 2016, de acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

O último relatório da Anvisa mostrou que 20% as amostras continham excesso de pesticidas, acima dos níveis permitidos, ou que continham pesticidas ilegais. 

Os agrotóxicos abrangem uma área muito maior do que a da lavoura – atingem um raio de 3 a 5 quilômetros além da plantação, afetando também os eventuais vizinhos apicultores e as abelhas silvestres que vivem nas matas.

O que fazer?

Machado defende o acompanhamento de agrônomos nos campos para que orientarem as aplicações segundo as bulas. Ele também incentiva que os apicultores não tenham medo de denunciar aplicações ilegais aos órgãos estaduais como secretarias do meio ambiente ou de agricultura.

Em 2013, um projeto do estado de São Paulo patrocinado pelas próprias produtoras de agrotóxicos, o Colmeia Viva, lançou um telefone 0800 para que os apicultores denunciassem a morte de suas colmeias. O projeto faz uma análise da morte das abelhas e entrega um laudo para o criador, que pode utilizá-lo para entrar com ação na justiça contra quem usa agrotóxicos de forma ilegal.

Poucos dados

No Brasil, não há números oficiais de morte de abelhas, mas as associações de apicultores e secretarias estaduais de agricultura fazem suas próprias estimativas, que são abaixo do real número de mortes desses polinizadores. Isso porque os apicultores relatam as mortes apenas das abelhas de suas colmeias, portanto não entram nessa conta as abelhas silvestres que morrem nas matas.

1º relatório da polinização brasileiro

Abelhas são polinizadores importantes pelo grande número de espécies existentes

Segundo o 1º Relatório Temático de Polinização, Polinizadores e Produção de Alimentos no Brasil, publicado em fevereiro de 2019, 76% das plantas produtoras de alimentos no Brasil são dependentes da polinização feita por animais. Entre esses animais estão pássaros, morcegos, borboletas e outros insetos, mas as abelhas se destacam pelo enorme número de espécies existentes.

Os polinizadores aumentam a qualidade e quantidade de alimentos como soja, café, feijão e laranja. O relatório estima que este serviço ambiental representa para os agricultores uma ajuda que equivale a R$43 bilhões por ano. “A soja é o produto que mais tem valor na nossa balança comercial”, diz a pesquisadora Kayana Agostini à Gazeta do Povo.

Agostini, que é professora da Universidade Federal de São Carlos, explica que algumas culturas são totalmente dependentes de polinizadores, como o maracujá, que precisa da abelha mamangava para fazer a troca de pólen necessária para a produção do fruto.

O relatório foi criado em parceria da Rede Brasileira de Interações Planta-Polinizador; Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos; e a Plataforma Brasileira de Biodiversidade; com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

A morte de abelhas no mundo tem ganhado destaque desde 2006, quando surgiram os primeiros destaques de Distúrbio do Colapso das Colônias (DCC), registrados nos EUA e Europa. No DCC, apicultores encontram em suas colmeias apenas rainha, abelhas imaturas e um punhado de abelhas adultas que cuidam das pupas. O resto da colônia desaparece.

No Brasil não há registros oficiais de DCC, mas é importante que apicultores relatem qualquer atividade incomum para que os dados sejam registrados. [Science AlertAgência PúblicaGazeta do PovoColmeia Viva]

Petrolina.Formação em Direitos Humanos vai garantir atendimento jurídico gratuito em comunidades

0

Após um processo seletivo com mais de 70 inscritos, estudantes do curso de Direito tiveram sua primeira aula da formação em Direitos Humanos na noite desta segunda-feira (19), em Petrolina. O mini-curso, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, em parceria com a prefeitura,terá duração total de 8 horas, e está sendo ministrado pelo professor Dr. Phablo Freire Paiva, na sede da OAB. A formação tem como objetivo levar aos estudantes de Direito conhecimentos sobre os direitos humanos e a importância destes para a vida em sociedade.

Terminado o curso, os alunos irão atuar em estágio supervisionado em locais de vulnerabilidade social para promoção e defesa dos direitos humanos, indicados pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH). Os estudantes irão realizar atendimentos periódicos nessas localidades, encaminhando aos órgãos judiciários as demandas recebidas.  A primeira comunidade a receber o projeto já tem data e hora marcada: dia 31 de agosto, às 9h no Residencial Vivendas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Jorge Assunção, a parceria entre OAB e prefeitura vem para garantir direitos fundamentais que muitas pessoas desconhecem.  “Quando fechamos a parceria pensamos no quanto essa formação auxiliará uma parcela da população que ao ter seus direitos humanos violados de alguma forma, terá quem recorrer. E para os estudantes de Direito, é um passo importante na construção de sua vida profissional. Com isso, ganha a sociedade como um todo”, pontua.(Ascom)