Home Sem categoria Totalmente gratuito, “Netflix da Caatinga” oferece mais de 100 filmes de curta-metragem

Totalmente gratuito, “Netflix da Caatinga” oferece mais de 100 filmes de curta-metragem

421
0

Streaming é resultado do trabalho desenvolvido pelo Cine Caatinga, festival que em 2022 celebra a terceira edição.

Serão selecionadas 16 produções para receberem o Troféu Cabrito Dourado. Foto: Divulgação

Mais de 100 filmes curtos produzidos no semiárido brasileiro, em municípios localizados no bioma Caatinga, estão disponíveis, de forma gratuita, no streaming CineCaatinga.com.br As produções foram selecionadas durante a terceira edição do festival “CINE CAATINGA – Experiências Audiovisuais no Sertão”, que contou com mais de 200 inscrições de curtas-metragem de gêneros variados, como ficção, documentário, experimental e videoclipes.

Dentre todos os filmes, serão selecionadas 16 produções para receberem o Troféu Cabrito Dourado, que será anunciado em evento presencial gratuito no espaço CÉU das Águas, bairro Rio Corrente, em Petrolina-PE, no dia 12 de junho a partir das 19h. A cerimônia também será transmitida pelas redes sociais do festival (@CineCaatinga). O curta-metragem premiado poderá ser veiculado em emissoras de TV Pública e/ou Educativa, gratuitamente, com fins educativos e culturais, se for do interesse do(a) produtor(a) da obra.

Além das exibições online e gratuitas, por tempo indeterminado, pelo streaming, os filmes também são exibidos em escolas públicas, com cerca de 300 espectadores por dia em sessões rotativas, nas quais também são realizados bate-papos com a equipe. “Aproximar os jovens do cinema é primordial para promover a valorização das obras, difundir o Audiovisual e reforçar questões identitárias, além de chamar a atenção para a preservação do bioma Caatinga”, pontua Amanda Martins, coordenadora técnica do festival.

Terceira edição

O projeto que celebra a terceira edição tem como objetivo fomentar e difundir a produção audiovisual. Foto Camila Rodrigues

O projeto que celebra a terceira edição tem como objetivo fomentar e difundir a produção audiovisual de realizadores (as) na região O projeto que celebra a terceira edição tem como objetivo fomentar e difundir a produção audiovisual de realizadores (as) na região que possui um bioma único no mundo, também presencialmente em sessões em Petrolina – PE. “Nós superamos todas as expectativas e esse ano chegamos à marca de mais de 100 filmes disponíveis gratuitamente no CineCaatinga.com.br”, afirma Wllyssys Wolfgang, coordenador-curador.

O projeto inclui ainda várias experiências audiovisuais em formações que disponibilizaram 90 vagas para oficinas como Produção Audiovisual (completa), Trilha Sonora e Produção Executiva para Cinema. “Capacitar e despertar o interesse para a área é importante para o crescimento e desenvolvimento do setor. Talvez por isso o recorde de inscrições de filmes esse ano”, explica Wyvys Reis, coordenador de produção.

O Cine Caatinga é realizado pela Caroá Produções em parceria com a WW Filmes, empresas produtoras do Vale do São Francisco e têm na equipe o cineasta Wllyssys Wolfgang (coordenador curador), Wyvys Reis (coord. De produção), Amanda Martins (coord. Técnica), Camila Rodrigues (produtora executiva), Cristiane Crispim e Robério Brasileiro (oficineiros), Wanderson Oliveira como assistente de produção/exibição, entre outros.

Ao todo são mais de 25 profissionais envolvidos diretamente, gerando renda local, garantindo emprego e movimentando a economia com apoio do Edital do Funcultura Audiovisual/FUNDARPE via Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco.

Serão selecionadas 16 produções para receberem o Troféu Cabrito Dourado. Foto: Divulgação

Mais de 100 filmes curtos produzidos no semiárido brasileiro, em municípios localizados no bioma Caatinga, estão disponíveis, de forma gratuita, no streaming CineCaatinga.com.br As produções foram selecionadas durante a terceira edição do festival “CINE CAATINGA – Experiências Audiovisuais no Sertão”, que contou com mais de 200 inscrições de curtas-metragem de gêneros variados, como ficção, documentário, experimental e videoclipes.

Dentre todos os filmes, serão selecionadas 16 produções para receberem o Troféu Cabrito Dourado, que será anunciado em evento presencial gratuito no espaço CÉU das Águas, bairro Rio Corrente, em Petrolina-PE, no dia 12 de junho a partir das 19h. A cerimônia também será transmitida pelas redes sociais do festival (@CineCaatinga). O curta-metragem premiado poderá ser veiculado em emissoras de TV Pública e/ou Educativa, gratuitamente, com fins educativos e culturais, se for do interesse do(a) produtor(a) da obra.

Além das exibições online e gratuitas, por tempo indeterminado, pelo streaming, os filmes também são exibidos em escolas públicas, com cerca de 300 espectadores por dia em sessões rotativas, nas quais também são realizados bate-papos com a equipe. “Aproximar os jovens do cinema é primordial para promover a valorização das obras, difundir o Audiovisual e reforçar questões identitárias, além de chamar a atenção para a preservação do bioma Caatinga”, pontua Amanda Martins, coordenadora técnica do festival. (Ascom)

Previous articleParques Nacionais para curtir a Semana do Meio Ambiente
Next articlePetrobras destina R$ 4 milhões em doação para atingidos por chuvas