Sem categoria

Home Sem categoria Page 2

Tebet anuncia apoio a Lula para o segundo turno: ‘Reconheço seu compromisso com a democracia’

0

Tebet anuncia apoio a Lula no segundo turno

Terceira colocada na disputa pela Presidência, a senadora Simone Tebet (MDB) anunciou, em vídeo divulgado em suas redes sociais, que vai apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno. Mais cedo, ela já havia almoçado com o petista, em encontro na casa da ex-prefeita Marta Suplicy, em que entregou cinco sugestões que espera ver incorporadas ao programa de governo de Lula.

Ao anunciar seu apoio ao petista em seu discurso, Tebet afirmou que lançou sua candidatura à Presidência em meio a um clima de ódio, destacou seus mais de 4,9 milhões de votos na terceira colocação ao Planalto e disse “não estar autorizada a abandonar as ruas e as praças enquanto a decisão soberana, do eleitor, lhe autorizar”.

“Pelo amor que tenho ao Brasil, à democracia e à Constituição, peço desculpas aos meus amigos que imploraram pela minha neutralidade, para dizer que o que está em jogo é muito maior que todos nós. Neste momento tão grave da nossa história, omitir-me seria trair minha história de vida pública. Não anularei meu voto, não votarei em branco, não cabe a omissão da minha neutralidade” — disse a senadora.

Tebet também criticou o presidente Jair Bolsonaro (PL) e sua gestão durante a pandemia, e disse que ainda mantém suas críticas a Lula, inclusive pelo pedido pelo “voto útil” na reta final da campanha presidencial.

“Depositarei nele o meu voto, porque reconheço seu compromisso com a democracia e com a Constituição, o que desconheço no atual presidente. Meu apoio não será por adesão, é por um Brasil que sonha, um Brasil de todos, com desenvolvimento sustentável, reformas estruturantes, que respeite o agronegócio e o meio-ambiente, e que defende ideias que espero ver acolhidas. Tendo sempre a responsabilidade fiscal e a âncora fiscal para atender o que é social— prosseguiu a senadora.

Entre as propostas sugeridas à campanha de Lula, Tebet defendeu medidas ligadas à educação, saúde, economia e renda, além de pedir o prosseguimento de projeto para igualar o salário entre homens e mulheres, e a igualdade racial (leia o manifesto na íntegra ao fim do texto).

“Quero finalizar dizendo que até 30 de outubro estarei na rua vigilantes. Minhas preces, por uma campanha de paz” — concluiu a senadora.

Em entrevista à GloboNews, Tebet comemorou sua votação no pleito deste ano, apesar de seu desconhecimento. A senadora ressaltou que “seu amor pelo país não permite a neutralidade neste momento”. Ela voltou a afirmar que, diferentemente de Lula, “o atual presidente não respeita a independência entre os Poderes”. Tebet também reforçou a segurança das urnas eletrônicas e disse que, apesar de não ter contado com largo apoio político durante sua campanha, só precisa de “um caixote e um microfone”.

Tebet também contou ter contestado, em conversa com o ex-presidente Lula, sua estratégia pelo “voto útil”, que considera legítimo, mas não “sem apresentar propostas ao povo brasileiro”. Ainda segundo ela, o apoio não se deu condicionado a cargos, mas pelo futuro do país.

“Em nenhum momento foi apresentado o pleito por cargos e sequer aceitaria essa discussão. Não quero cargos, ministérios, mas quero o Brasil que seja para todos”. (O Globo)

TSE conclui apuração; Lula teve 57,2 milhões de votos, Bolsonaro 51 milhões

0

A diferença entre os candidatos que vão para o segundo turno ficou em 6,1 milhões de votos

TSE conclui apuração; Lula teve 57,2 milhões de votos, Bolsonaro 51 milhões

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encerrou, nesta terça-feira, 4, a apuração de todos os votos no primeiro turno. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve 57,2 milhões de votos (48,43%), ante 51 milhões (43,20%) recebidos pelo presidente Jair Bolsonaro. A diferença entre os candidatos que vão para o segundo turno ficou em 6,1 milhões de votos.

Na terceira e quarta colocações, respectivamente, Simone Tebet (MDB) terminou a disputa com 4,9 milhões de votos. Já Ciro Gomes (PDT) viu seu capital eleitoral reduzir ficando atrás da senadora com 3,5 milhões de votos. O número obtido por Ciro é dez milhões menor do que os conquistados na eleição de 2018.

Mais de 38 milhões de votos deixaram de ser computados. Esse número inclui os 32 milhões de eleitores que não compareceram para votar e ainda os 3,4 milhões de votos nulos e 1,9 milhão brancos. A soma dessa parcela do eleitorado é quatro vezes maior do que a soma dos votos destinados a Tebet e Ciro.

A demora de um dia para encerrar completamente a totalização foi causada por fatores como o encerramento da votação em países cujo fuso horário é atrasado em relação ao horário de Brasília e, por isso, os votos só começaram a chegar depois que a votação já havia sido encerrada no Brasil.

Outro fator que atrasou a apuração foi o encerramento da votação em algumas seções do País mais de uma hora depois do horário previsto por causa das longas filas que se formaram durante o dia. Como mostrou o Estadão, o tempo de espera em algumas regiões chegou a ultrapassar quatro horas, o que também impactou na totalização dos resultados pela Corte Eleitoral.

Com 100% das urnas apuradas, está mantida a disputa entre o ex-presidente Lula e o presidente Jair Bolsonaro no segundo turno. A diferença entre os dois primeiros colocados foi equivale a 5 pontos percentuais.

Na última segunda-feira, 3, três missões internacionais de observação internacional atestaram a segurança das urnas eletrônicas e a confiabilidade do sistema eleitoral brasileiro. Entidades como a União Interamericana dos Órgãos Eleitorais (Uniore), a Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Comunidades dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) divulgaram relatórios com apontamentos sobre a realização das eleições no País. Essas organizações voltarão ao Brasil para acompanhar o segundo turno da votação.(Noticias aominuto)

Fernando Henrique Cardoso declara apoio a Lula no segundo turno

0

Fernando Henrique Cardoso publicou fotos com Lula para anunciar apoio ao petista no segundo turno das Eleições 

Reprodução/Redes Sociais

Antes do primeiro turno, FHC havia emitido comunicado em que defendia voto em alguém que tivesse compromisso com pautas democráticas.

“Peço aos eleitores que votem no dia 2 de outubro em quem tem compromisso com o combate à pobreza e à desigualdade, defende direitos iguais para todos independentemente de raça, gênero e orientação sexual, se orgulha da diversidade cultural da nação brasileira, valoriza a educação e a ciência”, disse FHC antes da primeira etapa.

Com avançada idade, FHC não votou no primeiro turno das Eleições devido a uma indisposição. Apesar disso, ele não apresenta problema grave de saúde.

Também pelas redes sociais, Lula agradeceu o apoio a Fernando Henrique Cardoso. “Vamos juntos pela democracia”, escreveu o petista na manhã desta quarta-feira.

REPRODUÇÃO
Fernando Henrique e Lula

Apoio à Marília ‘é caminho mais natural’, diz fonte petista sobre 2º turno em Pernambuco

0
 (Foto: Taylinne Barret/Diario de Pernambuco)
Marilia Arraes

Em clima de segundo turno, a candidata ao governo de Pernambuco Marília Arraes (SD), participou de entrevista com jornalistas do Diario de Pernambuco e com o apresentador André Luiz Cabral, na rádio Clube, nesta terça-feira (4). A ex-petista assumiu um tom cordial em relação à legenda e a pessoas como o senador Humberto Costa (PT), crítico da deputada.“Não faço política com mágoa”, garante.

“Eu gostaria que o PT viesse inteiro. É um partido de que eu fiz parte, que fui muito bem acolhida pela militância, que eu tenho um respeito muito grande. Disputamos em candidaturas diferentes, o PT apoiou a candidatura de Danilo Cabral por uma questão de conjuntura nacional, e eu disputei a eleição aqui, mas nós estamos no mesmo campo político, inclusive na mesma coligação nacional”, declarou.

A candidata do Solidariedade demonstra não temer ficar isolada na disputa do segundo turno. Entre os cinco primeiros candidatos, Marília, que já não tem o suporte do PSB, viu Miguel Coelho (UB) apoiar Raquel Lyra (PSDB), e não conta com a presença de Anderson Ferreira (PL), candidato do presidente Jair Bolsonaro no estado.“Eu não vejo impedimento de você ter um bom desempenho com isso. Se fosse assim, nós duas não seríamos as candidatas a terem chegado ao segundo turno porque, se você observar, Danilo Cabral tinha apoio de 120 prefeitos. Miguel Coelho tinha também o apoio de muitos prefeitos”, avalia.

Em 2020, reeleito como prefeito de Jaboatão, Ferreira apoiou a ex-petista, que disputava a prefeitura do Recife com o primo, o prefeito João Campos (PSB). Anderson, que no ano passado desfez aliança com Raquel Lyra e acabou como palanque do presidente, não figura como alternativa para Marília. “Ficou com Bolsonaro, que é incompatível com o que eu defendo.”, cravou.

No entanto, reconhece que alianças têm sua importância. Quando questionada pela reportagem do Diario se Isabella de Roldão (PDT), vice-prefeita do Recife, por exemplo, seria uma parceria interessante nesse segundo turno, lembrou o apoio oficial do PDT ao líder do PT. “Todos os apoios que estão nesse alinhamento são muito importantes. Vai haver conversa caso a caso”, disse. Isabella, que foi coordenadora da campanha de Ciro em Pernambuco, decidiu declarar abertamente apoio à Lula no novo pleito.

Quanto ao seu programa de governo, por fim, a postulante reforçou uma de suas principais bandeiras, o combate à fome. Um levantamento do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil (Vigisan), divulgado em setembro deste ano, constatou que atualmente 2 milhões de pessoas passam fome em Pernambuco.“A gente vai durante o primeiro ano já, de governo, fazer tanto o futebol solidário quanto outras ações de arrecadação e também vai direcionar o dinheiro de todas as multas. Você que vai pagar o imposto e atrasou um pouquinho, paga uma multa daquele imposto, vai saber que essa multa vai para um fundo de combate à miséria”, afirmou.(Diário de Pernambuco)

Pernambuco confirma 144 casos de varíola dos macacos

0

Varíola dos macacos: DF tem 278 casos confirmados | Distrito Federal | G1

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-PE) divulgou, nessa terça-feira (4), que subiu para 144 o número de casos confirmados, em Pernambuco, de varíola dos macacos, transmitida pelo vírus monkeypox. Os números foram apresentados pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância à Saúde (Cievs-PE), que agora contabiliza 18 confirmações a mais que na semana passada.

O estado registrou, até o momento, 1.235 notificações da doença, sendo 350 casos descartados e 707 (644 casos suspeitos e 63 casos prováveis, conforme classificação do Ministério da Saúde) ainda em investigação, o que, desde o mês passado, acontece nos laboratórios estaduais. Dos casos confirmados, 114 são homens, e 30 em mulheres. Ao todo, 47 evoluíram para cura e 97 seguem em isolamento domiciliar. Há oito crianças com até 9 anos entre as confirmações.

Até esta terça-feira, o Brasil havia registrado, de acordo com o Ministério da Saúde, 8.147 casos confirmados, com três mortes. A última vítima foi na segunda-feira (3), mais um paciente de 31 anos, no Rio de Janeiro, cidade onde já houve uma morte. Também aconteceu uma morte em Belo Horizonte (MG). Em todos os casos, as vítimas eram homens e tinham baixa imunidade, por causa de comorbidades.

O número de confirmados para monkeypox no mundo atinge quase os 55 mil casos, com 19 óbitos, segundo a Organização Mundial de Saúde. A doença é endêmica na África, onde foi identificada, pela primeira vez, no fim dos anos 1950. O atual surto, entretanto, surgiu na Europa, onde, no momento, os casos começaram a apresentar forte diminuição. Não há confirmação de que a varíola dos macacos (que não é igual à varíola tradicional, já erradicada) é uma infecção sexualmente transmissível, mas se sabe, de acordo com estudos da OMS, de que o sexo é o principal modo de contágio neste momento.(Diário de Pernambuco)

Agradecendo a confiança dos eleitores, Ellen Carvalho e Isaac Carvalho reafirmam empenho para eleger Jerônimo e Lula

0

Após obter um total de 31. 341 votos, Ellen Carvalho (PT), que concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia, agradeceu o desempenho nas urnas e falou da experiência vivida durante a campanha eleitoral.

“Chegamos ao desfecho de mais uma campanha! Escrita em pouco mais de 40 dias, nossa história teve momentos importantes e muito significativos, onde vocês todos atuaram como verdadeiros protagonistas, responsáveis por um resultado muito positivo. Esses 31.341 votos é a somatória do esforço de cada um de vocês. Vocês se mantiveram firmes, disponíveis e dedicados. A todo momento me senti acompanhada. Isso me fez mais forte e portanto sou só gratidão! Impressionante como, fosse numa conversa, numa pequena reunião ou na maior das caminhadas, eu senti verdade naqueles que me deram a mão e acreditaram no nosso projeto”, declarou a petista.

Ellen Carvalho agradeceu aos parceiros, em especial ao ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho, seu esposo e líder do projeto político que ela representa.

“Muito obrigada a todas e todos que de uma forma ou de outra estiveram comigo nessa luta. A todas as lideranças políticas, a minha família e a de Isaac. E a ele, claro, principalmente a ele, meu esposo, por creditar a mim tamanha responsabilidade. Aceitei o desafio, me desdobrei pra chegar próximo do seu merecimento. Como disse, ele é um grande líder, minha maior referência política. É com ele que aprendo e é com ele que pretendo caminhar junto. Esse é só mais um capítulo que se encerra, e já estamos prontos pra continuar escrevendo novas histórias. Agora, vamos juntos eleger Jerônimo e Lula”, ressaltou Ellen.

O ex-prefeito também se manifestou e agradeceu a confiança dos eleitores.

“Fizemos uma campanha muito bonita junto a nossa militância e parceiros. Foram muitos os desafios, mas encaramos com muita dignidade e quero aqui agradecer aos mais de 31 mil votos de confiança que foram depositados na minha companheira que veio para fortalecer nosso projeto político. Continuaremos na luta e, neste momento, todo nosso empenho é para eleger nosso futuro governador Jerônimo e o presidente Lula. A Bahia precisa continuar avançando e o Brasil merece voltar a ser feliz. Vamos reconstruir juntos nosso país”, disse o ex-prefeito.(Ascom)

Começa o ´Outubro Rosa`. O que significa a campanha ?

0

O Outubro Rosa é uma das campanhas mais conhecidas do mundo. Todos os anos, profissionais de saúde se reúnem para divulgar conteúdos relacionados à prevenção e tratamento do câncer de mama.

O câncer de mama é uma doença que afeta cerca de 2,3 milhões de mulheres no país, segundo dados do Instituo Nacional de Combate ao Câncer (INCA).

Para que você conheça melhor a campanha, trouxemos as principais informações sobre a história do Outubro Rosa no Brasil e no mundo.

Outubro Rosa: o que causa câncer de mama? Veja os principais fatores de risco e sintomas

O que é o Outubro Rosa?

O Outubro Rosa é uma campanha que busca conscientizar a população sobre a importância da prevenção e tratamento do câncer de mama – o tipo mais comum em mulheres.

Durante a campanha, as mulheres são incentivadas a fazer a mamografia e o autoexame, importantes para identificação de possíveis sinais do câncer de mama ainda em estágio inicial.

Além disso, a campanha amplia o acesso aos serviços de saúde, promovendo exames gratuitos ou com custos reduzidos durante todo o mês de outubro.

Onde começou o Outubro Rosa?

A campanha teve início nos Estados Unidos, através da união de vários Estados Americanos que promoviam ações voltadas ao combate do câncer de mama.

Após a aprovação do Congresso Americano, o mês de outubro passou a ser o mês nacional (nos EUA) da prevenção do câncer de mama.

Qual o significado da cor rosa do Outubro Rosa?

Na década de 90, a Fundação Susan G. Komen for the Cure distribuiu laços cor de rosa para os participante da Corrida Pela Cura – evento que buscava arrecadar fundos para pesquisas voltados ao combate do câncer de mama -, em Nova Iorque.

Desde então, a cor rosa se tornou o principal símbolo da campanha, passando a ser projetada em vários monumentos mundo afora, a exemplo do Empire State, em Nova York, no ano de 2021.

Outubro Rosa no Brasil

O primeiro ato relacionado ao Outubro Rosa no Brasil ocorreu no ano de 2002, quando o Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, ficou iluminado com a cor rosa.

O mesmo aconteceu em 2008, no Rio de Janeiro, quando luzes de cor rosa foram projetadas sobre a estátua do Cristo Redentor, um dos monumentos mais conhecidos do Brasil.

Celebre! Dia do Rio São Franisco.Por que homenageamos o Rio São Francisco no dia 04 de outubro?

0
Rio São Francisco em Piranhas, Alagoas - Foto de Piranhas, Alagoas -  Tripadvisor
Rio São Francisco em Piranhas, Alagoas – Foto de Piranhas, Alagoas

Foi há 510 anos, na expedição do navegador Américo Vespúcio, que o rio recebeu o nome de São Francisco, dia do santo comemorado no dia 04 de outubro. A data foi festejada pelos índios kariri-xocó do município ribeirinho de Porto Real do Colégio.

Com os corpos pintados, eles dançaram o toré em homenagem ao Velho Chico.

Bom Jesus: festa centenária em Penedo acontece com cenário mais confortável  do Rio São Francisco - CBHSF : CBHSF – Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio  São Francisco
CBH São Francisco Bom Jesus: festa centenária em Penedo acontece com cenário mais confortável do Rio São Francisco
Bacia de São Francisco - Rio São Francisco e importância econômica
Bacia de São Francisco – Rio São Francisco e importância econômica
Dos desertos das matas aos desertos das águas: o que comemorar no  aniversário do Rio São Francisco? - Instituto Humanitas Unisinos - IHU
Dos desertos das matas aos desertos das águas: o que comemorar no aniversário do Rio São Francisco? – Instituto Humanitas Unisinos – IHU

Onde Nasce O Rio São Francisco

CBHSF vai realizar webinário “25 anos da Lei das Águas” em comemoração aos 521 anos do Rio São Francisco 

0

Em comemoração ao aniversário do Rio São Francisco, que neste  dia 04 de outubro completa 521 anos de seu “descobrimento”, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco realizará o webinário “25 anos da Lei das Águas”.

O coordenador da Câmara Consultiva Regional (CCR) Baixo São Francisco, Anivaldo Miranda, e a promotora de Justiça do Ministério Público Estadual da Bahia, Luciana Khoury, com a mediação do advogado e membro da Câmara Técnica Institucional e Legal (CTIL), do CBHSF, debaterão os avanços e desafios da Lei 9.433/97, a Lei das Águas, que completa este ano 25 anos de sua promulgação.

O webinário será transmitido no canal do CBHSF no Youtube  (https://www.youtube.com/cbhsaofrancisco), a partir das 17h do dia 04 de outubro, desta terça-feira.(Ascom)

Sesc inicia arrecadação para a Feira Troca-Troca de Livros em Petrolina. Participe

0

Projeto promove a circulação de obras gratuitamente. Cada pessoa recebe um cupom por livro doado e escolhe um novo exemplar no dia do evento

Valorizando a literatura como caminho de conhecimento, estímulos e interpretação de mundo, o Sesc Petrolina vai promover a segunda edição da Feira Troca-Troca de Livros. O projeto, que também se volta para a circulação de obras, está em período de arrecadação.

“Esta é a primeira etapa do projeto, quando as pessoas vêm à unidade trocar seus livros por cupons”, comenta Priscila Lima, analista de Biblioteca do Sesc. Serão aceitas obras de ficção e não ficção, poesia, dramaturgia, romance, crônica, literatura infantojuvenil e gibis. Cada exemplar dá direito a um bilhete equivalente ao gênero entregue, com limite de 20  por pessoa.

É preciso que o livro esteja em bom estado de conservação, ou seja, sem rabiscos, amassos, páginas faltantes ou amassadas.  Não serão aceitos livros didáticos. Para participar, a pessoa deve ir à biblioteca do Sesc até o dia 21 de outubro,  às segundas, quartas e sextas-feiras, no horário das 9h às 11h e das 13h às 20h.

Os cupons serão utilizados no dia da Feira, que vai acontecer no dia 28 de outubro, das 17h às 20h, no Sesc de Petrolina, como parte integrante do projeto Entre Margens

  • Serviço: Feira Sesc Troca-Troca de Livros
  • Arrecadação: até 21 de outubro (segundas, quartas e sextas-feiras, das 9h às 11h e das 13h às 20h)
  • Feira: 28 de outubro (das 17h às 20h)
  • Entrada: gratuita
  • Local: Sesc Petrolina (Rua Pacifico da Luz, 618- Centro)
  • Contatos:  (87) 3866- 7480 ou bibliotecapetrolina@sescpe.com.br

Pernambuco: PSB seguirá tendo a maior bancada na Alepe em 2023

0

PSB segue sendo o partido com maior número de prefeituras em Pernambuco -  Blog do Erbi

O PSB seguirá tendo, em 2023, a maior bancada na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), com 14 deputados estaduais eleitos. Já para a Câmara, o partido elegeu cinco deputados federais pernambucanos, mantendo o mesmo número de vagas que tem na atual legislatura. Os resultados foram conhecidos já na madrugada desta segunda (3), com o fim da apuração das urnas.

Na Alepe, o PSB reelegeu metade de sua bancada. Seguirão para um novo mandato a Delegada Gleide Angelo (118.869 votos), Rodrigo Novaes (85.107), Francismar (66.621), Aglailson Victor (64.714), Simone Santana (53.001), Waldemar Borges (44.857) e Diogo Moraes (43.117). Outros sete parlamentares chegarão àquela casa em 2023: Eriberto Filho (78.980 votos), Dannilo Godoy (56.366), France Hacker (52.009), Jarbas Filho (45.331), Rodrigo Farias (45.220), José Patriota (43.586) e Sileno Guedes (43.195).

Já na disputa entre os deputados federais, o que obteve o resultado mais expressivo, no PSB, foi Pedro Campos, com 172.526 votos. Outras três vagas serão ocupadas por novatos na Câmara: Eriberto Medeiros (99.226 votos), Lucas Ramos (85.571) e Guilherme Uchoa Jr. (84.592). Felipe Carreras conseguiu se reeleger e ocupou a quinta vaga, com 76.528 votos conquistados.(Ascom)

Veja como Petrolina votou na eleição desse ultimo domingo(02)

0

 

Fotos de Petrolina - PE | Cidades em fotos
Petrolina-PE

Petrolina (PE) definiu os votos para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual no primeiro turno das eleições 2022, realizado nesse domingo (2).Acompanhe os números da cidade.

Ao fim da apuração na cidade, Lula, do PT, teve 65,31% dos votos para a Presidência (120.083 votos), enquanto Jair Bolsonaro foi a escolha de 28,42% dos eleitores (52.261 votos).

Para o cargo de governador, Miguel Coelho recebeu 73,41% dos votos (127.603 votos) entre os eleitores de Petrolina (PE). A segunda colocada nesse cenário foi Marília Arraes, com 10,81% (18.782 votos).

Guilherme Coelho liderou as escolhas do município, com 44.196 votos para Senador da Republica.

Fernando Filho foi o mais votado para Deputado Federal, com 51.765 votos e conquistou uma vaga.

Para deputado estadual, Antonio Coelho foi o mais votado pela cidade, com 42.636 votos e se elegeu.

A eleição em Petrolina (PE) teve 17,09% de abstenção.

Acompanhe os numeros:

Presidente da República 

  • Lula (PT): 120.083 votos (65,31%)
  • Jair Bolsonaro (PL): 52.261 votos (28,42%)
  • Ciro Gomes (PDT): 5.959 votos (3,24%)
  • Simone Tebet (MDB): 3.401 votos (1,85%)
  • Soraya Thronicke (UNIÃO): 1.589 votos (0,86%)
  • Felipe D Avila (Novo): 350 votos (0,19%)
  • Padre Kelmon (PTB): 99 votos (0,05%)
  • Léo Péricles (UP): 50 votos (0,03%)
  • Sofia Manzano (PCB): 36 votos (0,02%)
  • Vera (PSTU): 27 votos (0,01%)
  • Constituinte Eymael (DC): 14 votos (0,01%)
  • Brancos – 1,38%
  • Nulos – 2,65%

Governador 

  • Miguel Coelho (UNIÃO): 127.603 votos (73,41%)
  • Marília Arraes (SD): 18.782 votos (10,81%)
  • Anderson Ferreira (PL): 11.206 votos (6,45%)
  • Danilo Cabral (PSB): 10.190 votos (5,86%)
  • Raquel Lyra (PSDB): 4.957 votos (2,85%)
  • Jones Manoel (PCB): 526 votos (0,30%)
  • Pastor Wellington (PTB): 261 votos (0,15%)
  • João Arnaldo (PSOL): 257 votos (0,15%)
  • Claudia Ribeiro (PSTU): 31 votos (0,02%)
  • Jadilson Bombeiro (PMB): 6 votos (0,00%)
  • Brancos – 2,24%
  • Nulos – 6,68%

Senador – votação em Petrolina (PE)

  • Guilherme Coelho (PSDB): 44.196 votos (27,93%)
  • Teresa Leitão (PT): 42.894 votos (27,11%)
  • Carlos Andrade Lima (UNIÃO BRASIL): 31.895 votos (20,16%)
  • Gilson Machado (PL): 29.035 votos (18,35%)
  • André de Paula (PSD): 8.891 votos (5,62%)
  • Eugênia Lima (PSOL): 845 votos (0,53%)
  • Dayse Medeiros (PSTU): 348 votos (0,22%)
  • Cantor Esteves Jacinto (PRTB): 114 votos (0,07%)
  • Brancos – 7,45%
  • Nulos – 9,64%

Deputados federais mais votados em Petrolina (PE)

  • Fernando Filho (UNIÃO BRASIL): 51.765 votos (30,42%)
  • Lucas Ramos (PSB): 20.020 votos (11,76%)
  • Dulci Amorim (PT): 16.526 votos (9,71%)
  • Gonzaga Patriota (PSB): 12.757 votos (7,50%)
  • Pastor Eurico (PL): 5.044 votos (2,96%)
  • André Ferreira (PL): 3.782 votos (2,22%)
  • Túlio Gadelha (Rede): 3.715 votos (2,18%)
  • Ossesio Silva (Republicanos): 3.447 votos (2,03%)
  • Glaucia Andrade (PSDB): 3.407 votos (2,00%)
  • Irmao Osinaldo (PL): 3.111 votos (1,83%)
  • Brancos – 6,17%
  • Nulos – 4,65%

Deputados estaduais mais votados em Petrolina (PE)

  • Antonio Coelho (UNIÃO BRASIL): 42.636 votos (24,75%)
  • Lucinha Mota (PSDB): 17.580 votos (10,21%)
  • Odacy Amorim (PT): 16.847 votos (9,78%)
  • Júlio Lóssio Filho (Solidariedade): 16.281 votos (9,45%)
  • Maria Elena (UNIÃO BRASIL): 11.082 votos (6,43%)
  • Gabriel Menezes (PATRIOTAS): 5.982 votos (3,47%)
  • Prof. Gilmar Santos (PT): 5.287 votos (3,07%)
  • Cristina Costa (PT): 3.983 votos (2,31%)
  • Dhiego Serra (PL): 3.181 votos (1,85%)
  • William Brigido (Republicanos): 2.823 votos (1,64%)
  • Brancos – 5,74%
  • Nulos – 4,01%

Marília diz que vai conversar com Lula e que petista precisa de palanques sólidos nos estados

0

No primeiro dia do segundo turno, Marília Arraes participa de entrevistas na Rádio Jornal

Horas depois de confirmar sua ida para oegundo turno das eleições na disputa pelo Governo do Estado, a candidata Marília Arraes, concedeu uma série de entrevistas na manhã desta segunda-feira (03).

Em todas as ocasiões, Marília falou sobre o recado que os pernambucanos deram nas urnas no último domingo. “Estou muito feliz por poder anunciar esses novos tempos que chegam para Pernambuco. O povo apontou o caminho. Os pernambucanos não querem mais o PSB. Termos derrotado o PSB é uma vitória de todos nós. Neste segundo turno é a hora de definir entre manter um projeto que é uma continuidade do desgoverno ou outro que é alinhado ao que defende o presidente Lula”, destacou.

A candidata também falou sobre a importância de eleger Lula presidente neste segundo turno. “Estamos vivendo um momento crucial para a Democracia brasileira. Quem está contra Lula está com Bolsonaro de alguma maneira. Temos que trazer essa discussão, afinal, quando a pessoa dia ‘tanto faz’, está sendo conivente com essa política fascista. Quem diz ‘tanto faz’ ajudou Bolsonaro a ir para o segundo turno”, sentenciou.

Marília também falou sobre a relação com o presidente Lula neste novo momento da campanha. “Vamos conversar sim. O presidente Lula vai precisar de palanques sólidos nos estados. E aqui em Pernambuco nós é que sempre estivemos ao lado de Lula e o povo de Lula está conosco “, comentou.

A candidata disse ainda que está preparando uma atualização de seu programa de governo, que deverá ser divulgada nas próximas semanas. “Uma de nossas prioridades é recuperar a Saúde do nosso Estado. Hoje, mais uma vez, uma parte do forro do teto do Hospital da Restauração caiu por causa do vazamento de água numa das enfermarias. O descaso com a Restauração é um reflexo de como a saúde está no nosso Estado.”(Folhape)

Banco do Nordeste vai realizar concurso com vagas para tecnologia da informação

0

Remuneração é de R$ 6.269,76 e inscrição custará R$ 100,00. BNB ainda divulgará data de inscrição

O Banco do Nordeste (BNB) vai realizar um concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva para o cargo de especialista técnico nas funções de analista de desenvolvimento de sistemas e analista de infraestrutura e segurança da informação.

As oportunidades são para jornada de 30 horas semanais, com uma remuneração de R$ 6.269,76 e o edital está disponível no site da banca organizadora, Cebraspe, www.cebraspe.org.br/concursos/BANCO_DO_NORDESTE_22. Para ampla concorrência, o certame vai ofertar 150 vagas.

O processo compreenderá exame de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. As provas objetivas serão aplicadas em Recife, Fortaleza e Salvador.

As mesmas capitais também vão receber a avaliação biopsicossocial dos candidatos que solicitarem concorrer às vagas reservadas às pessoas com deficiência e candidatos que se declaram negros.

Os candidatos contratados pelo Banco estarão subordinados à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Entre os benefícios, destacam-se auxílio-refeição, auxílio cesta alimentação, 13ª cesta alimentação, auxílio-creche, seguro de vida, possibilidade de participação em plano de previdência complementar, de forma contributiva, e oportunidade de ascensão e desenvolvimento profissional.

Podem concorrer às vagas os profissionais com diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em bacharelado ou, ainda, tecnólogo de nível superior nos cursos voltados às funções previstas em concurso e que estão listados no edital.(Ascom)

Rota da Fruticultura da Ride/DF vai expor iniciativas exitosas na Fenagri 2022. Evento acontece de 16 a 19 de novembro

0

O conceito, aplicabilidade e organização da Rota da Fruticultura da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride/DF), serão apresentados de 16 a 19 de novembro próximo, em Petrolina – PE, durante a Feira Nacional da Agricultura Irrigada (Fenagri 2022).

Ação do Ministério do Desenvolvimento Regional, através da Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, executada pela Codevasf em conjunto com órgãos parceiros, associações e entidades locais, a Rota vai mostrar
também na Feira alguns resultados obtidos depois de uma visita técnica ao Vale do São Francisco, realizada no ano passado com a participação de 60 produtores.

De acordo com o coordenador da Rota da Fruticultura da Ride/DF, Luiz Curado, será montado um grande estande em parceria com a Codevasf, Embrapa, Abrafrutas e o Governo de Israel, para mostra do trabalho de mobilização e capacitação de pequenos
produtores visando a geração de riqueza com a fruticultura.

“Dentre as atrações, estaremos levando para Petrolina algumas frutas vermelhas e um case de sucesso que é a produção no Cerrado do Mirtilo, mais conhecido como blueberry, para apreciação e degustação do público;”frisou.

A Rota da Fruticultura da Ride/DF, reúne o Distrito Federal, 29 municípios de Goiás e 4 municípios de Minas Gerais. Segundo o secretário executivo de Desenvolvimento Econômico de Petrolina e coordenador da Fenagri 2022, Thiago Brito, a realização da Rota da Fruticultura daRide/DF, completa a programação promovendo o intercâmbio de experiências e tecnologias que será muito útil aos participantes.

Serão quatro dias bem intensos e proveitosos com um leque de opções que vai de seminários, rodada de negócios, Agritech Semiárido, minicursos, feira de negócios da economia solidária/agricultura familiar, visitas técnicas e uma mostra de produtos e serviços, onde teremos a participação da Rota da Fruticultura da Ride”., concluiu.(Ascom)