Home Sem categoria “Um Mundo, Muitas Vozes”: Hoje, ´Dia Mundial e Nacional da Voz`. Veja...

“Um Mundo, Muitas Vozes”: Hoje, ´Dia Mundial e Nacional da Voz`. Veja como proteger a voz

1363
0

 

Dia Mundial da Voz - 16 de Abril - JAM Music Escola de Música

As comemorações que deram origem ao Dia Mundial da Voz começaram no Brasil em 1999 como resultado de uma iniciativa de médicos, fonoaudiólogos e professores de canto que pertenciam à antiga Sociedade Brasileira de Laringologia e Voz (SBLV).

O exemplo brasileiro foi seguido por outros países, como Argentina e Portugal, e a data passou a ser reconhecida e celebrada em vários países. Nos Estados Unidos, a Academia Americana de Otorrinolaringologia – Cirurgia de Cabeça e Pescoço reconheceu oficialmente esta data em 2002, recebendo o nome de ‘Dia Mundial da Voz’.

Para este  ano de 2023, o Comitê de Voz da Academia Americana de Otorrinolaringologia – Cirurgia de Cabeça e Pescoço, escolheu como tema “um mundo, muitas vozes”.

Por meio da Lei nº 11.704/2008 foi instituído o Dia Nacional da Voz, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da voz para a promoção da saúde, bem como informar sobre os sinais e sintomas que favoreçam o diagnóstico precoce de doenças, como o câncer de laringe, que podem comprometer a qualidade de vida e a própria sobrevida dos indivíduos.

Too Many Voices | Janice Bastani Coaching

A voz é um comportamento que revela diversas características individuais: ao ouvir uma voz identificamos e reconhecemos uma pessoa, suas emoções, temos impressões sobre a sua personalidade, intenção e imaginamos até mesmo como é essa pessoa fisicamente. A voz é considerada “o tato à distância”, por isso descrevemos as vozes como aveludadas, ásperas, crepitantes, macias, brilhantes, coloridas, metálicas, dentre outras qualidades.

Ao longo da vida, a voz se modifica naturalmente, pois acontecem mudanças na frequência fundamental, que é o número de vibrações por segundo que as pregas vocais vibram. Essas mudanças ocorrem em virtude das transformações de crescimento e envelhecimento das estruturas responsáveis pela produção vocal.

Os seres humanos vocalizam desde o nascimento (choro). Esse mecanismo de produção da voz ocorre pelo ar expiratório, que ao passar pela laringe aproxima e faz vibrar as pregas vocais. Esse som laríngeo é “transformado” e amplificado pelas chamadas “cavidades de ressonância” (principalmente a boca e a faringe), que funcionam como uma espécie de filtro, que modificam e qualificam a voz.

Dia Mundial da Voz: veja como cuidar das cordas vocais - Saúde - Estado de Minas

Como proteger a voz:

  1. – evitar tossir ou pigarrear em excesso, pois este hábito promove atrito entre as pregas vocais;
  2. – evitar gritar ou falar por tempo prolongado;
  3. – beber água em temperatura ambiente ao longo do dia, em pequenos goles, principalmente ao permanecer por muito tempo em ambientes com ar condicionado;
  4. – evitar bebidas alcoólicas – elas atuam como anestésicos, reduzindo a sensibilidade, favorecendo forçar mais a voz sem perceber;
  5. – evitar uso de pastilhas, sprays e drops, pois também atuam como anestésicos para a voz;
  6. – procurar ingerir maçã com frequência, pois essa fruta tem propriedades adstringentes que agem limpando a boca e faringe;
  7. – evitar falar em ambientes ruidosos ou com música em volume alto para não “competir” com o barulho;
  8. – se for alérgico, procurar não se expor a mudanças bruscas de temperatura respirando pela boca, mas sim pelo nariz, que filtra e umidifica o ar;
  9. – não fumar, pois a fumaça é altamente irritante para a mucosa do aparelho fonador, especialmente para as pregas vocais;
  10. – não consumir café ou chá preto em excesso, pois estes alimentos possuem muita cafeína, ressecando o trato vocal;
  11. – evitar alimentos achocolatados ou derivados do leite, principalmente antes do uso profissional da voz (cantar, atuar, dar aulas, palestras), pois aumentam a secreção espessa no trato vocal;
  12. – fazer repouso vocal durante os intervalos no trabalho e após uso intensivo da voz;
  13. – não usar roupa muito apertada na região da cintura, pois dificulta a respiração diafragmática;
  14. – procurar manter o padrão de respiração nasal, este é o mais adequado para não trazer impactos na qualidade vocal;
  15. – dor na garganta que não melhora, rouquidão ou falhas na voz por mais de 15 dias, tosse, dor ou dificuldade para engolir, são sintomas que precisam ser avaliados por um médico.

No Brasil, estão previstos 15 eventos virtuais em alusão às celebrações deste Dia Nacional da Voz.

Fontes:

  • Academia Brasileira de Laringologia e Voz
  • American Academy of Otolaryngology – Head and Neck Surgery
  • Ministério da Marinha. Saúde Naval
  • Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
  • Unimed Florianópolis