Home Sem categoria Evento em alusão ao ´Dia Internacional das Mulheres` prestigia o protagonismo feminino...

Evento em alusão ao ´Dia Internacional das Mulheres` prestigia o protagonismo feminino no HU-Univasf

822
0
Dos mais de 43 mil empregados públicos que a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) possui em seu contingente, aproximadamente 70% são mulheres. São mães, filhas, esposas, irmãs, enfim, mulheres que saem de suas casas todos os dias para cuidar de pacientes nas 41 unidades hospitalares que a Empresa administra, bem como exercer funções administrativas e de liderança, incluindo o Hospital Universitário da Univasf (HU-Univasf/Ebserh).
Para prestigiar essa grande parcela da sua força de trabalho, o HU-Univasf/Ebserh preparou, no dia 8 de março, um evento para intensificar a reflexão sobre o significado da data, bem como sobre noções relacionadas à liberdade, igualdade e empoderamento das mulheres em diferentes dimensões sociais, com organização pela Unidade de Desenvolvimento de Pessoal/Divisão de Gestão de Pessoas. O Comitê de Humanização do HU articulou também atividades de corte e penteado voltadas para as colaboradoras de diferentes vínculos e estudantes, em parceria com equipe profissional do Senac Petrolina.
Palestrante do evento, a mentora de saberes femininos Lucia Gonçalves ressaltou o legado do movimento feminista: “Queremos respeito, valorização e condições igualitárias. O feminismo não deseja a anulação do masculino, mas sim o equilíbrio, a cooperação e o reconhecimento de direitos. Homens e mulheres devem viver em harmonia e não em contextos violentos de batalha e disputa”.
Com expressiva participação masculina na plateia, os conhecimentos compartilhados foram relevantes para a multiplicação da reflexão em outras ambiências. “Temos que levar sempre em consideração a sobrecarga que muitas vezes é imposta às mulheres, seja na forma de se vestir, de manter uma boa aparência, de exercer diferentes papeis sociais ao mesmo tempo. Todas essas expectativas associadas ao estereótipo da mulher “perfeita e delicada” envolve uma estrutura que não está à disposição de todas elas”, destacou Gabriela França, colaboradora do HU-Univasf.
Confira o vídeo com um resumo da programação: https://www.youtube.com/watch?v=w_Nkb4I34z0