Sem categoria

Home Sem categoria

Petrolinense Carlos Laerte conquista 1º lugar no  ´Prêmio de Jornalismo Cooperativista de Pernambuco`

0
Jornalista Carlos Laerte

O jornalista e diretor da Clas Comunicação e Marketing, Carlos Laerte, conquistou, na noite dessa quinta-feira (30), o 1º lugar no 1ºPrêmio de Jornalismo Cooperativista de Pernambuco, na categoria ‘Jornalismo Cooperativo’.

O anúncio do prêmio, promovido pelo Sistema OCB/PE, como forma de reconhecer e premiar as melhores matérias e reportagens sobre o cooperativismo estadual, foi realizado através de uma live, onde também foram conhecidos os vencedores nas categorias ‘Jornalismo Impresso/ Digital’, ‘Telejornalismo e ‘Radiojornalismo’.

A matéria ‘Saúde e sustentabilidade marcam história de sucesso cooperativista no Vale do São Francisco’, contando a trajetória da Unimed Vale do São Francisco, de Carlos Laerte, concorreu com inúmeras produções jornalísticas de profissionais que atuam em cooperativas do sertão ao litoral pernambucano.

Para o presidente da OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira, a primeira edição do Prêmio de Jornalismo Cooperativista de Pernambuco, reconheceu e valorizou temas importantes para o cooperativismo a exemplo do desenvolvimento sustentável que transforma vidas.

Presente virtualmente à premiação, o presidente da Unimed Vale do São Francisco, Francisco Otaviano, comemorou o resultado, ressaltando o comprometimento e dedicação da Clas Comunicação e a fidelidade do assessor de imprensa ao contar a história da cooperativa médica que é líder regional no segmento de planos de saúde.

Ainda durante o anúncio dos vencedores, o público pôde acompanhar o debate ‘Os Desafios dos Comunicadores no Cenário Pós-Pandemia’, com os comunicadores Aldo Vilela (CBN Recife), Samuel Milléo (Sistema Ocepar) e Juliana Gomes (Sistema Ocemg).

Os três classificados de cada categoria receberão vaga em programa de inovação do Sescoop/PE e os vencedores firmarão um contrato com o Sistema OCB/PE no valor líquido de R$ 2.500,00, para cada categoria, e receberão troféu alusivo. (Ascom)

Os novos rumos. Loja física não vai acabar, mas terá de se transformar para atrair clientes

0

Hoje, o sucesso de uma loja física depende em grande parte de um ponto bem localizado, o que aumenta o investimento inicial e os custos fixos

Loja física não vai acabar, mas terá de se transformar para atrair clientes

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) – Com a possibilidade de comprar quase tudo pela internet, as lojas terão que se esforçar para oferecer uma experiência mais completa nos próximos anos.

“Mesmo depois que a pandemia estiver superada, o consumidor vai pensar duas vezes antes de se deslocar”, diz Silvio Laban, professor do Insper.

A fronteira entre o comércio físico e o digital ficará cada vez mais tênue, afirma ele. Assim, será muito mais frequente que a compra comece na loja e termine no ecommerce, e vice-versa.

Vitor Magnani, presidente do conselho de comércio eletrônico da Fecomercio-SP, aposta no uso de realidade virtual. Na loja, por exemplo, a simulação de uma partida de basquete pode dar ao consumidor a possibilidade de testar o melhor tênis como se ele estivesse na quadra.

A tecnologia também pode levar a experiência da loja para a casa do comprador. Óculos de realidade virtual vão permitir percorrer corredores, ver os produtos expostos e interagir com atendentes.

“Daqui a alguns anos, teremos provadores de roupas virtuais. E já existem startups que tentam transmitir aromas pela internet”, diz Ricardo Balkins, sócio-líder da área de bens de consumo da consultoria Deloitte.

Isso não significará a morte dos pontos físicos, afirma ele.”Desde o ano 2000, ouço essa história de que a loja vai acabar. Mas de fato vamos encontrar cada vez menos o modelo que conhecemos hoje, com um monte de produtos nas prateleiras, filas e serviço muitas vezes ruim.”

Os shoppings também não serão os mesmos, diz Magnani. “Hoje, em São Paulo, esses estabelecimentos já são vistos não só como um lugar de compra, mas de lazer. Essa tendência vai se intensificar.”

Esses locais devem se tornar centros de distribuição de produtos, algo já ensaiado na pandemia. “Eles estão localizados em ótimos espaços na cidade e têm a vantagem de que as lojas já estão ali”, diz.

Áreas tradicionais de comércio não serão poupadas do crescimento das vendas online. As lojas deverão se digitalizar e operar sem atendimento presencial, só com estoque e distribuição.

“Já vemos essa mudança na 25 de Março e no bairro da Liberdade, onde vários comerciantes já vendem por redes sociais e aplicativos de mensagens”, afirma Magnani.

A digitalização pode ser benéfica também para bairros com populações de baixa renda. Hoje, o sucesso de uma loja física depende em grande parte de um ponto bem localizado, o que aumenta o investimento inicial e os custos fixos.

No modelo online, o vendedor pode ter clientes de qualquer parte da cidade e facilmente escalar as vendas.

Laban afirma que outra tendência é que o consumidor gaste menos tempo com compras que não lhe dão prazer. Clubes de assinatura de itens de uso frequente, como produtos de limpeza, poderão substituir as idas ao mercado.

No Brasil, um dos principais entraves ao comércio é o transporte. “Há déficit de estradas, e o modal aéreo é pouco explorado”, diz Rodrigo Bandeira, vice-presidente da Abcomm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

A essa dificuldade se soma a demanda por prazos de entrega cada vez menores. Um sinal disso, afirma Bandeira, é que muitos consumidores já se mostram dispostos a pagar mais para receber suas compras mais cedo.

Uma alternativa que tem se tornado popular é a retirada dos produtos em lojas conveniadas ou pontos de entrega. “Você compra pela internet e, para evitar o custo de frete, busca o item em uma loja de conveniência, por exemplo”, diz Balkins, da Deloitte.

Ele afirma ainda que esse meio de entrega tem efeito duplo: viabiliza a venda de produtos de preços baixos, que acabam tendo o custo do frete igual ou maior que o da mercadoria, e dá sobrevida aos estabelecimentos menores.

“As pequenas lojas, que correm o risco de serem engolidas pela falta de tecnologia, podem servir como pontos de distribuição de marcas maiores. Essa visita gera uma oportunidade para o comerciante vender os próprios produtos.”

Outra solução para contornar problemas logísticos é a impressora 3D. “Será possível comprar online, ir até um quiosque em um shopping e imprimir o item”, afirma Balkins.

Entregas por drones não devem tardar a se tornar realidade, mas precisam primeiro ser regulamentadas pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). O uso dos equipamentos depende da mitigação de riscos, como quedas.

Além de querer receber sua compra forma rápida e conveniente, o consumidor dos próximos anos se preocupará cada vez mais com a procedência daquilo que compra.

“Hoje, ele não está disposto a pagar mais por um produto sustentável, prefere o mais barato”, diz Balkins, que acredita que esse cenário mudará no futuro, influenciado pela baixa dos preços desses itens.

Laban afirma que a pandemia fez aumentar o interesse em informações sobre a origem e o trajeto das mercadorias. “O consumidor quer saber de onde o produto veio, os cuidados que foram tomados durante o transporte, as condições de armazenamento.”

O desenvolvimento tecnológico será crucial para atender a essa nova demanda. E também para oferecer uma melhor experiência de compra dentro do ponto físico.

Em outros países, já há lojas nas quais o cliente não precisa passar pelo caixa. Na entrada, ele escaneia um QR code com o seu celular para que a porta se abra. Lá dentro, usa uma sacola para depositar as mercadorias e, depois, passa por um corredor com câmeras e sensores, que identificam os itens.

É o caso das lojas autônomas da Amazon, abertas nos Estados Unidos a partir de 2018. Em março deste ano, a empresa inaugurou o primeiro estabelecimento do tipo fora do território americano, em Londres.

O modelo pressupõe que o cliente já tenha um modo de pagamento digital: um smartphone com acesso à internet e um aplicativo instalado, da própria rede ou de uma companhia parceira, no qual o cartão de crédito é cadastrado.

Uma pesquisa do Banco Central de 2018 apontou que 60% dos brasileiros usam o dinheiro como forma de pagamento mais frequente –um obstáculo à implementação de lojas autônomas no país.

Para contornar essa realidade, fintechs (empresas de tecnologia focadas em operações financeiras) têm trabalhado para criar alternativas de pagamento online que dispensem o cartão de crédito. Um exemplo são as carteiras digitais que podem ser carregadas com valores em estabelecimentos físicos.

IFPE anuncia processo seletivo para professor substituto com 60 vagas; salário chega a R$ 5.831,21. Inscrições abertas

0

Edital já foi divulgado e as inscrições estão abertas

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) lançou, nessa segunda-feira (18), o edital de seleção simplificada para a contratação de professor substituto. Ao todo, são 60 vagas para trabalho em caráter temporário. Há vagas reservadas para pessoas com deficiência. Os salários vão de R$ 2.236,32 a R$ 5.831,21.

Pessoas beneficiárias de programas sociais do Governo Federal e membros de família de baixa renda com CadÚnico poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição, entre os dias 25 e 26 deste mês, também por meio do site da Cvest.

As vagas estão distribuídas por regiões de atuação dos Campi do IFPE.

A depender da titulação, a remuneração pode variar de R$ 2.236,32 a R$ 3.522,21, para regime de trabalho de 20 horas semanais; ou de R$ 3.130,85 a R$ 5.831,21, para regime de 40 horas semanais; além do direito ao auxílio-alimentação e vale transporte.

A seleção se dará através de duas etapas: análise de títulos (etapa classificatória com peso 3) e prova de conhecimentos práticos específicos (etapa classificatória e eliminatória com peso 7).

Para participar da seleção simplificada, os interessados precisam: ser brasileiros, possuir quitação de obrigação militar e eleitoral, nível de escolaridade e habilitação profissional dentro do padrão exigido para o cargo, idade mínima de 18 anos, aptidão física e mental, não ocupar cargo efetivo de magistério em outras instituições federais de ensino, ter encerrado contrato de professor substituto com o IFPE em prazo igual ou superior a 24 meses.

Resultados
A divulgação do resultado preliminar da Análise de Títulos ocorrerá na data provável de 19 de maio, a partir das 17h. Os eventuais recursos poderão ser interpostos até as 17h do dia subsequente a esse resultado.

Já o resultado de análise dos recursos será publicado juntamente com o resultado final dessa primeira etapa, na data provável de 30 de maio. Nesse mesmo dia, sairá o calendário e o local de realização da Prova de Conhecimentos Práticos Específicos.

O resultado preliminar da Prova de Conhecimentos será divulgado na data provável de 13 de junho, com interposição de recursos prevista para até 17 horas do dia subsequente a essa publicação. Já o resultado da análise de recursos dessa etapa e o resultado final do Processo Seletivo serão anunciados na data provável de 20 de junho, a partir das 17h.

O processo seletivo terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

(Ascom)

Empresários homenageiam Paulo Câmara

0

Representantes de todos os setores produtivos organizaram almoço em reconhecimento ao trabalho do governador

O empresariado pernambucano homenageou o governador Paulo Câmara com um almoço de adesão nesta terça-feira (06.12), no Restaurante Spettus, em Boa Viagem. O PIB do Estado se fez presente no local com representantes dos setores sucroalcooleiro, avícola, da construção civil, atacadista, automotivo, energético, entre outros.

“Se a gente olhar para os nossos estados vizinhos e para o que aconteceu no Brasil, nesses últimos oito anos, Pernambuco poderia ter entrado em um caminho contrário. Conseguimos mantê-lo no rumo certo. E o reconhecimento disso é determinante para que a gente chegue no final desse ciclo de cabeça erguida”, frisou Paulo Câmara em seu discurso no evento, agradecendo a presença de todos os convidados e as homenagens recebidas.

Os participantes enalteceram a parceria com o governador e parabenizaram o gestor estadual pela condução de Pernambuco ao longo dos últimos oito anos, destacando seu perfil centrado e firme. “Paulo Câmara fez o dever de casa. Como poucos governantes, foi muito disciplinado e correto. Sempre com muito zelo em fazer por Pernambuco, para a população, junto aos grupos empresariais e outros gestores. Então, fico muito honrado por fazer essa saudação e ver essa sala cheia de pessoas que admiram seu trabalho”, afirmou o presidente do Grupo EQM, Eduardo Monteiro, que discursou representando o grupo, junto ao empresário Paulo Sales.

Estiveram presentes ainda secretários de estado, deputados, prefeitos e diretores das principais empresas públicas estaduais.(Ascom)

Covid-19: Brasil registra mais 636 mortes e 23.439 novos casos em 24 horas

0

O número de pessoas que não resistiram à Covid-19 no Brasil subiu para 232.170. Em 24 horas, foram registradas 636 mortes. Há ainda 2.822 óbitos em investigação no país.
Já o total de pessoas infectadas pelo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 9.548.079. Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 23.439 novos casos.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite desta segunda-feira (8). O balanço é produzido a partir de informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Há, ao todo, 868.264 pessoas com casos ativos da doença em acompanhamento por profissionais de saúde e 8.447.645 pacientes já se recuperaram.

Estados

Na lista de estados com mais mortes estão São Paulo (54.663), Rio de Janeiro (30.700), Minas Gerais (15.967), Rio Grande do Sul (11.028) e Ceará (10.612). As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (893), Roraima (896), Amapá (1.083), Tocantins (1.425) e Rondônia (2.369).

Em número de casos, São Paulo também lidera (1.851.776), seguido por Minas Gerais (776.215), Bahia (609.755), Santa Catarina (595.952) e Paraná (571.355).

INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

0

A Portaria publicada no Diário Oficial da União prorroga a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de janeiro e fevereiro

INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não fizeram a prova de vida entre março de 2020 e fevereiro deste ano não terão seus benefícios bloqueados.

A Portaria nº 1.266/2021, publicada hoje (20) no Diário Oficial da União, prorroga a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de janeiro e fevereiro, ou seja, para pagamentos até o fim de março.

A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior. De acordo com a portaria, a rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios permanece e a comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos.

Realizada todos os anos, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. Para isso, o segurado ou algum representante legal ou voluntário deve comparecer à instituição bancária onde saca o benefício.O procedimento, entretanto, deixou de ser exigido em março de 2020, entre as ações para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, e a medida vem sendo prorrogada desde então.

Desde agosto do ano passado, o a prova de vida também pode ser feita por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.

Também foi publicada no Diário Oficial da União portaria do Ministério da Defesa que também suspende, até 30 de junho, a atualização cadastral para prova de vida de militares inativos, pensionistas de militares, militares anistiados políticos e dependentes habilitados. De acordo com o texto, nesse caso, o bloqueio de pagamentos por falta de realização da comprovação de vida voltarão a acontecer a partir de 1º de julho.

A medida também foi adotada em março do ano passado em razão da pandemia de covid-19 e vem sendo prorrogada.

Com informações da Agência Brasil

Covid-19: Os alimentos que deve comer antes e depois de ser vacinado

0

Estes alimentos ajudam a atenuar possíveis efeitos secundários que possam decorrer da toma da vacina

Covid-19: Os alimentos que deve comer antes e depois de ser vacinado

Em todo o mundo milhares de indivíduos estão sendo vacinados contra a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, na tentativa de travar a disseminação da pandemia.

Tendo isso em mente, o nutricionista das estrelas do esporte e das celebridades Ryan Fernando divulgou no jornal Times of India aqueles que são os cinco alimentos, ricos em vitaminas, nutrientes e propriedades anti-inflamatórias, que deve ingerir pré e pós receber o imunizante, de modo a minimizar o risco de sofrer efeitos secundários. Aprenda.

Os cinco alimentos que deve consumir antes de tomar a vacina contra a Covid-19:

  • – Curcuma;
  • – Alho;
  • – Gengibre;
  • – Vegetais;
  • – Fruta fresca.

Os cinco alimentos fundamentais que deve comer após a toma da vacina contra a Covid-19:

  • – Mirtilos;
  • – Chocolate meio amargo;
  • – Canja de frango;
  • – Azeite;
  • – Brócolis.

E as coisas que deve evitar fazer:

  • – Fumar;
  • – Estar de jejum antes de tomar a vacina;
  • – Beber álcool;
  • – Beber refrigerantes.

Black Friday: conheça os direitos do consumidor e não caia em enrascada

0

Em caso de irregularidades, o consumidor tem direito à reparação por danos patrimoniais e morais; fique alerta!

Black Friday: conheça os direitos do consumidor e não caia em enrascada

Em ocasiões como a Black Friday, com alto volume de compras, é importante lembrar dos direitos do consumidor: adquirir produtos e serviços que não ofereçam perigo à integridade física e ter acesso a informações claras, que incluem as características, composição, qualidade, preço e até mesmo eventuais riscos que apresentem.

Em caso de irregularidades, o consumidor tem direito à reparação por danos patrimoniais e morais, podendo acionar membros do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC) para ter certeza de que terá todos os seus direitos garantidos.

Procons, Ministério Público, Defensoria Pública, Delegacias de Defesa do Consumidor, Juizados Especiais Cíveis e Organizações Civis de defesa fazem parte do SNDC. Veja aqui 12 direitos assegurados pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Na Black Friday, os órgãos ficam até mais em alerta para possíveis infrações ao direito do consumidor, já que há um aumento no volume de transações. Veja, abaixo, os principais direitos do consumidor segundo o advogado Alexandre Salomão Jabra, do escritório Trench Rossi Watanabe.

Informação

Com base no direito à informação, o cliente deve ter total ciência dos preços praticados e dos descontos que são conferidos antes da finalização da compra. Ou seja, se a empresa informou um preço durante a compra, mas durante a finalização da transação, o preço muda, ela está infringindo o direito do consumidor.

Direito ao arrependimento

Toda compra de produto ou serviço feita fora do estabelecimento comercial, seja pela internet ou telefone, pode ser cancelada dentro de 7 dias. O valor a ser estornado também inclui o preço do frete.

SAC

O consumidor precisa ter um canal por meio do qual consiga entrar em contato com a empresa para uma eventual resolução de problemas. Postar as reclamações no perfil pessoal das redes sociais gera uma pressão reputacional maior nas empresas, mas não dá para esperar que uma reclamação viralize para que a empresa tome uma atitude.

Canais de reclamação governamentais

Caso o consumidor não consiga resolver o problema diretamente com a empresa, existem canais governamentais que fazem a mediação do problema, como o Procon (estadual) e o consumidor.gov.br (federal).

Até quando vai a Black Friday?

A Black Friday está marcada para começar oficialmente nesta sexta-feira, 25. Por isso, os consumidores têm até essa data para aproveitar as promoções, que já estão sendo realizadas por diversas lojas mesmo antes do dia oficial, em eventos de “Esquenta Black Friday”.

13 de junho – Dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro

0

Igreja Católica comemora hoje “Dia de Santo Antônio”: o 'santo  casamenteiro' -

Hoje é o dia da festa de Santo Antônio de Pádua, o santo casamenteiro.

O Dia da Casamenteira foi escolhido para homenagear aquelas mulheres que se dedicam a organizar tudo em uma cerimônia de casamento, já que Santo Antônio teria ficado famoso ajudando as donzelas a conseguir o dote – uma quantia em dinheiro ou alguma riqueza que a família do noivo exigia para que o enlace acontecesse.

Ele nasceu no século XIII, em Lisboa, Portugal, e pregou na França e na Itália, convertendo milhões de pessoas ao cristianismo.

Antônio morreu em 1231, aos 36 anos de idade. Sua língua foi preservada e é venerada até hoje em um relicário, na cidade italiana de Pádua.

Marília Mendonça terá velório aberto ao público em ginásio de Goiás

0

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da cantora

Marília Mendonça terá velório aberto ao público em ginásio de Goiás

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Marília Mendonça, morta na tarde desta sexta-feira (5), aos 26 anos, após a queda de um avião, será velada no Ginásio Valério Luiz de Oliveira, conhecido como Goiânia Arena, na capital goiana.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da cantora em nota e também pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado, em suas redes sociais. O velório deve começar às 8h deste sábado (6) e a expectativa é de que passem pelo local cerca de 100 mil pessoas.

“Família de Marília Mendonça confirmou velório no Goiânia Arena, amanhã, por volta de 8h da manhã. Goianos vão poder prestar linda homenagem. Peço calma e respeito à sinalização para que todos possam dar o seu adeus”, escreveu Caiado em sua página no Twitter. Ele ainda decretou três dias de luto no estado, terra natal da cantora.

Marília Mendonça, conhecida como a rainha da sofrência e uma das maiores vozes da música brasileira contemporânea, e outras quatro pessoas morreram num acidente aéreo na cidade de Caratinga, em Minas Gerais, localizada a 309 quilômetros de Belo Horizonte.

A aeronave, que a transportava para a realização de um show, caiu por volta das 16h próximo a uma cachoeira, ao tentar realizar um pouso forçado, de acordo com a Polícia Militar. Ainda não há informações sobre enterro.

Lula bate o próprio recorde e é o presidente mais bem votado da história

0

Neste ano, 156,4 milhões de eleitores estavam aptos a votar, 24% a mais do que em 2006 (126 milhões) e 6% a mais do que em 2018 (147 milhões).

Lula bate o próprio recorde e é o presidente mais bem votado da história

(FOLHAPRESS) – Luiz Inácio Lula da Silva (PT) superou sua própria marca e é o presidente mais bem votado da história do Brasil em números absolutos. O petista atingiu mais de 60 milhões de votos até as 21h, quando 99,9% das urnas estavam apuradas.

O último recorde havia sido registrado em 2006, quando o petista venceu o tucano Geraldo Alckmin com 58,3 milhões de votos, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), também se desempenhou melhor em número de eleitores do que na última eleição, apesar de desta vez ter sido derrotado. Angariou mais de 58 milhões de votos, contra 57,8 milhões no pleito passado.

Neste ano, 156,4 milhões de eleitores estavam aptos a votar, 24% a mais do que em 2006 (126 milhões) e 6% a mais do que em 2018 (147 milhões).

Considerando porcentagem de votos válidos, foi a vitória mais apertada desde a redemocratização do país. Com 99,2% das urnas apuradas, o petista obteve 50,8% contra 49,1% do rival, totalizando uma diferença de apenas 1,7 ponto percentual.

Antes de 2022, a disputa mais acirrada pela Presidência havia sido a de Dilma Rousseff (PT) sobre Aécio Neves (PSDB), em 2014. Na ocasião, ela somou apenas 3,3 pontos percentuais a mais do que o tucano.

Feirão Limpa Nome do SERASA; saiba como limpar o nome após pagar a primeira parcela de renegociação

0

Em 2023, quem está com nome sujo pode renegociar sua dívida em até 12 parcelas e em até cinco dias após o pagamento da primeira parcela o SERASA retira o nome do credor do cadastro de negativados.

Como participar da campanha do SERASA

Passo a passo para quitar suas dívidas com o Serasa Limpa Nome. Veja como é fácil consultar e quitar suas dívidas com o Serasa Limpa Nome:

Acesse o Serasa Limpa Nome

Acesse o site do Serasa Limpa Nome ou o aplicativo da Serasa, disponível no Google Play e na App Store, e informe seu CPF e senha. Se você ainda não tem um cadastro, pode fazer o seu na hora. É rápido e você não paga nada. Ao concluir o login, se você tiver uma dívida atrasada ou negativada, ela aparecerá na tela.

Confira as informações sobre a sua dívida

Depois de visualizar sua dívida, clique em “Ver oferta” para conhecer as opções de pagamento disponíveis para você. Aí, é só escolher a que melhor se encaixa no seu orçamento e a data de vencimento dos boletos, caso queira parcelar seu acordo. Se preferir, você também pode emitir um só boleto e pagar a dívida à vista.

Confirme as opções de pagamento escolhidas

Revise o acordo feito e clique em “Declaro que li e concordo com os termos e condições”. Aí, é só avançar e pronto! Seu acordo de negociação está feito.