Home Sem categoria Autoconfiança: a chave para a realização de qualquer desejo de vida

Autoconfiança: a chave para a realização de qualquer desejo de vida

801
0

Especialista em neurociência comportamental fala sobre o que verdadeiramente nos impulsiona a agir em direção às nossas realizações

Autoconfiança: a chave para a realização de qualquer desejo de vida - D  Marília

Todos os sonhos, conquistas e resultados são dependentes, limitados, ou potencializados pelo seu nível de autoconfiança. “Você é do tamanho da sua autoconfiança”, diz André Buric, especialista em neurociência comportamental da academia cerebral Brain Power.

Se você é um empreendedor, precisa sentir confiança de que pode administrar seu negócio. Se você quer se aproximar de alguém na balada, precisa da confiança para não se apavorar com a rejeição. Se você quer mudar de carreira para viver do que realmente ama, precisa da confiança para enfrentar as opiniões de quem acha que você está cometendo uma loucura.

It has survived

“A autoconfiança é o que verdadeiramente nos impulsiona a agir em direção às nossas realizações. Se você reparar, todos os momentos que você assumiu controle da sua vida, você estava acessando o estado mental da autoconfiança. E isso pode ser treinado e fortalecido”, diz Buric.

Afinal, confiança não se trata de um atributo que ou se tem, ou não se tem. Todos nós temos certo senso de segurança em diversas situações. Porém, algumas pessoas aprenderam a treinar os padrões cerebrais que fortalecem essa firmeza pessoal nas situações mais adversas.

“É por isso que algumas pessoas são capazes de se manifestar em público como se estivessem em suas casas, com amigos, enquanto outras suam e tremem em uma apresentação. Ou, na execução de um projeto, enquanto algumas pessoas são rápidas em decidir e fazer acontecer, outras esperam, avaliam, medem, planejam um pouco mais e muitas vezes não conseguem nem dar início ao que queriam.”, explica Buric.

Por isso, se você precisa melhorar a sua autoconfiança, ou de alguém próximo a você, é importante refletir sobre alguns pontos, veja abaixo:

Autoconfiança é uma construção

A autoconfiança não é um atributo perene, inalterável, que alguns sortudos tiveram o privilégio de serem presenteados com isso ao nascer, enquanto o resto das pessoas tem que lidar com uma vida de resultados medíocres por falta de autoconfiança.

“Definitivamente, esse não é o caso. Todos temos essa força silenciosa dentro de nós, e tudo o que precisamos fazer para preservar e fortalecer nosso senso pessoal de segurança é aprender a mapear essa energia, entender como reagir frente aos estímulos que recebemos, tanto os externos como os internos, como nossos próprios pensamentos”, completa o especialista.

Sua confiança define quem você é

A falta de confiança é o caminho para o fracasso. Quanto menos confiante a pessoa é, mais dependente de fatores externos ela se torna. Elas desejam tudo, mas não é a hora certa, há muito risco, não é para mim, falta algum conhecimento, não sobra tempo para estudar, o chefe pediu muitos relatórios, agora não dá, amanhã eu começo uma dieta saudável, a crise está aí…. Desculpas, desculpas, desculpas.

“Para saber como está seu nível de autoconfiança, avalie a lista de desculpas que você usa para não entrar em ação na direção daquilo que você deseja. Preste atenção no que você concentra sua atenção”, explica André.

O que pode drenar nossa autoconfiança

“Quando não entendemos de verdade a fonte da nossa confiança, por não sabermos proteger essa energia, uma de nossas maiores vulnerabilidades é a opinião alheia. Isso é um verdadeiro perigo”, aponta Buric. Por causa da opinião alheia, algumas pessoas se vestem como os outros mandam, têm um casamento que não queriam, escolhem uma carreira porque disseram que é promissora, compram uma casa porque disseram que tinham que comprar… mesmo sem perceber. Mas apenas para evitar o conflito.

A vida inteira de uma pessoa assim foi desenhada… pelos outros! Não é à toa que nesse estilo de vida seja tão fácil encontrar todos os piores padrões cerebrais que alguém pode ter. Tudo contribui para uma vida infeliz.

Aprender a treinar o cérebro a favor da autoconfiança é, portanto, uma tarefa para toda a vida.

  • André Buric é empresário, palestrante, professor, investidor e influenciador Formado em Administração pela FEA-USP. Com especialização em Marketing e Comunicação pela ESC Toulouse (França). Também possui certificado em Neuro Economia pela Higher School of economics Moscow (Russia). Master Practioner pela “The Society of Neuro Linguistic Programming” de Ricard Bandler e Certificado Global NPL Training como Life Coach, Motivacional Coach, Social & Emotional Intelligence Coach.

Previous articleUma serenata, um aniversário, uma cidade. Felicidades de Petrolina, 127 anos de trabalho, progresso e gratidão
Next articleAo lado de Josimara e Corrinha, Odacy arrasta multidão em Dormentes