Queimadas provocam blecaute em 12 estados da região Norte e Nordeste

RTEmagicC_queimadas_brasil.jpg

Uma queimada de grandes proporções provocou um blecaute em 12 estados da região Norte e Nordeste às 12h14, desta terça-feira (30). Todo o sistema foi normalizado por volta das 13h40. A falha não atingiu todas as localidades dos municípios.

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), os estados atingidos foram Amazonas, Pará, Amapá e Tocantins, na região Norte, e no Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, na região Nordeste.

De acordo com a Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba), na Bahia, 40% das cargas no estado foram afetadas, principalmente nas cidades do interior. A energia foi suspensa às 12h49 e começou a ser normalizada às 13h15.

Em Salvador, em parte da região da Paralela, Rio Vermelho e Pituba faltou energia e as sinaleiras apagadas provocaram lentidão no trânsito. O congestionamento durou cerca de meia hora após o reabastecimento da energia, segundo a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador).

Falha
De acordo com a ONS, uma queimada levou ao desligamento automático do circuito 3 da linha de transmissão em Miracema-Colinas, que fica no estado do Tocantins. Em seguida os circuitos 1 e 2 foram desligados automaticamente.

Como um mesmo estado ou cidade pode ser atendido por subestações diferentes, a queda de energia não foi universal.

Após o reparo na linha, o sistema foi religado gradativamente. Sendo o circuito 2 o primeiro a ser religado, às 13h07, e os circuitos 1 e 3 às 13h21. Às 13h40 todo o sistema já estava normalizado.

Merecidamente ex-prefeito Diniz Cavalcanti recebe o título de Cidadão Petrolinense

diniz

Vereador, vice-prefeito, prefeito e deputado estadual, esse é o curriculum do filho de Cabrobó Diniz de Sá Cavalcante, homenageado na noite dessa terça-feira (30), na câmara municipal de Petrolina com o titulo de Cidadão Petrolinense, honraria da autoria da ex-vereadora Raimunda Sol Posto.

Uma noite marcante para a família, seus amigos, ex-vereadores e outros Petrolinenses anônimos que não perderam a oportunidade de abraçar seu Diniz, como é tratado carinhosamente por todos no auge dos seus 90 anos de idade.

A sessão solene foi presidida pelo Vereador Adalberto Bruno e ainda teve as presenças  dos vereadores Ronaldo Souza , Pérsio Antunes e dos ex-vereadores Diniz Guilherme e Márcia Cavalcante filhos do homenageado, Valdenor Ramos, Geralvinho Patriota, Juarez Amorim, Durval Araújo e Eurico de Sá Cavalcante.

Adriana Coelho representou seu esposo o senador Fernando Bezerra Coelho, Geraldo Julio esteve presente representando o prefeito Julio Lóssio e ainda o superintendente da Codevasf  Arivalter(Blog de Edenevaldo Alves)

Polícia conclui que empresário alvo da Operação Turbulência se suicidou

Resultado de imagem para Operação Turbulência

O empresário Paulo César de Barros Morato, 47, um dos alvos da Operação Turbulência, da Polícia Federal (PF), cometeu suicídio no dia 21 de junho. Essa é a conclusão da Polícia Civil de Pernambuco sobre a morte de Morato, cujo corpo foi encontrado no dia seguinte à deflagração da operação, em um motel de Olinda, região metropolitana do Recife.

O caso foi detalhado hoje (30) em entrevista coletiva na sede da Polícia Civil, na capital pernambucana, e o inquérito foi concluído depois de mais de dois meses da morte do empresário. O corpo de Morato foi encontrado em um motel de Olinda, no dia 22 de junho, e a conclusão foi apresentada pela delegada da 9ª Delegacia de Homicídios de Olinda, responsável pelo caso, Gleide Ângelo, a perita criminal Vanja Coelho e a promotora do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) Rosângela Padela.

A causa da morte já havia sido divulgada. Exames periciais realizados nas vísceras do empresário identificaram envenenamento por organofosforado, substância encontrada em pesticida de conhecido popularmente como “chumbinho”, de venda proibida no Brasil. Não havia ainda, no laudo, a informação de suicídio ou homicídio a partir do veneno.

Com a análise de todas as outras provas do caso, a delegada Gleide Ângelo foi segura ao apresentar o resultado da investigação: “O inquérito tem 537 páginas. Eu não tenho a menor dúvida de que foi suicídio. Eu não tenho nenhum indício, em nenhum fato, depoimento, denúncia, nada, de que alguém tenha cometido crime contra Morato. E as imagens fala por si só. A gente teve a sorte de ter, nesse estabelecimento, 16 câmeras”, enfatizou.

Um dos principais indícios levados em conta pela polícia foi a análise de provas para identificar se alguém entrou ou saiu do quarto no período de tempo entre a chegada do empresário e a constatação da sua morte. Todas as funcionárias do motel que trabalharam no dia 21 e 22 de junho foram ouvidas, e os depoimentos confrontados com as imagens das 16 câmeras instaladas no estabelecimento. De acordo com Gleide Ângelo, os relatos coincidem com o filmado: não há uma segunda pessoa no local da morte em nenhum momento.

O histórico do empresário também foi analisado, principalmente uma tentativa anterior de suicídio, ocorrida em 3 de março de 2015, que teria sido motivada por problemas financeiros. Morato foi encontrado quase sem vida no apartamento de um amigo no Recife. Depoimentos da família e de pessoas que prestaram os primeiros socorros à época confirmaram o fato à delegada Gleide Ângelo, assim como fichas médicas de estabelecimentos hospitalares por onde ele passou.

Além dos exames feitos no corpo de Morato que indicaram a morte por chumbinho, um dos elementos que chamaram a atenção da profissional e ajudaram nas investigações foi a água mineral de uma garrafa que tinha cheiro desagradável, de acordo com Coelho. Do gargalo da garrafa foi colhido DNA, que deu positivo para a vítima. O exame do líquido revelou substância presente no chumbinho. Três pequenos frascos onde era armazenado o pesticida também constam entre os objetos apreendidos e analisados. Nenhum outro DNA foi identificado na cena da morte.

As características do corpo, que não apresentava sinais de violência, mas um leve sangramento nasal e fezes, também coincidiriam com os efeitos do chumbinho no organismo. Os peritos argumentaram ainda, em seus laudos, que Morato tinha diabetes, hipertensão, obesidade mórbida e outros problemas de saúde que podem ter contribuído para o desfecho do suicídio, tornando o veneno ainda mais fatal.

Sem informações comprometedoras

No dia em que o corpo de Paulo César Morato foi encontrado, em posse do empresário havia sete pendrives e três celulares, entregues à Polícia Federal (PF) para análise do conteúdo, na tentativa de encontrar informações úteis para a investigação da Operação Turbulência. De acordo com a delegada Gleide Ângelo, que recebeu o laudo da PF para juntar ao inquérito da polícia civil, nenhum dado comprometedor foi encontrado. Nos pendrives havia música, apenas.

A promotora que atua no caso, Rosângela Padela, também solicitou a quebra dos dados dos celulares para saber se houve alguma ameaça no dia do provável suicídio, mas apenas foram encontradas ligações e mensagens para a família, uma namorada e amigos não relacionados aos fatos investigados na Turbulência. A última ligação ocorreu às 9h40, quando Morato desligou o celular.

Antes disso, um amigo com quem morava há três meses por causa de sua separação teve contato rápido com ele para entregar-lhe roupas e pertences pessoais solicitados mais cedo pelo empresário. Paulo César não falou do que fugia ou quais eram seus planos, segundo a delegada Gleide Ângelo, com base no depoimento desse homem.

Rosângela Padela receberá o inquérito completo amanhã (31). Ela poderá pedir novas diligências para aprofundar a investigação ou solicitar o arquivamento do caso à Justiça. A promotora adiantou que ainda vai ler todo o caso, mas a probabilidade é a conclusão pelo suicídio.

Operação Turbulência

Paulo César Morato era um dos suspeitos investigados pela Operação Turbulência, da Polícia Federal (PF). Ele deveria ter sido preso no dia 21 de junho, da mesma forma que outros quatro empresários presos preventivamente desde então: João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho, Eduardo Freire Bezerra Leite e Apolo Santana Vieira, apontados como líderes da organização; e Arthur Roberto Rosal, suspeito de atuar como um testa de ferro da organização, fato também atribuído a Morato.

De acordo com a PF, a investigação da Turbulência identificou um esquema de lavagem de dinheiro formado por uma rede complexa de empresas, a maior parte de fachada, que movimentou R$ 600 milhões desde 2010. O ponto de partida da investigação foi a compra do avião Cessna Citation PR-AFA, usado pelo ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) na campanha presidencial de 2014. Campos e mais seis pessoas morreram na queda do avião, em agosto de 2014, em Santos, São Paulo.

Segundo a investigação, os recursos movimentados pelo grupo seriam provenientes de desvios de dinheiro público, como em superfaturamentos ocorridos na Petrobras e nas obras de transposição do Rio São Francisco, fatos investigados em outros inquéritos que tiveram as informações cruzadas com o da Operação Turbulência. Há também a denúncia de formação de caixa 2 para as campanhas de Eduardo Campos. No dia 03 de agosto  ofereceu denúncia contra 18 pessoas suspeitas de integrar a organização.

Edição: Jorge Wamburg

Juazeiro recebe visita de empresários da indústria têxtil

_DSC2782

O município de Juazeiro tem atraído os olhares de empresários que desejam trazer novos investimentos. Uma das empresas que está avaliando a possibilidade de aumentar essa lista é a Bocazul Produtos Têxteis de Salvador que veio representada pelo seu diretor Antônio Martins, acompanhado do economista e consultor de negócios Luiz Carlos Rigotti. Os dois vieram a convite do secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do município, Carlos Neiva e estiveram na cidade na última sexta-feira 26.

De acordo com Antônio Martins, o objetivo da visita foi ampliar esse segmento e montar uma empresa aqui com propósito de expandir ainda mais os negócios no Estado da Bahia.  “Estive em Juazeiro há mais de 20 anos e confesso que fiquei deslumbrado com o que vi. Não imaginava que a cidade havia crescido tanto como agora. Vi que tem potencial muito grande e está no centro de grande distribuição do Nordeste. Eu vejo que é uma região promissora, já está consolidado o agronegócio, mas para a indústria tem uma grande capacidade de absorção de grandes empreendimentos. Esse é nosso propósito. Inicialmente vamos ampliar o negócio em nível de comércio e depois montar uma indústria”, afirmou o empresário.

Para o economista e consultor de negócios, Luiz Carlos Rigotti, a vinda a Juazeiro teve dois fatores importantes: o primeiro pelo destaque que Juazeiro em tido no cenário nacional por conta da geração de emprego, capacidade de trabalho e pela atração de investimentos; e o segundo por conhecer e poder verificar in loco o trabalho desenvolvido pelo município.

“Nossa vinda aqui se deve basicamente a identificar oportunidades de novos negócios em três áreas distintas: geração de energia, utilização de bio matérias primas em função do potencial da região e também na área de turismo. Além disso, estão surgindo outras oportunidades que abrem um leque grande e nosso trabalho visa exatamente isso, identificar os potenciais e trazer investidores nacionais e estrangeiros para projetos e empreendimentos que se viabilizem na região”, ressaltou Rigotti.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo Carlos Neiva, o município está dando continuidade a um trabalho de atração de pessoal de investimento para Juazeiro que vem sendo desenvolvido pela Secretaria. A visita do empresário da Indústria Têxtil e que também faz parte da diretoria da FIEB representa um momento importante para a cidade no sentido de mostrar o quão é real o potencial econômico do município.

“Além disso, ter aqui um consultor que tem uma rede ampla na geração de negócios nacional e internacional é importante para aquecer e manter o que já vem acontecendo que é o crescimento de Juazeiro. Isso vai, acima de tudo, nos manter na posição tão bem desejada e alcançada pelo Caged que é primeiro lugar na geração de emprego com saldo de carteira assinada”, afirmou o secretário.

Termina nesta quarta-feira(31) o prazo para circular com o CRLV 2015 em Pernambuco

CRLV-pe

Quem circular com o Certificado de Registro e Licenciamento Veicular – CRLV 2015 fora do prazo estabelecido pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE estará sob pena de ter o veículo retido e removido para o depósito, além de pagamento de multa no valor de R$ 191,54 (conforme previsto no artigo 230, Inciso V do CTB), além das taxas para a liberação.

Para evitar isso, o Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, lembra que o prazo limite para circular com o CRLV 2015 já acabou para os veículos com placas terminadas em 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7 e encerrará no dia 31 de agosto para os finais 8, 9 e 0. Ribeiro alerta também que o CRLV 2016 só é emitido depois que é quitado todas as taxas que compõem o Licenciamento 2016.

Esses valores são correspondentes ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), taxas (bombeiros, licenciamento), possíveis multas vencidas e seguro obrigatório (DPVAT). Quanto à entrega, são duas formas de recebimento, sendo uma via Correios, para quem optou por pagar a taxa de postagem de R$ 15,77, essa já encerrada, e a outra por meio de agendamento de atendimento para emissão do CRLV no site www.detran.pe.gov.br, onde é possível escolher o posto de atendimento.

O DETRAN-PE informa ainda que é possível ao cidadão que optou por pagar a taxa de postagem rastrear o envio do CRLV2016, depois de sua devida emissão, por meio do site do órgão. Para isso, é necessário digitar a placa do veículo na seção “Consultar Placa”, localizada na parte superior esquerda da página principal do site e depois clicar no botão “Detalhamento de débito” e lá na opção de rastreamento do CRLV.

IMPORTANTE:

– Só o proprietário registrado ou seu procurador legal estão habilitados a receber o CRLV do veículo;

– Quem agendar a emissão do CRLV no site do DETRAN, não receberá o CRLV em casa;

– Não é possível pegar o CRLV no DETRAN, sem agendar a emissão do CRLV;

– Quem pagar a taxa de postagem, não deve agendar a emissão do CRLV no site do DETRAN-PE;

– Os proprietários dos veículos registrados em outros municípios, QUE NÃO SEJAM os de Recife, Olinda, Jaboatão, Paulista, Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Petrolina, Vitória de Santo Antão, deverão solicitar mediante agendamento o CRLV 2016 nas CIRETRAN’s Especiais e demais pontos de atendimentos. Isso pode ser feito a partir de cinco dias, contados após a quitação dos débitos que compõem o Licenciamento.

Inscriçōes abertas para envio de trabalhos científicos para o simpòsio internacional de vinhos tropicais

sdsd

De 19 a 21 de outubro, Petrolina (PE) receberá representantes das principais regiões vitivinícolas tropicais do mundo que irão discutir fatores ligados à viticultura e à enologia de clima tropical. Até o dia 31 do mês de agosto, os interessados poderão submeter trabalhos que serão publicados nos Anais e realizar a inscrição para participação no evento com preços promocionais.

Segundo Giuliano Elias Pereira, pesquisador da Embrapa e presidente do evento, após ser realizado na Tailândia e na Austrália, o Simpósio retorna para o Vale do Rio São Francisco – principal região vitivinícola tropical do Brasil e berço do encontro. “Com certeza o Brasil está na vanguarda das pesquisas sobre vinhos tropicais e o Simpósio é o principal fórum para troca de informações e experiências entre as regiões produtoras”, comenta. A vitivinicultura tropical está estabelecida em diversos países do mundo, como América do Sul – Brasil, Equador, Peru e Venezuela; na Ásia – Tailândia, Índia, Indonésia, Myanmar, Vietnam e Bali; na África – Etiópia, Gabão, Quênia, Namíbia e Tanzânia e na Oceania – Polinésia Francesa.

Inscrição de trabalhos

Serão aceitos trabalhos elaborados em inglês, no formato de resumos, que serão publicados nos Anais do evento e apresentados no formato de pôster ou oralmente. Poderão ser inscritos resumos técnico-científicos associados a estudos, análises e pesquisas sobre: Climas tropicais e áridos de regiões vitivinícolas, Geologia e solos, Manejo da videira nos ciclos vegetativos ao longo do ano, Irrigação, Pragas e doenças, Indicação geográfica de vinhos tropicais, Zoneamento vitivinícola, Adaptação de variedades produtoras e porta-enxertos, Paisagem vitícola, Sustentabilidade e biodiversidade, Tecnologias de vinificação de vinhos tropicais, Composição química de vinhos tropicais, Características sensoriais de vinhos tropicais, Mercado e estratégias para a promoção dos vinhos tropicais no mundo e Tratamento de resíduos da agroindústria.

A avaliação dos artigos será realizada pela Comissão Científica e até o dia 22 de setembro os autores serão informados sobre o aceite ou não do trabalho, no endereço de e-mail que consta no resumo. A publicação dos trabalhos estará condicionada à inscrição no evento. A data final para envio dos resumos é dia 31 de agosto de 2016.

Inscrições

Até o dia 31 de agosto, os estudantes pagam R$ 150,00, sendo que o valor passa para R$ 200,00 após esse período. Já para profissionais, o valor é de R$ 500,00, e depois, R$ 600,00.

O evento é realizado pela Embrapa (Semiárido e Uva e Vinho), Group of International Experts of Vitivinicultural Systems for CoOperation – GiESCO, Chaire Unesco – Culture et Traditions du Vin e Universidade do Estado da Bahia (Uneb), e conta com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Informações adicionais sobre o evento em no link Aqui.

Ascom/Embrapa

No sertão do São Francisco, Lucas Ramos prestigia festa dos vaqueiros e se reúne com lideranças

Deputado participou de eventos nos municípios de Petrolina, Lagoa Grande e Afrânio

Deputado participou de eventos nos municípios de Petrolina, Lagoa Grande e Afrânio

O fim de semana foi de diversos compromissos para o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) na Região do São Francisco. Além de Petrolina e Afrânio, o parlamentar conferiu de perto a 56ª Edição da Festa dos Vaqueiros de Jutaí, em Lagoa Grande, no sábado (27).

Sucesso de público, a festa em Lagoa Grande contou com a participação de amazonas da região mostrando a força da mulher sertaneja na prática da vaquejada. Além de Lucas Ramos, estiveram presentes o candidato a prefeito Vilmar Cappellaro (PMDB), os vereadores Ítalo de Vilma, Doutor de Iolanda e Edneuza Lafaiete, e os candidados a vereadores Nena Gato, Alvanir.

Jutaí é o cenário perfeito para a programação da Festa dos Vaqueiros, que durante dois dias, na sexta-feira (26) e no sábado, recebeu atrações culturais, feira de artesanato, missa e exposição de animais, além da tradicional pega de boi.

Mais cedo, ainda no sábado, o deputado participou de um café da manhã com o vereador Elismar Gonçalves e com produtores rurais do Distrito Irrigado Muquém, em Petrolina. O parlamentar teve a oportunidade de escutar as preocupações e as demandas da comunidade.

No Muquém, o Cadastro Ambiental Rural de cada propriedade já está sendo realizado. O maior desafio atualmente é recuperar as estradas que dão acesso ao projeto irrigado garantindo a segurança de quem trafega e o escoamento da produção agrícola.

Lucas em Lagoa Grande 2

No mesmo encontro, Lucas Ramos demonstrou seu apoio para a construção de uma cooperativa ou associação visando facilitar a comercialização de produtos para diminuir a participação de atravessadores na negociação das frutas.

A hora do almoço foi a oportunidade para um encontro com o candidato a vereador César Durando (PPL) na casa de Lula de Moço. Comerciante de Santa Maria da Boa Vista, orocoense de nascença, mas petrolinense de coração, Lula de Moço ouviu os projetos e propostas do futuro de Durando consolidando uma forte parceria para a capital do Sertão.

No domingo (28), ainda na companhia de César Durando e vários outros amigos, Lucas Ramos visitou o comunidade do Capim, também em Petrolina. No local, foram relembradas as histórias de luta em favor do povo do campo. O deputado ressaltou a importância da criação de oportunidades e do combate às injustiças sociais, da busca pela valorização da cultura sertaneja, da proteção do meio ambiente e da procura pela água para consumo humano e para produção agrícola, essencial para o desenvolvimento econômico e social da região.

“Essas são bandeiras que nós defendemos, lutamos, que hoje ponho em prática na Assembleia Legislativa de Pernambuco e que estarão presentes na Câmara de Vereadores de Petrolina por meio das ações de Cesar Durando”, afirmou o parlamentar.

Lucas em Lagoa Grande

O roteiro de visitas foi encerrado no município de Afrânio, durante a tradional Festa do Tamarindo, no Distrito do Caboclo, onde teve este ano sua 12ª edição. Dessa vez, além de oferecer ao público sua reconhecida riqueza cultural e gastronômica, com a centenária produção de queijos e de doce de leite (que está em fase de certificação), o evento organizado por Cosme Cavalcanti contou com uma rodada de negócios voltada para chefs, cozinheiros e donos de restaurantes do Vale do São Francisco e produtores rurais. A iniciativa visa fortalecer o setor unindo as partes da cadeia gastronômica da região. A vereadora Marlene Perón e o ex-secretário municipal das Cidades de Petrolina, Marcelo Cavalcanti, também prestigiaram a festa.

Audiência Pública discute contratação de médicos para o HU-Univasf

DSCF4888 

Convocada pelo Poder Judiciário, a Audiência Pública teve como tema principal a viabilização do preenchimento das 67 vagas referentes ao último concurso público da EBSERH, das quais, 33 já foram liberadas para contratação. A audiência ocorreu na manhã de ontem (29) no auditório da Subseção Judiciária de Petrolina.

“Achei por bem fazer esta audiência para escutar a população e os órgãos públicos envolvidos direta ou indiretamente com o tema, para tentarmos firmar um acordo ou para obter mais subsídios para posterior julgamento da causa. ”, explicou o juiz da 17ª Vara de Justiça Federal, Arthur Napoleão Teixeira Filho, responsável por decidir o caso.

Diversas instituições públicas enviaram representantes para o evento como: a Ebserh, o HU-Univasf, MPF, OAB, CREMEPE, Sindicato dos Médicos, Defensoria Pública Estadual de PE, Câmara Municipal de Petrolina, secretárias de saúde dos municípios de Petrolina e Juazeiro, entre outras.

Na ocasião, os representantes não somente debateram sobre a necessidade da contratação dos profissionais, mas também outros aspectos da saúde pública da região que acabam por impactar o atendimento do HU-Univasf, a exemplo do baixo número de leitos oferecidos na Rede Interestadual de Atenção à Saúde do Vale do São Francisco (Rede PEBA).

Durante a audiência, o superintendente do hospital, Ronald Mendes, apresentou uma série de dados, demonstrando que, mesmo com o quadro de profissionais incompleto, o hospital vem batendo, sucessivamente, recordes em número de atendimentos e de realizações de cirurgias. Apenas nos 07 primeiros meses desse ano, foram 2.578 cirurgias. O superintendente falou ainda sobre todos os investimentos empregados para aquisição de equipamentos e insumos.

O delegado do Cremepe de Petrolina, Joaquim Bedor, fez uma avaliação positiva sobre a atual estrutura física do HU-Univasf. “Houve uma melhora expressiva em número de equipamentos adquiridos e na estrutura de uma forma geral. A direção é comprometida. Agora, é necessária a contratação de mais profissionais para que os médicos possam trabalhar de maneira mais confortável e dignidade para ofereceram um atendimento de mais qualidade. ”, afirmou.

A audiência não chegou a um acordo entre as partes, pois, segundo a consultora jurídica da Ebserh, Andrea Sabião, a instituição ainda aguarda autorização orçamentária, por parte da Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, para a contratação de todos os aprovados. Apesar disso, a consultora salientou que já foram convocadas quase a metade das vagas contidas no concurso. “A Ebserh vem envidando esforços para a contratação dos profissionais necessários, no entanto foi realizado um concurso público com prazo de validade de um ano, prazo este que ainda não se findou. Até setembro serão convocados 33 médicos.”, afirmou.

Após 26 anos, Bonner e Fátima anunciam separação

naom_5681baf968079

Anúncio foi feito pelo Twiiter do jornalista

O casal mais famoso do jornalismo brasileiro acabou de anunciar a separação. William Bonner e Fátima Bernardes apresentaram de 1998 a 2011 o Jornal Nacional e estavam casados desde 1990.

Bonner fez o anúncio pelo Twitter e seu post chocou os seguidores.

“Em respeito aos amigos e fãs que conquistamos nos últimos 26 anos, decidimos comunicar que estamos nos separando. Continuamos amigos, admiradores do trabalho um do outro e pais orgulhosos de três jovens incríveis. É tudo o que temos a declarar sobre o assunto. Agradecemos a compreensão, o carinho e o respeito de sempre.”

No fim, Bonner assinou a mensagem em seu nome e em nome de Fátima.

Relação das vagas de emprego da Agência do Trabalho de Petrolina para esta terça-feira (30)

Emprego

RELAÇÃO DAS VAGAS 30/08/2016
VAGAS FUNÇÃO ESCOLARIDADE EXPERIÊNCIA OBSERVAÇÃO
01 Assistente de laboratório industrial ENS. MEDIO COMPLETO   Formação técnica em alimentos ou química
01 Chefe de serviço de limpeza ENS. MEDIO COMPLETO 6 meses CTPS  
50 Embalador, a mão   6 meses CTPS Packing House – Manga
01 Gerente de vendas 3838984 ENS. MEDIO COMPLETO 6 meses CTPS  
01 Mecânico de manutenção de tratores ENS. MEDIO COMPLETO 6 meses CTPS  
01 Mecânico de máquinas agrícola FUNDAMENTAL COMPLETO 6 meses CTPS  
01 Motorista de ônibus urbano ENS. MEDIO COMPLETO 6 meses CTPS  
01 Motorista vigilante 3836784 ENS. MEDIO COMPLETO 6 meses CTPS Curso em extensão em transporte de valores – CNH “D”
01 Pizzaiolo 3808747   6 meses n CTPS  
02 Supervisor de vigilantes ENS. MEDIO COMPLETO 6 meses CTPS Curso em extensão em transporte de valores
30 Trabalhador da cultura da uva   3 meses CTPS  
02 Vendedor pracista ENS. MEDIO COMPLETO 6 meses CTPS Cidades: DORMENTES, AFRÂNIO
02 Vendedor pracista ENS. MEDIO COMPLETO 6 meses CTPS Cidades: SANTA MARIA DA BOA VISTA , CABROBÓ

Obs: vagas sujeitas a alterações no decorrer do dia. Horário de atendimento para o público: 07:00h às 13:00h. Telefone – 3866-6540

Eleições 2016. Agenda dos candidatos de Petrolina e região

Eleições-2016 (2)

          AGENDA DE PERPÉTUA RODRIGUES PARA ESTA SEGUNDA-FEIRA(29)

Agenda PSOL 50 (30-08)    

Eleições-2016 (2)

AGENDA ADALBERTO CAVALCANTI 14 – PARA ESTA TERÇA-FEIRA(30)

Eleições-2016 (2)

EDINALDO LIMA(PMDB) – AGENDA TERÇA-FEIRA DIA 30 DE AGOSTO

14102593_1197284743657264_4637488636131432864_n

Eleições-2016 (2)

AGENDA ODACY PREFEITO 13 – TERÇA-FEIRA  DIA 30 DE AGOSTO

Eleições-2016 (2)

AGENDA DE MIGUEL COELHO PARA ESTA TERÇA-FEIRA (30)

Eleições-2016 (2)
  AGENDA PAULO BONFIM PARA ESTA TERÇA(30) EM JUAZEIRO-BA
 
Eleições-2016 (2)
AGENDA JOSEPH BANDEIRA PARA ESTA TERÇA-FEIRA(30)
TERÇA 30
AGENDA CHARLES LEÃO PARA ESTA TERÇA(30) EM JUAZEIRO-BA
4AB56194-24B3-47C0-A1A7-498B0099CBA8

Em Petrolina, Vara da Infância e Juventude lança Projeto de Prevenção de Violência nas Escolas

Dr. Marcos Bacelar

Dr. Marcos Bacelar

A evasão escolar chamou a atenção da Vara da Infância e Juventude para um problema corriqueiro e sério em Petrolina, casos de violência na escola. A partir daí, o Ministério Público lançou um projeto para ajudar no trabalho de prevenção a violência nas escolas. O Projeto Previne foi lançado na última quinta-feira (25).

De acordo com o juiz de direito, Marco Bacelar, o Projeto de Prevenção de Violência nas Escolas tem o objetivo de formar comitês e mediar os conflitos nas 45 escolas estaduais do município. Ainda segundo ele, este ano, a Vara da Infância e Juventude de Petrolina acompanhou 221 casos de evasão escolar, bullying, violência e indisciplina nas escolas da cidade.

A ideia do previne é reduzir o número desses conflitos nas escolas estaduais do município. “Temos o objetivo de combater a vitimização de crianças e adolescentes e nada melhor do que se trabalhar no ambiente escolar, onde podemos ter um universo maior de atuação e para que isso aconteça é necessário também a participação da sociedade”.

Bacelar acrescenta que todo o levantamento estrutural escolar está sendo feito através do Programa Resgate.  “Realizaremos diagnósticos profundos nos ambientes escolares. E a partir daí, realizar dinâmicas que possam promover técnicas de soluções de conflitos por meio de mediação”.(Rádio Grande Rio-AM)

Deixou o Senado de saia justa

Dilma-discurso-impeachment-senado-senado-Foto-Lula-Marques-AgeÌ-ncia-PT-8

Carlos Chagas

Quebrou a cara quem esperava que a agenda do impeachment fosse tocar fogo no circo com o depoimento, ontem, da presidente afastada Dilma Rousseff no plenário do Senado. Muitos previam e até aguardavam com prazer que Madame fosse  fulminada pela  maioria dos senadores.   Não teria como responder às acusações de haver praticado crime de responsabilidade e assinado decretos sem submetê-los ao Congresso.

Aconteceu o contrário. A presidente demonstrou não só pleno conhecimento das armadilhas e dos  meandros da economia. Foi sincera em detalhar   como seu governo enfrentou os graves problemas da conjuntura. Defendeu-se. Não perdeu uma, inclusive quando Aécio Neves, Ronaldo Caiado e outros adversários tentaram acutilá-la.

No pronunciamento inicial, não escorregou uma só vez, apesar da emoção. Contundente em seu diagnóstico, ainda que nenhum senador desse sinais de  mudar  convicções ou decisões a respeito de afastá-la. Ou de  que os erros de sua administração possam ser esquecidos. Reconheceu-os. Também referiu-se aos “sepulcros  caiados”.

Dilma deixou o Senado de saia justa. Desmontou as armadilhas dispostas à sua frente.  Por exemplo:  nem uma voz levantou-se em defesa do lobisomem que ela não poupou, o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Despertou até risos quando lembrou do tempo em que metade do Congresso acotovelava-se para tirar fotografias ao lado do deputado.

Ficou claro nas muitas  horas em que chegou a perder a voz:   identificou,  por trás do processo  que disse sem fundamento para cassá-la,  a intenção das elites de  interromper as reformas sociais  realizadas nos últimos treze anos. Criticou o “governo provisório” pela extinção e redução de uma série de prerrogativas para a população menos favorecida.

Muito antes   de chegar a longa madrugada de inquirições à presidente, já se sabia da inocuidade da volta por cima na decisão dos senadores,  em favor do impeachment.  Ela mesmo, nas entrelinhas de seus comentários, deixava óbvio  estar prestando seu  último depoimento como presidente da República. Mas, vale repetir, deixou o Senado de saia curta.

Utilidade pública: Mortandade de peixes em lagoa da Caatinguinha se deve por fatores naturais

IMG_20160824_071017390_HDR

Fatores como baixa concentração de oxigênio dissolvido, concentração elevada de sais e aumento da temperatura são as causas para a mortandade de peixes registrada na Lagoa do Congo, situada na localidade de Caatinguinha, a cerca de 25 quilômetros do centro de Petrolina. Técnicos da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) e do Centro de Manejo de Fauna de Caatinga (Cemafauna) da Universidade Federal do Vale do São Francisco estiveram no local na última semana, atendendo a solicitações do IBAMA e do Ministério Público Federal. Três amostras de água foram colhidas e encaminhadas para o laboratório da Universidade. Os parâmetros físico-químicos da água foram avaliados.

No entorno da Lagoa foram encontrados  peixes de várias espécies, dentre elas, Piaba do rabo amarelo, Corró,Traíra, Curimatã, Piau e Piranha branca. Durante a visita, moradores da região foram ouvidos e relataram que o problema acontece todos os anos. Cumprindo com uma das prerrogativas do órgão ambiental, os técnicos da AMMA aproveitaram para orientar a população a não consumirem peixes oriundos da Lagoa, neste período.

De acordo com trecho do parecer técnico encaminhado pelo Cemafauna, “a qualidade da água pode variar segundo o tipo e a quantidade de sais dissolvidos. Os sais podem ter origem na dissolução ou intemperização das rochas presentes na parede da barragem, além de serem transportados pelas águas e depositados no solo, onde se acumulam a medida em que a água se evapora ou é consumida”.  Com a elevada evaporação registrada nesta época, houve uma redução no nível da água, que pode ter contribuído para o aumento da concentração de sais e a consequente redução da qualidade da água.

Médicos do HDM/IMIP alertam sobre perigos do fumo durante a gravidez

hdm

A data 29 de agosto é lembrada devido ao Dia Mundial de Combate ao Fumo. Os ginecologista e obstetras do Hospital Dom Malan/IMIP, em Petrolina (PE), Fabíola Leite e Danilo Kauêr Brito, chamam a atenção para os perigos causados pelo ato de fumar. Este estilo de vida que tem causado doenças à saúde de milhares de pessoas de todo o mundo.

“A gestação é uma ocasião especial para a promoção da cessação do tabagismo. Nesta fase, a mulher tem mais contato com os profissionais de saúde, que podem orientá-la melhor sobre os prejuízos que o cigarro pode trazer à saúde. Além disso, a preocupação com a saúde do feto gera uma motivação extraordinária à mãe”, pontua Fabíola Ribeiro.

Para as mulheres grávidas, o ato de fumar é ainda mais perigoso. A médica ressalta que o cigarro é maléfico em todos os sentidos, mas numa gestação eles são potencializados. “No indivíduo tabagista, os componentes do cigarro, como a nicotina e o monóxido de carbono, podem potencializar alterações no sistema cardiovascular, agravando hipertensão, doenças arteriais causadoras de infartos e AVC, doenças pulmonares, entre outras.  As modificações do corpo da mulher durante a gestação, fazem dela um grupo também mais susceptível a certas doenças, como diabetes, doenças hipertensivas, doenças vasculares, entre outras”, explica.

“Caso a gestante seja tabagista, estes riscos tornam-se ainda maiores. O tabagismo pode afetar também a fertilidade da mulher, dificultando que ela engravide. Também pode dificultar a amamentação, diminuindo a produção de leite e o tempo de lactação. O bebê também sofre com o uso do cigarro, tanto antes, como depois do nascimento”, alerta Fabíola Leite.

Já Danilo Kauêr Brito pontua que as gestantes correm “maior risco de aborto, gravidez tubária (nas trompas), placenta prévia, ruptura prematura de membrana, parto prematuro e descolamento de placenta. Existem muitos perigos que podem agredir ao feto. Dentre eles são maior risco de baixo peso ao nascer, menor comprimento, menor perímetro cefálico, defeitos congênitos, além de alergias e infecções para a criança”, alerta o médico.

“A extinção do tabagismo é importante, não só para a gestante, como também para qualquer pessoa, independente do sexo, diminuindo os riscos cardiovasculares e alguns cânceres”, complementa Danilo Kauêr Brito.

“Caso a mulher não consiga parar de fumar, ela deve ser encorajada a, pelo menos, reduzir o número de cigarros que fuma por dia, especialmente no terceiro trimestre de gravidez, fase em que o fumo mais atua na diminuição do desenvolvimento fetal”, finaliza Fabíola Leite.