Sem categoria

Home Sem categoria Page 2

Univasf e Casa do Cordel Mulheres Cordelistas lançam e-book de cordéis sobre a pandemia de Covid-19. Evento é nesta terça-feira(22)

0

A literatura de cordel, gênero tradicional no Nordeste brasileiro, é o pano de fundo da antologia “Versos para Além dos Metros Quadrados” que, através da poesia popular, retrata o atual cenário de pandemia e distanciamento social.

A obra é organizada pela Casa do Cordel Mulheres Cordelistas, de Petrolina (PE), e reúne cordéis escritos por participantes de uma oficina online realizada em parceria com o Laboratório de Estudos da Cultura Corporal (Leccorpo) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), entre julho e setembro deste ano.

O lançamento do livro, disponibilizado em formato digital pela editora Cordelaria Castro, acontece por meio da plataforma Google Meet, na próxima terça-feira (22), a partir das 18h.

Para participar do evento, recebendo o link de acesso para a transmissão, os interessados devem entrar em contato com os organizadores através do Instagram do Leccorpo ou da Casa do Cordel Mulheres Cordelistas, além de ser possível solicitar o acesso por e-mail para o endereço da coordenadora do Leccorpo e docente do Colegiado de Educação Física da Univasf, Roberta Mélo: roberta.smelo@univasf.edu.br. Durante a atividade, haverá recitação dos cordéis e, ainda, um bate-papo com cada autor sobre as produções.

Após o lançamento, o livro estará disponível para download nas redes sociais dos projetos envolvidos na produção. O e-book reúne 24 cordéis, escritos por pessoas de diferentes regiões do Brasil, que apresentam versos sobre o contexto da pandemia, abordando a realidade social atual, bem como as inquietações, vivências, estratégias de resistência e perspectivas quanto ao futuro dos autores. Além disso, em diversos poemas há, ainda, orientações com uma linguagem coloquial, lúdica e acessível sobre como evitar a disseminação do novo coronavírus.

A oficina que originou o e-book promoveu duas turmas e buscou pontuar a Literatura de Cordel como recurso criativo de reflexões sobre o cenário da pandemia de Covid-19. Com apoio da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), o projeto contou com a participação e apoio da coordenadora da Casa do Cordel Mulheres Cordelistas, Graciele Castro, sócia fundadora da editora Cordelaria Castro, responsável pela edição do e-book, e ministrante das aulas de literatura das oficinas, e do docente da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) Rafael Rodrigues, que apresentou aos participantes conteúdos informativos sobre o novo coronavírus.

De acordo com Roberta Mélo, esta atividade é uma maneira de proporcionar um maior engajamento da universidade pública com os acontecimentos que têm marcado a realidade social do mundo, além de promover novos laços e redes de sociabilidade.

“Em tempos de aflição em relação ao presente e ao futuro, buscamos caminhos para a travessia das dificuldades atuais e encontramos na literatura de cordel, uma manifestação popular marcante de nossa região, uma maneira de estimular o potencial criativo e fazer os participantes compartilharem suas vivências e visão de mundo”, diz a docente.

Leccorpo – Vinculado ao curso de graduação em Educação Física da Univasf, o Laboratório de Estudos da Cultura Corporal (Leccorpo) visa promover estudos e ações sobre o uso e compreensão do corpo na cultura contemporânea, tendo como intuito estimular novas reflexões e debates em torno das práticas corporais, a partir de recortes diversos: sexo, identidade sócio-sexual, raça, religião, classe social, geração, dentre outros. Assim, o laboratório busca motivar posicionamentos críticos das condições oferecidas aos sujeitos e seus corpos no cotidiano, bem como dos mecanismos pelos quais elas são legitimadas.

Ascom Univasf

Lucas Ramos celebra determinação do governador de retomar a isenção do ICMS para uvas produzidas no Vale do São Francisco

0


As uvas de mesa produzidas no Vale do São Francisco continuarão isentas da cobrança do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em Pernambuco. O governador Paulo Câmara assinará decreto que retoma o incentivo tributário, destacando que a isenção também alcança o produto que é comercializado em embalagens plásticas. O anúncio foi feito, em primeira mão, ao deputado licenciado e secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos (PSB), responsável pela articulação que resultou na ação governamental.

Recentemente, houve a interpretação de que a uva vendida em embalagens plásticas se caracterizava como produto industrializado, o que gerou autos de cobrança de ICMS a pequenos, médios e grandes produtores, inclusive os que são membros de cooperativas. Com a nova determinação não haverá risco de cobrança de imposto para esses casos. O decreto será elaborado pela Secretaria da Fazenda e assinado pelo governador nesta quarta-feira (07) e segue para publicação no Diário Oficial do Estado.

“O retorno do incentivo tributário aos produtores será fundamental para que a fruticultura irrigada continue a ampliar sua competitividade. Reconhecida internacionalmente por sua qualidade, contará com toda segurança jurídica e tributária, garantidas pelo Governo de Pernambuco, para conquistar novos mercados dentro e fora do País. O avanço comercial irá resultar em maior geração de emprego e renda na região e maior capacidade de investimento em pesquisa e inovação pelo setor”, destacou Lucas Ramos.(Ascom)

Prefeito George Duarte anuncia vacinação para professores e garis de Santa Maria da Boa Vista. Aplicações já começaram

0

A dose de esperança chegou para os professores e garis de Santa Maria da Boa Vista. O anuncio foi feito pelo prefeito George Duarte, através de suas redes sociais. As aplicações já começaram nessa terça-feira (01).

“Estamos ampliando novamente o público alvo da imunização contra a COVID-19. Chegou a vez dos professores e garis e, se Deus quiser, logo alcançaremos a totalidade dos boavistanos”, afirmou George.

Os professores devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) da sua respectiva área, enquanto os garis deverão comparecer ao Centro de Saúde. Vale salientar que no momento da vacinação é preciso estar portando documento que comprove a atuação profissional.

“Seguimos dando exemplo com uma política de vacinação eficaz, alcançando as diversas áreas de Boa Vista. Podem ter certeza que, com trabalho duro e responsabilidade, venceremos essa pandemia”, finalizou o prefeito.

Paulo Soares lança novo álbum “Replantio”

0

Esse novo trabalho se trata de um retorno às raízes do piauiense de São Raimundo Nonato, que fez da Bahia sua morada nos últimos 20 anos e desde 2005 reside em Juazeiro, atuando desde 2007 na cena cultural do território do Sertão do São Francisco.

Entre 2000 e 2005, Paulo Soares integrou o grupo “Solo Pedregoso” (dois EPs lançados) e atuou na cena alternativa de Salvador. Em solo Juazeirense, criou o projeto “Paulo Soares e a Terceira Cidade”, com o qual participou de eventos e festivais no Vale do São Francisco e em outras cidades do Nordeste.

O novo álbum, intitulado “Replantio”, conta com a melodia do violão como carro-chefe da obra e elementos da rítmica afro-brasileira, no viés do interior nordestino.

Paulo Soares

Bel da Bonita é um convidado especial na tessitura do disco. Experimentado percursionista, Bel já trabalhou com diversos nomes da música brasileira, e traz na sua musicalidade uma forte e genuína identidade territorial que passeia pelos interiores do Nordeste.

Revisitando essas raízes, a obra percorre ritmos como coco, baião, samba e maracatu e tem 8 faixas, são elas “O Fôge”, “Caatinga”, “Bendito”, “Gavião”, “Baixão das Andorinhas”, “Vento da Saudade”, “Equilibrista Malabares” e “Baião Encantado”.

O álbum conta com musicistas da região, como China (Sax e Flauta), Éverton Machado (Trombone), Júlio César (Trompete), Victoria Duarte (Violino), Pablo Wesley (Tuba) e Álvin Soares (Baixo), que divide palco com seu pai desde 2017, no projeto Paulo Soares e a Terceira Cidade, é baixista na Trupe Poligodélica e compartilha a produção musical com Paulo e Bel da Bonita.

Replantio está disponível nas plataformas digitais através do link: https://tratore.ffm.to/replantio

Ficha técnica:

Gravação: Álvin Soares (Casa Azul 81 Studio)
Mixagem: Álvin Soares (Casa Azul 81 Studio)
Masterização: Iago Guimarães (Casinha Lab)

Produção executiva: Rodrigo “Pezão”
Assessoria de comunicação e mídias sociais: Ananda Fonseca
Fotos: Iasmin Monteiro

Este projeto é realizado por meio do Edital Usinas Culturais e teve apoio financeiro da Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte, da Prefeitura de Juazeiro; da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal, por meio da Lei Aldir Blanc.(Ascom)

Fiocruz: cai média de idade de mortes e de casos de Covid-19

0

 (Para especialistas, dados indicam nova fase da epidemia. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil )

A idade média dos casos e das mortes de Covid-19 apresentou uma queda quando se compara a semana epidemiológica (SE) 1 (3 a 9 de janeiro) e a 27 (3 a 10 de julho) de 2021, segundo o Boletim Observatório Covid-19, publicado hoje (22) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Nos dados mais recentes, a média de idade das internações está em 53 anos, contra 62,5 na SE 1; as médias de óbitos foram 73 e 65 nas semanas epidemiológicas 1 e 27, respectivamente.

Os dados foram obtidos a partir do Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (SivepGripe) e, segundo os especialistas, apontam para uma nova fase da epidemia no país. “Convém ressaltar que houve uma inflexão na tendência de declínio. Para os casos, a média de idade das internações já chegou a 52,1 anos. Para os óbitos, a inflexão é mais evidente: a média da idade atingiu 59,4 anos”, disseram os especialistas.

Em comparação com a semana epidemiológica 23 (6 a 12 de junho), houve um aumento de internações entre idosos, que esteve em 27,2% na semana epidemiológica 23 e na 27 subiu para 31,8%. Os dados indicam que na semana epidemiológica 23 foi registrada a menor porcentagem de idosos no número de óbitos (44,8%). Na SE 27, esse percentual subiu para 58,2%. Os dados mostram também redução de internações em leitos de terapia intensiva na faixa etária de 50 a 59 anos e uma interrupção no aumento na faixa de 40 a 49 anos na comparação entre as duas semanas epidemiológicas.

Duas últimas SE

Nas últimas duas semanas epidemiológicas, a trajetória descendente no número de casos de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) desacelerou. Segundo os cientistas do Observatório Covid 19, nas últimas duas semanas epidemiológicas, o aumento recente ou o registro de estabilidade em alguns estados sugere um quadro a ser monitorado. Nesse período foi registrada uma queda tanto no número de casos novos (-2,1%), quanto no de óbitos (-2,6%), tendência sustentada desde a análise das semanas anteriores. A taxa de letalidade foi mantida em torno de 3%.

Os pesquisadores destacaram a importância do avanço da campanha de imunização para a melhora nos números da pandemia. “O avanço da vacinação no Brasil tem ocorrido de forma mais lenta do que a desejável. Ainda assim, a melhoria do quadro pandêmico no país é uma consequência direta do aumento no número de imunizados”, disseram os especialistas.

Estados

Não houve aumento das taxas de incidência ou mortalidade em nenhum estado. Houve uma redução expressiva no número de casos de Covid-19 no Rio Grande do Norte, em Rondônia e em Alagoas e uma redução no número de óbitos expressiva no Piauí, no Acre, no Pará e em Sergipe.

As maiores taxas de incidência de Covid-19 no período das últimas duas semanas foram observadas nos estados de Roraima, de Mato Grosso e de Santa Catarina. Paraná, Mato Grosso e São Paulo apresentam as maiores taxas de mortalidade. As maiores taxas de letalidade foram registradas no Rio de Janeiro (5,7%), São Paulo (3,4%), Amazonas (3,4%) e Pernambuco (3,1%).

Para os especialistas, as altas taxas de letalidade “revelam falhas no sistema de atenção e vigilância em saúde nesses estados, como a insuficiência de testes diagnósticos, da triagem de infectados e seus contatos, identificação de grupos vulneráveis, bem como a incapacidade de se identificar e tratar adequadamente os casos graves de Covid-19”.(Agência Brasil)

6 dicas para requerer a aposentadoria com ajuda do planejamento previdenciário

0

1,7 milhões esperam na fila do INSS; especialista aponta o melhor cenário para solicitar o benefício

Planejamento Previdenciário: Para que Planejar a Aposentadoria?

Não planejar a aposentadoria continua sendo um erro de muitos trabalhadores. A reforma da previdência, com vigência a partir de 13 de novembro de 2019, também resultou na incerteza do melhor momento para se aposentar, isso porque diversas regras são desconhecidas por muitos cidadãos. Segundo  o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) acumula, neste início de 2021, cerca de 1,7 milhão de pedidos de benefícios a serem analisados, sendo que 498 mil destes processos estão em exigência, aguardando alguma documentação do segurado para que o órgão possa concluir o procedimento.

Para esclarecer dúvidas e ajudar a entender a hora certa de solicitar o benefício, Átila Abella, especialista em direito previdenciário e cofundador da startup Previdenciarista – plataforma que oferece ferramentas para automatizar e otimizar as análises previdenciárias – lista seis dicas que podem auxiliar o contribuinte na decisão de pedir a concessão da aposentadoria. Confira:

O que é um planejamento previdenciário

O planejamento previdenciário é uma pesquisa aprofundada sobre o histórico do contribuinte, que aponta as possibilidades existentes para um trabalhador se aposentar. Essa análise leva em conta o perfil do trabalhador e os objetivos futuros. Com esse tipo de planejamento, é possível evitar prejuízos com recolhimentos e aumentar as chances de conseguir o melhor tipo de benefício.

Regras para solicitar a aposentadoria

Com as novas regras da reforma da previdência em vigor, alguns requisitos para solicitar a aposentadoria também foram alterados. Veja algumas dessas mudanças:

Aposentadoria por Idade: Para homens, a aposentadoria por idade continua prevista aos de 65 anos, já para as mulheres, a idade aumentou de 60 para 62 anos com a reforma da previdência. Mas a mudança está sendo progressiva, pois desde 2019 aumentam na exigência da idade para as mulheres, até que 2023 será exigida a idade mínima de 62 anos. Além da idade, em ambos os sexos também é exigido ao menos 15 anos de contribuição previdenciária.

Idade mínima progressiva: Para mulheres, ter 57 anos, além de 30 anos de contribuição. Em relação aos homens, é necessário ter ao menos 62 anos de idade e 35 anos de contribuições.

Por pontos: A pontuação se dá pela idade mais a quantidade anos de contribuição, que deve totalizar 88 pontos para mulheres e 98 para homens.

Por que o planejamento previdenciário é o melhor caminho para solicitar o benefício

Possibilidade de aposentadoria mais alta, conhecimento do valor da contribuição, além de saber o período correto para pedir o benefício, essas são uma das vantagens de adquirir um planejamento previdenciário.

Quem são os profissionais responsáveis pelo planejamento previdenciário

Diante de um processo burocrático e complexo a ajuda de um profissional é essencial para dar andamento no planejamento previdenciário. Para que essa tarefa seja executada com sucesso será necessário o auxílio de um advogado especialista em Direito Previdenciário.

Qual é o melhor momento para requerer a aposentadoria

Para cada caso em específico há uma data que se adequa à realidade do contribuinte. Por isso, torna-se ainda mais necessário a adesão de um planejamento previdenciário, para que o trabalhador saiba quanto tempo esperar e tomar decisões calculadas, orientadas pelo profissional que analisa o caso.

Quem deve ter um planejamento previdenciário

A ajuda do planejamento previdenciário é válida para todas as pessoas contribuintes do INSS, sejam elas próximas de se aposentar ou até mesmo para os mais jovens. Em casos em que a aposentadoria está distante, o processo fica ainda mais fácil e ágil.

Sobre o Previdenciarista

O Previdenciarista (https://previdenciarista.com/) é uma plataforma de cálculos e petições de Direito Previdenciário para advogados. Com mais de 10 mil assinantes, o site coloca à disposição uma ferramenta que calcula os benefícios previdenciários dos seus clientes a partir do envio do CNIS para a plataforma, indica a melhor aposentadoria e, dentro desse benefício, entrega as melhores petições pré-preenchidas para o caso concreto. O Previdenciarista está no ar desde 2013 e foi desenvolvido a partir dos mais de 15 anos de experiência dos seus fundadores; Renan Oliveira e Átila Abella. Em 2020 já realizou mais de 1 milhão de cálculos previdenciários para mais de 400 mil segurados do INSS.

Protocolado superpedido de impeachment de Bolsonaro

0

Partidos políticos, parlamentares, movimentos sociais e entidades da sociedade civil protocolaram, há pouco, na Câmara dos Deputados, o chamado “superpedido” de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O “superpedido” tem 46 signatários e consolida argumentos apresentados nos outros 123 pedidos de impeachment já apresentados à Câmara. Entre esses argumentos, está o mais recente, o que aponta prevaricação do presidente no caso da suspeita de corrupção no contrato de compra da vacina indiana Covaxin.

O texto foi elaborado por um grupo de juristas e atribui a Bolsonaro 23 crimes de responsabilidade. Entre os signatários do pedido estão ex-aliados do presidente, como os deputados Alexandre Frota (PSDB-SP) e Joyce Hasselman (PSL-SP).

Os partidos subscritores são todos do chamado campo da esquerda ou da centro-esquerda – PT, PCdoB, PSB, PDT, PSOL, Cidadania, Rede, PCO, UP, PSTU e PCB, estes quatro últimos sem representação no Congresso.(Blog de Magno Martins)

UniFTC orienta. 4 dicas para o seu currículo dar match

0

Fique por dentro das dicas e seja um profissional do futuro!

Um bom currículo é um importante passo para garantir o seu espaço no mercado de trabalho. Além de apresentar suas qualificações, você precisa mostrar nele suas competências, habilidades, objetivos e experiências.

Mas, se você está iniciando a sua trajetória profissional e ainda não possui uma vasta relação de estágios, empregos e projetos envolvidos, não se desespere! De acordo com a gestora de Carreiras da UniFTC, Alessandra Calheira, o que as organizações esperam encontrar em um currículo de um jovem em formação é o potencial.

“O que elas observam é: o que você está fazendo ao longo da sua graduação e por sua carreira? Que tipo de aprendizado e quais cursos você está se envolvendo? Que tipo de dedicação você está dando enquanto profissional que poderá, eventualmente, caso seja escolhido, fazer por aquela empresa?”, comenta Alessandra Calheira.

Saiba mais: Mercadode trabalho x Experiência profissional: entenda essa relação!

Para te ajudar a turbinar o currículo, elencamos algumas dicas. Confira:

1- Aproveite as oportunidades.

Aproveite todas as oportunidades que você encontrar pelo caminho para enriquecer o seu currículo. Vale participar de cursos de extensão, congressos, palestras, seminários, maratonas, hackathons, feiras, projetos integradores e de iniciação científica. Tudo isso é oferecido pela Rede UniFTC para enriquecer a formação e aumentar a sua rede de relacionamento.

2 – Trabalho voluntário

Participar de trabalhos voluntários é uma ótima oportunidade para adquirir vivência. Com isso, você desenvolve empatia
e capacidade de trabalhar em equipe, algumas das habilidades mais valorizadas atualmente pelo mercado de trabalho.

3- Curso de Idioma

Se você conseguir fazer seu nível de conhecimento em um segundo idioma aumentar, consequentemente também aumentarão suas chances de concorrer a melhores vagas. Atualmente é possível estudar outros idiomas de forma online e gratuita, até mesmo através do seu aparelho móvel.

4- Mencione suas principais soft skills

Muitas organizações consideram que as habilidades comportamentais, atribuídas através do termo soft skills, são tão importantes quanto as competências técnicas. Comunicação, capacidade de pensamento crítico, gestão de tempo e adaptabilidade são algumas dessas características que podem ser mencionadas no currículo.

A gora é com você! Coloque as dicas em prática e dê match
com o emprego dos seus sonhos.

GIF:https://media.giphy.com/media/cXblnKXr2BQOaYnTni/giphy.gif

Centro de Carreiras

O profissional do futuro da UniFTC pode contar com o Centro de Carreiras, que contribui com a empregabilidade de estudantes e diplomados de todas as unidades através da inserção em oportunidades de estágio e participação em processos seletivos. Após a graduação, o Carreiras continua acompanhando a trajetória profissional do aluno, oferecendo apoio para que possa atingir seus objetivos. (Ascom)

Eurico Serafim será o Secretário de Finanças do governo Suzana Ramos

0

“É com muita alegria que anuncio mais um integrante de peso para o nosso time. Para mim é motivo de muito orgulho e entusiamo ver a nossa equipe de secretários se formando com tantos profissionais competentes e experientes como Eurico Menezes Regis Serafim, que estará à frente da Secretaria de Finanças da Prefeitura de Juazeiro” expressou a prefeita eleita de Juazeiro Suzana Ramos nas redes sociais.

Eurico é economista, pós-graduado em Planejamento Operativo/Sudene e em Políticas Públicas e Gestão de Serviços Sociais/UFPE, professor de Economia aposentado da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), Eurico Serafim foi secretário de Finanças em Sobradinho (BA), nos governos Geraldo Silva e Ivan Borba.

Além disso, ele ocupou o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico de Juazeiro, no governo Jorge Khoury e secretário do Interior, no governo Misael Aguilar. Eurico também foi chefe de Gabinete no governo Rivadávio Espínola, em Juazeiro, e chefe de Gabinete no governo de Fernando Bezerra Coelho, em Petrolina.

Com toda essa bagagem, tenho certeza que esta é mais uma boa escolha para cuidar de Juazeiro.

Corpus Christi: bancos não abrem nesta quinta-feira

0

Feriado antecipado: bancos fecham, mas mantêm o prazo das contas - Blog do  Lúcio Sorge : Blog do Lúcio Sorge – Informação e Opinião

Os bancos não abrirão nesta quinta-feira (3), feriado de Corpus Christi. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), por se tratar de um feriado nacional, não haverá expediente nas agências mesmo nas localidades em que o dia da celebração foi antecipado para outra data. Na sexta-feira (4) o expediente será normal.

De acordo com a Febraban, nos dias em que não houver expediente nas agências, as áreas de autoatendimento ficarão disponíveis para os clientes, como de costume, bem como os canais digitais e remotos de atendimento, como internet e mobile banking.

“Os bancos reforçam a necessidade de que os clientes e o público em geral evitem ao máximo o comparecimento presencial nas agências bancárias, utilizando os canais digitais como principal meio de acesso aos serviços” disse a Febraban.

Ela explicou que o atendimento pelo celular, pelo computador e telefônico (call centers) estão disponíveis e oferecem praticamente a totalidade das transações financeiras do sistema bancário, além de apresentarem mais comodidade e conveniência aos seus clientes.

As contas de consumo (água, energia, telefone etc.) e carnês com vencimento em 3 de junho poderão ser pagas, sem acréscimo, na sexta-feira (4).

A federação lembra que normalmente os tributos já vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados nacionais, estaduais e municipais. Caso isso não tenha ocorrido no documento de arrecadação, a sugestão é antecipar o pagamento ou, no caso dos títulos que têm código de barras, agendar o pagamento nos caixas eletrônicos, internet banking e pelo atendimento telefônico dos bancos.

Os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser pagos via Débito Direto Autorizado (DDA).