Home Sem categoria Mulheres ampliam crescimento do cooperativismo de crédito no Vale do São Francisco

Mulheres ampliam crescimento do cooperativismo de crédito no Vale do São Francisco

66
0

A efetiva participação da mulher, ocupando cargos de liderança nas mais diversas funções e espaços de decisão, vem crescendo bastante no Brasil, com destaque para o segmento do cooperativismo de crédito em municípios como Petrolina – PE, Juazeiro e Senhor do Bonfim, na Bahia.

Atuando com uma equipe onde mais de 50% dos colaboradores são do sexo feminino, e tendo à frente três mulheres nos principais cargos de gestão e cinco em postos de chefia, a cooperativa de crédito Sicredi Vale do São Francisco, é hoje, um dos modelos de negócio que mais crescem na região, regida pela equidade de gênero e valorização das competências femininas.

Consciência, inspiração, motivação e conteúdo prático. Estes são os traços principais do perfil de atuação da gerente de Desenvolvimento de Negócios, Edna Burgos. Ela está na cooperativa há 18 anos, onde ingressou em 2003, na função de caixa. Depois de crescer profissionalmente, atuando nos cargos de gerente de Relacionamento e gerente de Negócios, Edna atualmente estimula projetos produtivos, colabora com a inclusão econômica global dos associados e orienta uma equipe de 11 gerentes e assistentes à atingir as metas do planejamento estratégico anual em meio a um mercado financeiro sempre em mudança.

Outro exemplo do empoderamento feminino no Sicredi Vale do São Francisco, Islayne Coelho trabalha na cooperativa há 13 anos. Começou em março de 2008, como assistente administrativo, em fevereiro de 2012 foi promovida à supervisora Operacional e, em maio desse mesmo ano, Islayne Coelho já ocupava o cargo de gerente de Controladoria. Hoje na função de gerente de Controles Internos, ela tem sob sua responsabilidade um conjunto de procedimentos que envolve planejamento e processos operacionais eficácia/eficiência, cumprimento de normas, validação de dados contábeis, assegurar proteção dos ativos, analisar e mitigar riscos, proteger o patrimônio e garantir o Compliance com as leis e regulações aplicáveis.

De acordo com a gerente de Operações Administrativas, Edyvania Carvalho, o Sistema Sicredi valoriza os potenciais femininos, eliminando barreiras para que as mulheres tenham cada vez mais voz e vez, liderança e protagonismo. Ela iniciou na cooperativa em 2005, na função de estagiária, passou por diversos setores (caixa, administrativo, tesouraria, TI e recuperação de crédito), e hoje se orgulha de uma trajetória de desafios e conquistas.

Segundo dados da Organização das Cooperativas Brasileiras (Sistema OCB), atualmente cerca de 52% dos associados são mulheres. No Sicredi Vale do São Francisco este percentual é de um pouco mais de 25%, mas para Edyvania Carvalho, a perspectiva é de pleno crescimento tendo em vista a presença cada vez maior do público feminino em estratégias de poder e decisão.

Questionadas acerca das comemorações do Dia Internacional da Mulher (8 de março), as três representantes do Sicredi Vale do São Francisco responderam em uníssono e afirmativamente: “As mulheres devem confiar em si mesmas, buscar inspiração interior e o empoderamento, manter a autoestima e dedicação ao trabalho, objetivando a realização profissional e como ser humano”.

O ponto alto das comemorações do Dia Internacional da Mulher será a palestra online ‘Economia também é coisa de mulher: desempenho da economia brasileira e perspectivas para 2021’. Promovida pelo Sistema Sicredi em parceria com o Icatu Seguros, a palestra será ministrada pela economista e chefe da Icatu Seguros, Victória Werneck na segunda-feira (8) às 20h. As inscrições podem ser feitas através do endereço: bit.Ly/economianodiadamulher. (Ascom)