Sem categoria

Início Sem categoria Página 2

Em Petrolina, homem de 45 anos é emboscado e assassinado com vários tiros em Izacolândia

0

Resultado de imagem para gif sirene da policia

Um homem de de 45 anos identificado como Valdemar Alves de Souza, foi morto a tiros na tarde desta terça-feira dia (10) em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

Segundo informações, o crime aconteceu no distrito de Izacolândia, na zona rural do município.

Ainda de acordo com a PM, a vítima estava no local quando homens chegaram em um automóvel e o atingiram com vários disparos.

Valdemar morreu no local e os suspeitos fugiram. Até a publicação desta matéria ninguém foi preso. A Polícia Civil investiga o caso.(O POVO COM A NOTICIA)

Está chegando o  `Primeiro Congresso de Ciências Farmacêuticas do Vale do São Francisco. Evento começa nesta quarta-feira(11)de dezembro

0

Resultado de imagem para I Congresso de Ciências Farmacêuticas do Vale do São Francisco (FARMVASF)

O I Congresso de Ciências Farmacêuticas do Vale do São Francisco (FARMVASF) será realizado entre 11 a 13 de dezembro  em comemoração aos 10 anos do Curso de Farmácia da Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Dentro do FARMVASF será realizada a VIII Semana Farmacêutica, evento tradicionalmente realizado pelo Centro Acadêmico de Farmácia, com o apoio do  CFARM, bem como o II Encontro de Ligas Acadêmicas do Norte-Nordeste e também a III EXPOFARMA.

As inscrições podem ser feita no site do evento até dia 10/12. O evento será realizado no Espaço Multieventos da UNIVASF em Juazeiro (BA). Veja a programação do evento:

Resultado de imagem para Primeiro Congresso de Ciências Farmacêuticas do Vale do São Francisco

Quatro anos sem a menina Beatriz. Familiares realizam protesto e cobram agilidade nas investigações

0

O manifesto, organizado por familiares e amigos da vítima, acontece a partir das 17h desta terça, na Praça Dom Malam, em frente ao local do crime, em Petrolina

A menina Beatriz Angélica, de 7 anos, foi assassinada em 10 de dezembro de 2015
A menina Beatriz Angélica, de 7 anos, foi assassinada em 10 de dezembro de 2015

Será realizada  nesta  tarde de terça-feira (10), em Petrolina-PE,  uma manifestação para relembrar o caso da menina Beatriz Angélica Mota, que foi morta há exatos quatro anos com 42 facadas durante uma festa no Colégio Maria Auxiliadora, onde estudava na cidade. A manifestação, organizada por familiares e amigos da vítima, acontece a partir das 17h, na Praça Dom Malam, em frente ao local do crime, em Petrolina. O objetivo é chamar a atenção da justiça para a resolução do caso.

Em dezembro de 2018, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decretou a prisão preventiva de um funcionário da escola onde a menina Beatriz Angélica foi assassinada quando tinha 7 anos. Alison Henrique, que não chegou a ser preso, teria apagado as imagens do circuito interno da câmera de segurança da instituição de ensino. Em setembro de 2019, o TJPE revogou o pedido de prisão do suspeito por entender que as investigações não chegaram a nenhum resultado.

Um mês depois, em outubro, Lúcia Mota, mãe da menina Beatriz, protocolou na Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco evidências obtidas pela família sobre o possível desvio de função de um perito que teria atrapalhado o inquérito policial que investiga o caso. De acordo com a mãe de Beatriz, o profissional, que não teve o nome revelado, teria elaborado um plano de segurança para a instituição de ensino enquanto investigava o caso. A Corregedoria Geral da SDS informou que uma investigação preliminar foi instaurada para apurar os fatos.

Segundo a Polícia Civil do Estado (PCPE) – procurada pelo Portal FolhaPE -, as investigações correm em segredo de justiça e, por esse motivo, não pode fornecer informações sobre o caso. A PCPE disse ainda que a delegada Polyanna Neri, que está à frente do inquérito policial sobre o crime com dedicação exclusiva, instituiu uma Força Tarefa composta por policiais civis, três delegados e suas respectivas equipes, que possuem experiência na investigação de homicídios, para contribuírem na celeridade da conclusão do inquérito. Em nota, a PCPE reitera a confiança em “elucidar esse bárbaro assassinato e apresentar quem comeu esse crime à Justiça”. Atualmente, o inquérito que investiga o caso conta com 19 volumes, mais de 4 mil páginas e está no Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Em entrevista ao Portal FolhaPE, no entanto, o pai de Beatriz, Sandro Romilton Ferreira da Silva, disse não acreditar mais no trabalho da polícia. “Eles erraram muito. Há pouco mais de dois meses é que nós conseguimos ter acesso ao inquérito, depois de muitos anos de insistência. Já denunciamos à corregedoria e aguardamos respostas” afirmou Sandro.

Entenda o caso:
A menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, foi encontrada morta dentro do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, no dia 10 de dezembro de 2015. Após se afastar da família para beber água durante uma festa de encerramento do ano letivo, a garota desapareceu e seu corpo foi encontrado cerca de 40 minutos depois, com 42 golpes de faca, dentro de um depósito de material esportivo da escola. Até hoje, nenhum suspeito do crime foi preso.(Folhape)

PE no Campus oferece mil bolsas em universidades para estudantes de baixa renda

0

Resultado de imagem para PE no Campus

A terceira edição do PE no Campus, programa da Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco que incentiva o acesso ao ensino superior, foi lançada na manhã desta terça-feira (10) no Recife. Serão ofertadas mil bolsas para alunos da rede pública de ensino que obtiverem as melhores notas no Enem e no SSA.

Com o objetivo de disponibilizar um maior acesso aos estudantes da rede pública à universidade, o programa vai ofertar 900 bolsas para estudantes que optarem por concorrer através da nota do Enem e 100 bolsas para aqueles que optarem por concorrer com a nota obtida através do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE). A bolsa auxílio tem duração de dois anos, sendo R$ 950 mensais no primeiro ano e R$ 400 mensais no segundo ano.

Para participar do PE no Campus, o candidato precisa ter estudado todo o ensino médio na rede pública estadual e concluído há, no máximo, cinco anos, ser atendido pelo Bolsa Família ou ter renda familiar inferior a três salários mínimos, além de residência fixa com distância igual ou superior a 50 quilômetros da universidade e ter sido admitido em algum curso de graduação em uma instituição pública de ensino superior.

As inscrições para o PE no Campus, que têm início às 14h desta terça-feira e seguem até o dia 6 de janeiro, podem ser feitas através do site: www.educacao.pe.gov.br. As informações sobre os prazos de divulgação dos resultados também estão disponíveis no site da Secretaria de Educação e Esportes.

De acordo com o secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Fred Amancio, há dois anos apenas 40% dos estudantes da rede pública estadual participavam do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Já em 2018, segundo ele, com o aumentos dos investimentos nos programas de incentivo à educação, mais de 70% dos estudantes participaram da prova do Enem.

Estudante de engenharia civil na Universidade Federal de Pernambuco e bolsista do programa PE no Campus, Amanda Andrade, 22, falou sobre a importância do apoio financeiro dado pelo Estado. “Os gastos que eu tenho para me locomover, pagar aluguel e alimentação são muito altos e só graças ao programa eu consegui vir para a capital estudar e me manter aqui”, declarou a estudante, que morava na cidade de Bom Jardim, no Agreste.(Ascom)

CCJ aprova prisão após condenação em segunda instância

0

Resultado de imagem para prisão em segunda instância

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta terça-feira (10) projeto do senador Lasier Martins (Podemos-RS) que possibilita a prisão de condenados após decisão em segunda instância (PLS 166/2018). A relatora do projeto, senadora Juíza Selma (Podemos-MT), apresentou parecer favorável à proposta na forma de um substitutivo (com alterações). Foram 22 votos a favor e um contrário. O substitutivo passará por nova votação no colegiado (votação em turno suplementar) nesta quarta-feira (11), às 9h30, e só então poderá seguir para análise do Plenário.

A presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS), ressaltou que há um acordo firmado por parte dos senadores para que “nenhum projeto avance no Plenário” sem a votação da proposta de prisão após condenação em segunda instância.

“Não haverá sessão do Plenário hoje, nenhum projeto avança se não pudermos votar o turno suplementar amanhã [quarta]”, anunciou.

O texto tem caráter terminativo, o que significa que, se aprovado, ele poderia seguir diretamente para a Câmara dos Deputados. Mas, como foi apresentado um substitutivo ao projeto de Lasier, mesmo se for aprovado na quarta, o texto terá que passar por turno suplementar de votação. A presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-RS), também sinalizou que a proposta, por sua complexidade, deverá ser submetida à votação no Plenário do Senado.

O texto, que altera o Código de Processo Penal (CPP), foi elaborado após articulação entre alguns senadores e o ministro da Justiça, Sergio Moro, para alterar dispositivo que condiciona o cumprimento da pena de prisão ao trânsito em julgado da condenação (esgotamento de todas as possibilidades de recurso).

Atualmente o artigo 283 do CPP prevê que que “ninguém poderá ser preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente, em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado ou, no curso da investigação ou do processo, em virtude de prisão temporária ou prisão preventiva”.

Na versão apresentada no colegiado, essa prisão poderia acontecer “em decorrência de condenação criminal por órgão colegiado”. O projeto também altera a redação de outros trechos do CCP para permitir que o tribunal determine execução provisória de penas privativas de liberdade sem prejuízo do conhecimento de recursos que venham a ser apresentados. Na prática, a proposta altera o que é hoje considerado “trânsito em julgado”, abrindo a possibilidade para a prisão após condenação em segunda instância.

Assim como o autor do projeto, a senadora Juíza Selma considera que o sistema processual penal tem de ser ajustado para permitir a antecipação do cumprimento da pena de prisão. Em sua avaliação, a execução da pena após a condenação em segunda instância não viola o princípio da presunção de inocência. Ela rejeitou emendas do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) ao texto e ressaltou que decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a questão não impede mudanças no CPP, “desde que preservada sua conformação com as regras e princípios constitucionais pertinentes”.

“Segundo nosso entendimento, no juízo de apelação, fica definitivamente exaurido o exame sobre os fatos e provas da causa, com a fixação, se for o caso, da responsabilidade penal do acusado, concretizando se, assim, o duplo grau de jurisdição”, argumenta no relatório.

A senadora ressaltou que a nova redação do texto é inspirada em outros projetos em análise o Senado, “o que possibilitou um amplo consenso entre as lideranças desta Casa, capitaneado pelos presidentes desta CCJ e do Senado Federal”.(Agência Senado)

Em Santa Maria da Boa Vista, Prefeito Humberto Mendes diz que audiência para discutir gastos dos precatórios foi ato político

0
Prefeito Humberto Mendes de Santa Maria da Boa Vista

Nesta semana, na câmara de vereadores de Santa Maria da Boa Vista, foi realizada uma audiência pública para discutir os gastos dos recursos dos precatórios. A audiência foi convocada por vereadores de oposição e não contou com as presenças do secretário de educação, Adão Dias, e também do prefeito Humberto Mendes, o que deixou os oposicionistas frustrados, segundo palavras de alguns vereadores de oposição.

O prefeito Humberto Mendes declarou que já tinha uma reunião marcada com um empresário que estaria vindo à Santa Maria analisar a possibilidade de um investimento na cidade e classificou a audiência como um ato político, “o recurso do FUNDEF não é recurso do professor, é recurso do povo de Santa Maria da Boa Vista, e vamos prestar contas. Não existe qualquer real no bolso do prefeito, do vice, dos vereadores, todo dinheiro tá sendo investido, e bem investido. Nós vamos demonstrar, e com calma, não num ato político, num palanque político como se montou na câmara municipal, e não participei também por isso, não vou formar palanque para a oposição. As pessoas querem fazer palanque, e não é isso, a gente tem que levar as coisas com seriedade”.

O prefeito destacou que a própria gestão quem vai chamar a população para prestar contas de todo o recurso e ressaltou ainda que os professores devem brigar com a justiça, “vão à justiça, vão no ministério público, são com essas pessoas que vocês tem que dialogar, brigar no bom sentido, se eles disserem que o prefeito tem que pagar, vamos pagar, mas enquanto a justiça não determinar a gente não pode fazer isso sob pena de incorrer em irresponsabilidade”.(Nossa Voz)

OAB-PE emite nota com críticas ao aumento do Fundo Especial de Financiamento de Campanha

0

Resultado de imagem para OAB-PE


A OAB-PE emitiu nota com críticas ao aumento no valor do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), de R$ 1,7 bilhão em 2018 para R$ 3,8 bilhões em 2020. A aprovação se deu, em primeira discussão, na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional. Na nota, a entidade conclama os parlamentares, especialmente os integrantes da bancada pernambucana, a não aprovarem o aumento no valor do fundo em prejuízo ao orçamento de áreas básicas do serviço público. Abaixo, segue o teor da nota.

NOTA OFICIAL

O Conselho Seccional e o Colégio de Presidentes de Subseccionais da OAB-PE, por meio da presente nota, demonstram preocupação com a aprovação, em primeira discussão, na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, do aumento do valor destinado ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), de R$ 1,7 bilhão em 2018 para R$ 3,8 bilhões em 2020.

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Pernambuco reconhece que a democracia tem o seu custo e que a vedação, desde 2016, de doações de pessoas jurídicas para o financiamento de campanhas eleitorais foi um grande avanço para a democracia e para a transparência nas eleições. Todavia, o elevado reajuste nos valores do orçamento público destinados a campanhas eleitorais, além de ir na contramão de reformas aprovadas recentemente pelo próprio Congresso Nacional, que impõem sacrifícios à população em nome do equilíbrio orçamentário, exige uma contrapartida de redução de despesas em áreas essenciais como saúde, educação, habitação e saneamento, dentre outras.

Tendo-se em vista que o orçamento da União para 2020 ainda será submetido ao Plenário do Congresso Nacional, o Conselho Seccional e o Colégio de Presidentes de Subseccionais da OAB-PE conclamam os congressistas, especialmente a bancada pernambucana, a analisarem a questão com o cuidado e atenção merecidos, para que não ocorra o aumento dos valores do fundo eleitoral, e, ao final, o povo brasileiro, especialmente a camada mais pobre, não seja o grande prejudicado.

Recife/PE, 09 de dezembro de 2019.

CONSELHO SECCIONAL DA OAB-PE

COLÉGIO DE PRESIDENTES DAS SUBSECCIONAIS DA OAB-PE

Começou o pagamento do 13º do Bolsa Família em todo o país; Confira o calendário

0

Resultado de imagem para Começa hoje pagamento do 13º do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família começaram a receber o abono natalino, equivalente ao décimo terceiro do benefício do Governo Federal. O abono foi instituído pela Medida Provisória 898 que consiste no benefício pago em dobro em dezembro.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, que administra os pagamentos, atualmente 13,1 milhões de famílias estão sendo atendidas pelo programa. Neste mês, o governo desembolsará R$ 2,5 bilhões com o pagamento do benefício deste mês, mais R$ 2,5 bilhões com o abono.

O benefício extra será pago com o mesmo cartão, nas mesmas datas e por meio dos mesmos canais pelos quais os beneficiários recebem as parcelas regulares do Bolsa Família. Os beneficiários que recebem por meio de crédito em conta poupança ou na conta Caixa Fácil terão o valor do abono natalino creditado nas mesmas contas.

Confira o calendário de pagamentos que segue o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS) do responsável familiar.

Final 1 – terça-feira (10)
Final 2 – quarta (11)
Final 3 – quinta (12)
Final 4 – sexta (13)
Final 5 – segunda (16)
Final 6 – terça (17)
Final 7 – quarta (18)
Final 8 – quinta (19)
Final 9 – sexta (20)

Edson Celulari e Thaynara OG empolgados com a participação na Paixão de Cristo

0

 

Na noite de domingo (8), o ator Edson Celulari e a influenciadora digital Thaynara OG subiram ao palco na cidade-teatro de Nova Jerusalém, em Brejo da Madre de Deus (PE), a 180 km do Recife, para dar vida aos personagens Herodes e sua rainha Herodíades durante a produção dos filmes promocionais da espetáculo da Paixão de Cristo que será realizada na Semana Santa de 2020.

Trajando belíssimos figurinos criados por Marina Pacheco, eles contracenaram no suntuoso cenário do palácio real com o ator Caco Ciocler, que fará o papel de Jesus, e cerca de 50 figurantes. Os trabalhos começaram por volta das 21 horas e só foram concluídos às duas da madrugada da segunda-feira.

Edson Celulari não esconde a emoção por finalmente integrar o elenco da Paixão de Cristo. “Há muitos anos eu recebo convites para participar do espetáculo e este ano deu certo. Estou muito feliz. É um grande espetáculo, bem realizado. É um projeto que vingou de forma que vai muito além até do que um espetáculo. É muito importante para a região, para o Estado e para a cultura do País existir esse projeto”, afirmou.

Ele revela que ficou impactado ao chegar na cidade-teatro e conhecer as pessoas que trabalham na produção da encenação.  “Eu sabia que era grande, mas quando eu cheguei aqui eu ainda me surpreendi. É maior do que eu imaginava, é mais profundo, é mais enraizado, mais verdadeiro. E as pessoas que fazem esse projeto estão aqui de coração, se dedicam de verdade a isso. Essas coisas me interessam, é por isso que estou aqui e estou feliz”.

Ele também está entusiasmado com a oportunidade de interpretar um personagem como Herodes. “Quando me olhei no espelho com o figurino, pensei num grande personagem. É muito forte, muito cruel como Nero, como Calígula. Eu já fiz Calígula e agora estou fazendo Herodes, vai faltar o Nero. Mas eu acho que fazer um personagem desse universo do período do império romano, que teve poder absoluto, essa crueldade com a qual ele lidava com os humores da vida, é uma oportunidade que eu quero aproveitar ao máximo. É um lindo personagem”.

Thaynara OG

Com quase 4 milhões de seguidores no Instagram, Thaynara OG, vai viver sua primeira experiência no teatro na Paixão de Cristo. “Eu já tive algumas participações no cinema em “Internet o Filme” e “Amor.com”, mas no teatro essa vai ser a primeira. O que eu vou viver aqui vai ser único, então eu estou muito empolgada. Já conheci uma parte do elenco, o Edson Celulari é muito carinhoso, muito bacana. Estou animada para aprender bastante e dar meu melhor”.

Ela revelou que a participação em Nova Jerusalém poder ser um marco para voos mais altos. “Para 2020 estou com um projeto para o cinema, recebi um convite especial que em breve eu vou contar. É legal porque a gente já fez essa imersão num mundo novo, já segue com esse plano. Eu sempre fui mente aberta, sempre gosto de novas descobertas”.

Sobre seu papel na Paixão de Cristo, ela afirmou que se trata uma personagem bem diferente dela. “A Herodíades é bem debochada, gosta de farra também, é rainha né? Tem aquela imponência. Quando me convidaram, eu pesquisei a cena dela com Herodes, é uma cena muito linda. A entrada no palco é bem impactante. Na hora eu vou me arrepiar bastante. Então vamos interpretar essa personagem, viver uma pessoa nova, acho que vai ser divertido fazer um papel tão diferente de mim, porque ela é bem doidinha”.

Sobre a reação dos seus seguidores ao anúncio dessa sua nova experiência, ela falou que foi uma grande surpresa. “Tá todo mundo encantado e empolgado para ver o resultado. Minha família já está montando uma caravana, estão fazendo pacote com ônibus e tudo para vir para cá. Tem seguidor também que já comprou ingresso. Está muito lindo vendo todo mundo se mobilizando para prestigiar e conhecer junto comigo esse novo universo. Vai ser legal mostrar os bastidores, as curiosidades nós vamos descobrir juntos. Quero que o que eu sentir aqui, eles sintam também”.

Quanto a estrutura da Nova Jerusalém, ela afirma que as imagens que aparecem nos noticiários da TV não dão real dimensão do que realmente é a cidade-teatro. “Esse teatro a céu aberto é enorme. Eu cheguei à noite na Pousada da Paixão (que funciona dentro do teatro) e me encantei porque a experiência já começa lá onde os quartos são todos decorados. Depois eu fui para os cenários. Acho que isso aqui é uma experiência 100% real porque você está num mundo novo. Eu fico muito orgulhosa de ter uma estrutura dessa no Nordeste, tudo muito profissional, muito preparado. A Paixão de Cristo 2020 está imperdível. Estou tão feliz, tão realizada que eu quero todos façam parte desse sonho junto comigo”.

Também estão no elenco da temporada 2020 da Paixão de Cristo os artistas Christine Fernandes (Maria), Sérgio Marone (Pilatos) e Juliana Knust (Madalena). Todos foram a Pernambuco participar da produção dos filmes promocionais da Paixão que começou na quinta-feira (5) e terminou no domingo (8). A espetáculo acontecerá de 4 a 11 de abril.

Os ingressos para o espetáculo já começam a ser vendidos pelo site oficial www.novajerusalem.com.br. Os preços variam de R$ 60,00 a R$ 120,00 e podem ser comprados pelo site oficial em até 12x com juros do cartão de crédito. Para excursões, é oferecido desconto de 10% na entrada inteira para grupos a partir de 45 pessoas.

Este ano, também haverá a alternativa de aquisição dos ingressos pelo site www.ingressoprime.com, pelo aplicativo Ingresso Prime ou nos quiosques da empresa nos shoppings Rio Mar, Boa Vista, Tacaruna e Olinda Pateo.(Ascom)

Pernambuco: Governo sanciona lei para implantação de Programa de Integridade

0

O governador Paulo Câmara realizou, na tarde desta segunda-feira (09), a abertura do “Seminário Combate à Corrupção: Governança e Integridade no Estado de Pernambuco”, promovido pela Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), no auditório do Cais do Sertão. O encontro marcou o Dia Internacional de Combate à Corrupção – data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para conscientização sobre a temática em nível mundial. Na ocasião, o governador sancionou a lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de implantação de um programa de integridade por empresas que contratem com o Estado.

“Estamos avançando na busca de melhorar nossa legislação e aperfeiçoá-la. A Lei de Integridade busca justamente criar um prazo para que empresas pernambucanas também se preparem, dentro de um contexto de integridade. Para que uma empresa que trabalha com o poder público também seja fiscalizada, tenha os instrumentos e a transparência necessária que a sociedade pede”, explicou o governador. Ainda segundo ele, há um prazo de transição. “Tem etapas a serem implantadas, esperamos até 2024 que todos os contratos firmados pelo poder público com as empresas que assim se habilitem estejam de acordo com o que se pede, com integridade cada vez maior e a transparência também cada vez mais presente”, concluiu.

De acordo com a secretária da SCGE, Érika Lacet, que também é ouvidora-geral do Estado, a exigência do programa será feita em três etapas. A primeira terá início em 2021, para novas contratações de obras, serviços de engenharia e contratos de gestão celebrados com a administração pública, seus aditamentos ou alterações, em valores iguais ou superiores a R$ 10 milhões.

Em 2023, valerá para essas mesmas contratações, sendo que em valores a partir de R$ 5 milhões. E a última fase, em 2024, com contratos administrativos em geral não previstos nas etapas anteriores, em valores iguais ou superiores a R$ 10 milhões. “A lei vem para mudar a cultura nas contratações públicas, abordando a relevância das medidas anticorrupção adotadas pela administração pública e pelas empresas que com ela contratam. Combatê-la, portanto, depende do esforço conjunto e contínuo de todos”, avaliou a secretária.(Ascom)

Safra de 2020 deve bater recorde e chegar a 240,9 milhões de toneladas

0

safra

A safra nacional de grãos de 2020 deve atingir 240.913.898 milhões de toneladas, o que será um recorde. Se confirmado, o resultado vai ultrapassar em 33,6 mil toneladas o esperado para 2019. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as estimativas indicam que as safras 2019 e 2020 devem se tornar as maiores da série histórica iniciada em 1975. Vão superar o atual recorde registrado em 2017, quando somou 238,4 milhões de toneladas.

Os números estão no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado hoje (10), pelo IBGE.

Conforme as previsões, a produção de soja terá crescimento 6,7%, a de algodão 2,0% e a do arroz 1,0%, mas a do milho sofrerá redução de 7,5%. O mesmo deve ocorrer com o feijão em grão primeira safra com queda de 0,3%.

Para o milho, o IBGE estima produção de 92,7 milhões de toneladas no próximo ano. A redução de 7,5% prevista em relação à safra 2019, significa recuo de 7,5 milhões de toneladas. “Mantém-se a tendência de um maior volume de produção do milho em segunda safra, devendo essa safra participar com 72,3% da produção nacional para 2020, contra 27,7% de participação da primeira safra de milho”, observou o pesquisador do IBGE, Carlos Barradas.

Na soja, a lata de 6,7%, representa o total de 120,8 milhões de toneladas em 2020. Entre os maiores produtores, boa parte desse volume se refere ao Mato Grosso. Lá a estimativa é colher 33 milhões de toneladas. Em relação a 2019, representa crescimento de 2,2% . O Paraná, que é o segundo maior produtor, prevê aumento de 22,5%, com a produção de 19,8 milhões de toneladas. Também se confirmado, vai significar uma recuperação, uma vez que em 2019 severas restrições de chuvas e o excesso de calor durante o ciclo da cultura comprometeram a safra.

Detentos fazem provas do Enem hoje e amanhã

0

Detentos fazem prova do Enem - Arquivo/Agência Brasil

O Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas que cumprem penas privativas de liberdade e sob medida socioeducativa (Enem PPL) vai ser aplicado nesta terça (10) e quarta-feira (11). A prova será aplicada para 41.044 participantes e conta com  1.228 instituições inscritas e homologadas.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 46.163 inscrições foram feitas, em 25 estados e no Distrito Federal. São Paulo é o estado com o maior número de inscritos, 15.832 participantes.

Para o presidente do Inep, Alexandre Lopes, o número de inscrições mostra o sucesso da parceria do Ministério da Educação (MEC) e do Inep com as secretarias estaduais de Segurança Pública, de Administração Penitenciária, de Direitos Humanos e de Educação.

Para garantir a segurança, os malotes de prova são escoltados até o local de aplicação, e o acompanhamento, durante o exame, será feito pela Polícia Federal. As unidades que firmaram adesão com o Inep são obrigadas a garantir espaço para as provas, segurança e sigilo durante a realização do exame.

Os participantes do Enem PPL que já concluíram ou concluirão o ensino médio neste ano poderão utilizar o desempenho no exame para acesso à educação superior. Já os participantes que não estejam cursando ou não concluirão o ensino médio no ano letivo de 2019 só poderão utilizar os resultados individuais para autoavaliação de conhecimentos.

O responsável pedagógico de cada unidade prisional ou socioeducativa tem a função de acompanhar todos os trâmites do exame, desde a inscrição até o resultado. Ele também deve determinar as salas de provas dos participantes; a transferência entre as unidades e excluir aqueles que tiverem sua liberdade decretada.

O responsável pedagógico terá acesso aos resultados obtidos pelos participantes, fará a inscrição, pleiteará seu acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu)  e deverá divulgar as informações sobre o exame aos participantes.

Da mesma forma que o Enem tradicional, o Enem PPL é constituído de redação e de quatro provas objetivas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha. No primeiro dia do exame, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias, com cinco horas e meia de duração. No segundo dia, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática, com cinco horas de duração.

*Com informações do Inep

São João de Petrolina 2020 tem novo endereço confirmado

0

Licitação para construção do novo pátio de eventos está em andamento. O prazo de execução da obra é de até 4 meses.

Resultado de imagem para antigo ceape de petrolina

Um local de fácil acesso para a população petrolinense e turistas forrozeiros foi escolhido para sediar o melhor e mais forte São João do Brasil. Na área onde funcionava o antigo Centro de Abastecimento de Petrolina (Ceape), às margens da Avenida 7 de Setembro, será construído o novo pátio de eventos do município. A licitação para escolher a empresa responsável pelo empreendimento está em andamento. O preço máximo para execução do serviço é de R$ 2.849.683,88.

Quatro empresas apresentaram propostas à prefeitura e uma equipe técnica está checando se elas estão habilitadas a participarem do processo. A próxima etapa é abrir e avaliar as propostas de preços, que devem obedecer às condições estabelecidas no edital. Vencerá a licitação aquela que apresentar o menor preço. O processo deverá ser concluído em até um mês.

Resultado de imagem para antigo ceape de petrolina

A área do novo pátio de eventos terá 40 mil metros quadrados. Após a assinatura da Ordem de Serviço, está programado início do preparo do terreno e pavimentação asfáltica do espaço. O prazo de execução da obra é de até quatro meses.(Ascom)

Petrolina: Ação social da Campanha Natal da Cidade chega ao Jardim Amazonas

0

Neste sábado (7), os moradores e prestação de serviços para a comunidade do Jardim Amazonas. É que a campanha Natal da Cidade, realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) junto com algumas instituições parceiras, realizará mais uma ação social. O evento terá início às 9h, na Avenida dos Tropeiros (ao lado do Supermercado Serve Bem) e contará com apresentações culturais, show de mágica, aferição de pressão, teste de glicemia, além da presença de Papai Noel.

Alunos da Escola Municipal Júlia Elisa irão expor e comercializar produtos produzidos por eles mesmos, dentro do projeto Talento Empreendedor, uma das novidades deste ano dentro da campanha natalina do comércio. Através do projeto, crianças e jovens são estimulados a desenvolverem seu lado empreendedor, sempre utilizando de muita criatividade e usando materiais simples como garrafas pet, cartolinas, isopor, dentre outros.

Antes de chegar ao Jardim Amazonas, a ação social do Natal da Cidade passou por mais três bairros: José e Maria, Areia Branca e São Gonçalo. Em todos eles, muita prestação de serviço e a participação efetiva dos alunos no projeto Talento Empreendedor.

A campanha Natal da Cidade se estenderá até o dia 27 de dezembro, quando ocorrerá o grande sorteio de um carro zero quilômetro, quatro motos e 16 eletroeletrônicos. Os consumidores que comprarem nas lojas credenciadas na campanha receberão cupons e poderão concorrer ao sorteio. (Ascom)

Nascidos em setembro e outubro sem conta na Caixa podem sacar FGTS

0

fgts_rio_3.jpg

A Caixa Econômica Federal inicia hoje (6) mais uma etapa de liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa. Os trabalhadores nascidos em setembro e outubro sem conta no banco poderão retirar o dinheiro.

O saque começou em setembro para quem tem poupança ou conta corrente na Caixa, com crédito automático. Segundo a Caixa, no total os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 40 bilhões na economia até o fim do ano.

Originalmente, o saque imediato iria até março, mas o banco antecipou o cronograma, e todos os trabalhadores receberão o dinheiro este ano.

Atendimento

Os saques de até R$ 500 podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão.

Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

No caso dos saques de até R$ 100, a orientação da Caixa é procurar casas lotéricas, com apresentação de documento de identificação original com foto.

Segundo a Caixa, mais de 20 milhões de trabalhadores podem fazer o saque só com o documento de identificação nas lotéricas.

Quem não tem senha e cartão cidadão e vai sacar mais de R$ 100, deve procurar uma agência da Caixa.

Embora não seja obrigatório, a Caixa orienta, para facilitar o atendimento, que o trabalhador leve também a carteira de trabalho para fazer o saque. Segundo o banco, o documento pode ser necessário para atualizar dados.

As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

A data limite para saque é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.