**/

Sem categoria

Início Sem categoria Página 164

Contágio do coronavírus é mais veloz no Brasil do que em outros países, diz Guedes

0

Ministro da Economia se baseia em cálculos realizados pelo Banco Central

O ministro da Economia, Paulo Guedes, revelou que recebeu a informação do Banco Central que o contágio do coronavírus no Brasil seria mais veloz do que em outros países, superando até a China. Por isso, foi criado um grupo para monitorar o avanço da doença no país.

“A inclinação de contágio nos modelos do BC é mais rápida do que nos outros países. Estados Unidos e Brasil estariam com a taxa de contágio mais rápida do que ocorreu na própria China e na Itália. Foi alarmante”, explicou Guedes.

Na economia, o ministro afirma que o impacto é temporário. “O baque do coronavírus é temporário: o contágio sobe rapidamente, fica três meses e depois desaba. A China já está se recuperando. Eu preciso estar preocupado com o reforço das nossas defesas durante e depois da crise. Podemos transformar a crise em reformas. As reformas trarão as bases para gerar crescimento, emprego e renda após o surto, lá na frente”.

Casos confirmados do novo coronavírus no Brasil sobem para 234

0

Resultado de imagem para coronavirus

São Paulo é responsável por mais da metade dos casos (152)

Os casos confirmados do novo coronavírus alcançaram 234 hoje (16), segundo a atualização divulgada pelo Ministério da Saúde. É mais do que o dobro de três dias atrás. Na sexta-feira (13), o total passou de 100 pela primeira vez e agora já ultrapassa os 200. Ontem, o balanço registrou 200 pessoas infectadas.

São Paulo é responsável por mais da metade dos casos (152). Em seguida vêm Rio de Janeiro (31), Distrito Federal (13), Santa Catarina e Paraná (6) e Minas Gerais (5).

Já os casos suspeitos ultrapassaram os 2 mil, chegando a 2.064. São Paulo lidera com 1.177, seguido por Rio Grande do Sul (119), Santa Catarina (109), Distrito Federal (107) e Rio de Janeiro (96).

Os descartados ficaram em 1.624. Ainda não foram notificadas mortes em razão da doença. Já não há nenhuma unidade da federação sem casos confirmados ou suspeitos, o que existia até semana passada (Roraima e Amapá). (Agência Brasil)

Caso Beatriz. Lucinha Mota e Sandro Romilton encaminham nota de repúdio a Policia Civil de Pernambuco

0

Resultado de imagem para caso beatriz em petrolina

Delegada Polyanna Nery não acompanha mais o caso da menina Beatriz

Depois de tomar conhecimento de que Polyanna Nery, Delegada da Policia Civil de Pernambuco foi afastada do caso da menina Beatriz, brutalmente assassinada em Petrolina em dezembro de 2015, os pais da garota emitiram nova de repúdio contra a decisão da Secretaria de Segurança Publica de Pernambuco. Acompanhe a noticia.

NOTA DE REPÚDIO

Vimos através dessa nota apresentar nosso sentimento de indignação e grande insatisfação com a atuação da Polícia Civil de Pernambuco e com os rumos da Investigação do Caso da nossa filha Beatriz.

Quando observamos a falta de recursos e de pessoal capacitado para desenvolver algumas perícias, bem como a falta de idoneidade de alguns agentes que comprometeram as investigações, pedimos ajuda diretamente (pessoalmente) ao Governador Paulo Câmara para dar suporte à delegada Poliana Nery, que vinha realizando até então um bom trabalho, como também celeridade na denúncia contra o perito Diego Leonel, que recebeu dinheiro do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora
através de (trabalho particular).

O Governador se comprometeu conosco, mas não cumpriu com nossos combinados em reunião.

É preocupante a saída da delegada Poliana Nery, pois a mesma tem uma linha de investigação muito forte e que acreditamos que leva a conclusão do caso. OU SERÁ PORQUE ELA INDICIOU MAIS DOIS FUNCIONÁRIOS DO COLÉGIO AUXILIADORA?

Não pedimos ao Governador a entrada de novos delegados. Não temos confiança na entrada de novos delegados. Não vemos isso com bons olhos.

Diante de tudo isso que vem acontecendo só fortalece ainda mais a necessidade da FEDERALIZAÇÃO das investigações.

Estamos aguardando a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara Federal realizar a audiência pública e dar continuidade ao processo.

Resultado de imagem para caso beatriz em petrolina
Lucinha Mota e Sandro Romilton

Nome do Pastor Teobaldo cresce como terceira via em Juazeiro

0
Resultado de imagem para Pastor Teobaldo
Pastor Teobaldo

Os Evangélicos poderão decidir as eleições em Juazeiro-BA em 2020. Crescem as especulações de que se os evangélicos se unirem, eles elegerão o Prefeito.

Hoje o nome do Pastor Teobaldo cresce entre estes e se fortalece. Uma minoria segue descolada dele, momentaneamente, porém há simpatia entre estes por seu nome. Até a eleição pode surgir uma convergência em torno dele.

Mas ele não cresce somente entre Evangélicos. Avança em outros segmentos da Sociedade. Bastante atuante na área social o Professor, Psicanalista e Pastor Teobaldo Pedro avança, a cada dia, na Periferia e Interior de Juazeiro, onde tem ido bastante.

Os buxixos nos meios políticos especulam que a presença do Pastor será o fator definidor em 2020. Dizem que o Pastor irá à disputa na eleição e que poderá surpreender e vencer, por sua atuação social, história de vida, visão propositiva e boa oratória.

APA conquista 67 medalhas na etapa regional Norte/Nordeste do Circuito Paralímpico em Recife

0


Com o resultado, a APA foi a equipe campeã geral da competição e levou também os títulos de melhor clube andante e melhor clube visual. Além disso, Samira Brito foi a melhor atleta do feminino na disputa.

A equipe da Associação Petrolinense de Atletismo (APA) conquistou 67 medalhas durante o final de semana, na etapa regional Norte/Nordeste do Circuito Paralímpico em Recife. 28 atletas do grupo contabilizaram 33 medalhas de ouro, 22 de prata e 12 de bronze. Com o resultado, a APA foi a equipe campeã geral da competição e levou também os títulos de melhor clube andante e melhor clube visual. Além disso, Samira Brito foi a melhor atleta do feminino na disputa. Para o treinador Marciano Barros, o desempenho superou as expectativas.

“A turma foi muito bem, a avaliação que nós fazemos do evento foi muito positiva, apesar de todos os eventos paralímpicos estarem sendo cancelados em todo o mundo. Essa foi praticamente a última competição, a única que não foi cancelada e os nossos atletas conseguiram se superar, fazer marcas expressivas. Esperávamos bons resultados, mas surpreendeu com resultados ainda melhores. Conseguimos os títulos geral, nós ganhamos os atletas que são andantes, o primeiro lugar, ficamos entre os seis treinadores também que são premiados, ganhamos a categoria deficiente visual e tivemos uma atleta que foi considerada a melhor no feminino que foi a Samira Brito. Ela também levou o troféu de atleta destaque. Então trouxemos quatro troféus da competição e pra gente foi satisfatório demais porque aumentamos o número de medalhas em relação a 2019. Então essa prova 2020 pra gente foi bem produtiva”, comemorou o treinador da APA.

Confira a lista completa de medalhas conquistadas

Alan Bizerra – 1 Ouro e 2 pratas
Alfredo Samuel – 1 bronze
André dos Santos-1 Prata e 2 bronzes
Aniceto Antonio- 1 prata e 2 bronzes
Antônio Caires- 2 Ouros 1 prata
Antônio Carlos- 3 Ouros
Elton Tadeu – 1 ouro
Evelyn  Carolinne – 3 ouros
Erisvan Raimundo- 2 Ouros e 1 prata
Felipe Cavalcante- 1 prata e 1 bronze
Felipe Leocardio- 2 Ouros
Francisco Daniel- 3 Ouros
Gabriel Ferreira – 1 Prata
Gonçalo Rodrigues- 1 ouro 2 Pratas
Italo Rocha – 1 prata
Janisson de Oliveira – 2 ouros
João Batista- 3 bronzes
José Alves ( T42) – 2 Ouro e 1 de prata
José Cleber- 1 prata
José Duarte- 2 Bronzes
Josoaldo Coelho ( Guia Laecio Lima) – 3 pratas
Livia Nazareth – 2 Ouros
Lucas Freire ( Petra) – 1 ouro e 1 de Prata
Luís Henrique- 3 pratas
Mirelly Layane -1 prata e 1 bronze
Nanilza Santos – 3 ouros
Nilma Delmondes – 2 ouros 1 prata
Samira Brito – 3 ouros

Sobre a APA

A Associação Petrolinense de Atletismo (APA) foi fundada em 2003 com o objetivo de montar e organizar um grupo de atletas na cidade de Petrolina. A instituição cresceu e se tornou referência no atletismo e paratletismo na região, com inúmeros conquistas em competições.

A APA já atendeu mais de mil pessoas, entre atletas e paratletas amadores e de alto rendimento. Recentemente a instituição filiou-se a Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) que apoia clubes reconhecidos de todo país.

A APA lançou no mês de março uma campanha para que contribuintes destinem parte do Imposto de Renda para a instituição. Quem tem imposto a pagar, pode optar por destinar parte do valor para o próprio município, indicando a instituição que receberá a doação. A porcentagem destinada é de 3% do valor total para Pessoa Física e 1% para Pessoa Jurídica. Os interessados podem obter outras informações no apapetrolina.com.br e @apapetrolina no Instagram.

Coronavírus: Prefeitura de Petrolina e HU montam UTI exclusiva para Covid-19

0

O prefeito Miguel Coelho visitou, nesta segunda-feira (16), o espaço onde foi montada uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para atendimento de casos relacionados ao coronavírus. O centro funcionará no Hospital Universitário, a partir desta semana, e será referência na região do São Francisco.

A decisão do prefeito de implantar uma UTI especializada tem a intenção de evitar longas viagens e maior exposição de pacientes que tenham a confirmação da Covid-19. Sem a criação da unidade médica, as pessoas em situação mais grave teriam de se deslocar até o Recife, sob risco, inclusive, de não encontrar vagas nas urgências.

O Centro foi criado através de um convênio da Prefeitura de Petrolina com o Hospital Universitário. A gestão municipal contratará 35 profissionais de saúde, a exemplo de médicos e enfermeiros. Esse efetivo estará exclusivamente dedicado ao tratamento da Covid-19. Já o HU ficará responsável pelos equipamentos e estrutura física.

Segundo Miguel, a medida estratégica foi necessária, mesmo sem nenhum caso confirmado em Petrolina. O prefeito defende que a montagem da UTI exclusiva é mais uma ação preventiva para preparar a cidade e reduzir impactos maiores na rede pública.

“Hoje, a orientação que recebemos do Estado é de enviar os pacientes para o Recife. São mais de 700 km de deslocamento com a possibilidade real de não encontrar vaga na UTI na capital, pois lá também já existem casos e isso deve aumentar. Então, decidimos arcar com os investimentos, mesmo sem ser nossa obrigação, por termos uma situação que requer esforços de todos os entes da federação, municípios e a sociedade civil. Estamos fazendo tudo o que podemos com visão preventiva para reduzir os danos e proteger vidas”, explica Miguel.

Petrolina, até esta segunda (16), não tem nenhum caso confirmado da Covid-19. Ainda assim, o prefeito Miguel Coelho assinou um decreto municipal com uma série de medidas preventivas como suspensão de eventos com mais de 100 pessoas, restrição de atendimento em repartições municipais e a criação de um comitê de operações para monitoramento do coronavírus na cidade sertaneja.(Ascom)

Entenda a diferença entre Covid-19, resfriado e gripe

0

Infecção tem sintomas semelhantes aos da gripe e do resfriado

 Alunos aprendem a prevenção ao novo coronavírus (Covid-19) na Escola Municipal Pedro Ernesto,

O novo coronavírus (Covid-19) tem sintomas semelhantes a outras síndromes como resfriado e gripe. Por causa dessa condição, muitas vezes pacientes podem se confundir em relação à sua condição, o que pode gerar problemas, minimizando um cuidado necessário à prevenção contra a pandemia que assola o mundo e o Brasil.

Para esclarecer as diferenças, o Ministério da Saúde elaborou materiais de divulgação explicando cada uma das síndromes e como os sintomas se manifestam. No caso da febre, por exemplo, a ocorrência dela é comum em casos de Covid-19 e de gripe, mas rara em resfriados.

Os espirros são comuns em resfriados, mas raros tanto em gripes quanto em Covid-19. O nariz entupido aparece frequentemente em resfriados, às vezes em gripes e, raramente, em casos do novo coronavírus. A dor de cabeça é rara em resfriados, comum em gripes e pode surgir em infecções pelo novo coronavírus.

Quando uma pessoa estiver com sintomas correspondentes à Covid-19, é importante seguir as orientações do Ministério da Saúde e procurar um posto de saúde para obter orientação médica quanto às medidas.

corona_sindromesrespiratorias
Ministério da Saúde mostra diferenças entre novo coronavírus, gripe e resfriado – Ministério da Saúde. (Agência Brasil)

Terminam na sexta-feira(20) inscrições para olimpíada de matemática

0

Sala de aula

Terminam nesta sexta-feira (20) as inscrições para a décima sexta edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Escolas públicas e privadas podem inscrever seus alunos exclusivamente pela internet até as 23h59 de sexta-feira. As escolas particulares foram incluídas no certame a partir de 2017.

A edição do ano passado foi recorde, registrando 18,2 milhões de estudantes de 54,8 mil escolas de 99,71% dos municípios brasileiros. A Obmep foi criada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) em 2005 e é realizada com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC).

O diretor-geral do Impa, Marcelo Viana, lembrou que no ano passado a olimpíada alcançou a quase totalidade dos municípios brasileiros, à exceção de apenas 16. “Praticamente, a gente está alcançando toda a população estudantil brasileira. São mais de 18 milhões de crianças nessa faixa etária do sexto ano [do ensino fundamental] até o terceiro ano do ensino médio. E a gente sempre espera ir mais além”.

Foram distribuídas no ano passado 598 medalhas de ouro, 1.746 de prata e 5.183 de bronze, além de 48.133 menções honrosas.

Oportunidades

Marcelo Viana disse que a expectativa para 2020 é superar o recorde batido em 2019. “A expectativa é que a olimpíada leve a todos os cantos do Brasil não só o gosto pela matemática, mas também oportunidades de vida para jovens que, muitas vezes, têm poucas oportunidades na sociedade, sobretudo nas áreas mais carentes e remotas do país. E a olimpíada, como tem essa capilaridade, pode levar oportunidades para que crianças e jovens talentosos se destaquem”.

O Impa acabou de publicar um livro com histórias inspiradoras de 18 vencedores de edições anteriores da Obmep, cujas trajetórias de vida foram influenciadas e modificadas pelo evento. Marcelo Viana disse que o livro revela a capacidade que a Obmep tem de “modificar a vida dessa garotada, abrindo novas perspectivas para o mercado de trabalho para esses jovens que podem fazer a diferença no país”.

Um exemplo é a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP), medalhista de prata na olimpíada em 2005, e de ouro no ano seguinte. Criada na Vila Missionária, periferia de São Paulo, Tabata foi aprovada, em 2012, em seis universidades norte-americanas, ganhando bolsas de estudo em todas. Passou também no vestibular da Universidade de São Paulo (USP). Formou-se em Ciências Políticas e Astrofísica, em Harvard, nos Estados Unidos.

“A olimpíada descobriu um talento fora do comum, em uma circunstância em que esse talento poderia ter passado despercebido, ainda mais mulher de uma comunidade carente. Muitas vezes, o Brasil acaba desperdiçando esse talento. A Obmep tem realmente a capacidade de identificar e destacar esses talentos”, disse Marcelo Viana.

Marcelo Viana lembrou ainda que o livro com as trajetórias de medalhistas da Obmep está disponível no site da olimpíada.

Matemática sem medo

O diretor-geral do Impa disse que a olimpíada permite também que os estudantes brasileiros comecem a enxergar a matemática sem medo. Segundo Marcelo Viana, o medo da matemática começa com o fato de que o ensino em sala de aula, de modo geral, “é muito chato, monótono, baseado em memorização. Isso se transforma em medo porque, para algumas crianças, é um mistério que as pessoas as obriguem a estudar coisas que para elas não fazem o menor sentido. E todos nós gostamos de entender o que estamos fazendo”. Para Marcelo Viana, a origem do medo parte do pressuposto de que o ensino da matemática costuma ser desmotivador.

A olimpíada, ao contrário, segundo ele, apresenta a matemática às crianças e jovens com um lado lúdico, “muito instigador, que desperta até a autoestima da criança. Leva-a a enfrentar desafios”. A experiência como pai levou-o também a constatar de perto como a Obmep contribui para estimular as crianças a querer resolver os problemas.

Provas

As provas da 16ª Obmep serão realizadas nos dias 26 de maio e 26 de setembro e distribuídas de acordo com o grau de escolaridade do aluno: Nível 1 (6º e 7º anos), Nível 2 (8º e 9º anos) e Nível 3 (ensino médio). A primeira etapa engloba todos os candidatos que fazem provas de múltipla escolha. São selecionados os 5% melhores de cada escola que realizam a segunda prova, que é discursiva e contém seis questões com 18 itens no total. O resultado com os nomes dos vencedores será divulgado em 8 de dezembro.

Os medalhistas serão chamados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC Jr.) estruturado pelo Impa, como incentivo e promoção do desenvolvimento acadêmico. Os estudantes premiados da rede pública recebem uma bolsa de Iniciação Científica Jr do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no valor de R$ 100 mensais.

“A contrapartida é que eles fazem um curso ou programa de treinamento sobre matemática e, ao longo do ano, esses alunos são acompanhados por professor universitário. Eu acho que para a maioria deles, esse PIC Jr é mais saboroso do que a própria medalha”. Marcelo Viana foi um desses estudantes que participaram do PIC Jr, revelou.

Já os medalhistas da rede particular poderão participar do PIC Jr somente como ouvintes. Se os medalhistas do ensino médio forem começar algum curso de graduação no primeiro semestre de 2021, poderão participar do processo de seleção para o Programa de Iniciação Científica e Mestrado (PICME), que oferece uma bolsa de iniciação científica do CNPq no valor de R$ 400.(Agência Brasil)

Saúde atualiza para 200 os casos de infectados por coronavírus no país

0

Levantamento aponta para 1.917 pessoas monitoradas nos estados e DF

Jacqueline Goes de Jesus, uma das cientistas do Brasil que concluiu o sequenciamento do DNA do coronavírus.

O Ministério da Saúde atualizou o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no país. Conforme a segunda atualização dos dados realizada neste domingo (15), até o momento, há 200 casos em todo o país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, 1.917 pessoas em 26 estados e no Distrito Federal são monitoradas por suspeitas de estarem infectadas. Nenhuma morte foi registrada no Brasil desde o início da transmissão da doença.

Agência Brasil reuniu as principais dúvidas e perguntas sobre a Covid-19. Veja o que se sabe sobre a pandemia e sobre o vírus até agora:

O que é o novo coronavírus?
Coronavírus é uma família de vírus que pode causar danos em animais e em humanos. Em pessoas, pode resultar em infecções respiratórias que vão desde um resfriado até síndromes respiratórias agudas severas. O novo coronavírus (SARS-Cov-2) causa a doença denominada Covid-19, que teve início na China, em dezembro de 2019.

Quais são os sintomas?
Os sintomas do Covid-19 envolvem febre, cansaço e tosse seca. Parte dos pacientes pode apresentar dores, congestão nasal, coriza, tosse e diarreia. Alguns pacientes podem ser assintomáticos, ou seja, estarem infectados pelo vírus, mas não apresentarem sintomas. O Ministério da Saúde estima que os pacientes mais jovens são os mais passíveis de não apresentar qualquer sinal da doença.

Qual o período de incubação do vírus?
De acordo com a OMS, a estimativa é que o período de incubação seja de 1 a 14 dias. Ou seja, o vírus teria esse tempo para se manifestar. O mais comum é a manifestação por volta de cinco dias. Mas há pessoas que não apresentam sintomas.

Quais são os maiores problemas e os públicos mais vulneráveis?
A OMS calcula que 1 em cada 6 pacientes pode ter um agravamento do quadro, com dificuldades respiratórias sérias. No início de março, a taxa de letalidade era de 3,5%. Mas o Ministério da Saúde suspeita que pode ser menor, em razão de haver subnotificação dos casos em alguns países. Os públicos mais vulneráveis são idosos e pessoas com doenças crônicas (diabetes, pressão alta e doenças cardiovasculares).

Como ocorre a transmissão?
O contágio ocorre a partir de pessoas infectadas. A doença pode se espalhar desde que alguém esteja a menos de 2 metros de distância de uma pessoa com a doença. A transmissão pode ocorrer por gotículas de saliva, espirro, tosse ou catarro, que podem ser repassados por toque ou aperto de mão, objetos ou superfícies contaminadas pelo infectado.

O novo coronavírus pode ser transmitido pelo ar?
O novo coronavírus não é transmitido pelo ar a menos que um indivíduo chegue próximo a um paciente infectado a ponto de as formas de contaminação serem possíveis.

É possível pegar o Covid-19 de alguém sem sintomas?
De acordo com a OMS, as chances são pequenas, pois o vírus é transmitido por saliva, espirro, tosse ou catarro, elementos mais presentes quando uma pessoa está com gripe.

Animais de estimação podem transmitir o novo coronavírus?
Não. Não há evidência de que animais de estimação como gatos e cachorros tenham sido infectados ou possam espalhar o vírus que causa a Covid-19.

Quanto tempo o vírus pode durar em uma superfície?
A OMS informa que não há um tempo determinado, podendo ser de algumas horas a alguns dias. Pode haver diferença também em razão de condições como a temperatura. Por isso, caso alguém suspeite da contaminação de uma superfície ou objeto, a orientação é aplicar desinfetante.

Quais são as medidas de prevenção ao Covid-19?
O Ministério da Saúde explica que não há medicamento, substância, vitamina, alimento específico ou vacina que possa prevenir a infecção pelo novo coronavírus e indica as seguintes medidas de prevenção:

– lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, ou usar desinfetante para as mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível;
– evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– evitar contato próximo com pessoas doentes;
– ficar em casa quando estiver doente;
– usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso;
– não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal;
– limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
– manter ambientes bem ventilados e higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

O uso de álcool gel para prevenção ao coronavírus é eficaz?
Sim. De acordo com o Conselho Federal de Química, o álcool gel é “eficiente desinfetante de superfícies/objetos e antisséptico para a pele”. O grau alcóolico recomendado para o efeito é de pelo menos 70%.

Preciso usar máscara para me proteger?
A máscara não tem efeito algum para pessoas sem o vírus. Ela deve ser utilizada por quem apresenta sintomas da doença, pois previne que alguém infectado espalhe o vírus e venha a contaminar outras pessoas. O uso também é recomendado para pessoas que tenham contato com indivíduos com suspeita ou confirmação do novo coronavírus. Máscaras também devem ser usadas por profissionais de saúde que atuem em locais com pacientes com suspeitas ou sintomas. Após o uso, a orientação é descartar a máscara em local adequado e lavar as mãos.

Estou com tosse, febre e dores. Preciso fazer exames para detectar se estou com Covid-19?
Pessoas que apresentem sintomas da doença devem procurar orientação médica, em especial, os postos de saúde. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 42 mil postos de saúde espalhados pelo país são capazes de atender 90% dos casos de coronavírus. Estudos indicam que a grande maioria dos casos de Covid-19 são mais leves e poderiam ser atendidos nesse nível de atenção. A população pode buscar os serviços quando apresentar os sintomas iniciais do vírus, como febre baixa, tosse, dor de garganta e coriza. A partir do relato do paciente é que o médico decidirá sobre a necessidade de se fazer o teste para Covid-19. Atualmente, a recomendação das autoridades sanitárias é que sejam testados apenas os pacientes com sintomas respiratórios e que tenham tido contato com alguém infectado ou que tenham viajado para uma região onde há transmissão da doença. O exame só pode ser feito com solicitação médica. Ele é feito por hospitais públicos e privados e confirmado por laboratórios de referência espalhados pelo Brasil. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou que os planos de saúde deverão cobrir os testes realizados na rede privada.

Que instituições podem realizar os testes para Covid-19?
O teste é realizado após avaliação clínica do médico e a pedido dele. A pessoa deve procurar os postos de saúde mais próximos. Até a próxima semana, todos os 27 Laboratórios Centrais de Saúde Pública (LACENs) do país estarão aptos a realizar a testagem para o coronavírus, segundo o Ministério da Saúde. A capacitação dos laboratórios estaduais está sendo realizada pelo Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que atua como Centro de Referência Nacional em vírus respiratórios junto ao Ministério da Saúde e integra o esforço nacional de vigilância e monitoramento dos casos de coronavírus. Atualmente, além dos laboratórios de referência nacional para testagem do coronavírus, a Fiocruz, no Rio de Janeiro, o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, e o Instituto Evandro Chagas (IEC), no Pará, os laboratórios centrais de São Paulo, Pará, Goiás e o Rio Grande do Sul já foram capacitados e estão testando para a doença.

Existe tratamento para a doença?
Segundo a OMS, 80% das pessoas se recuperam sem precisar de tratamento especial. Não há uma medicação que elimine o vírus. Mas há tratamento para mitigar o avanço da doença e diminuir o desconforto.

Antibióticos ou vitamina D previnem ou curam o novo coronavírus?
Não. Antibióticos não atuam contra o vírus. Da mesma forma, não há evidências científicas que atestem qualquer impacto sobre o vírus de doses de vitamina D.

Voltei de uma viagem internacional e visitei um país com casos de coronavírus. O que preciso fazer?
Caso apresente sintomas, procure uma unidade de saúde e informe a situação para receber orientação médica. A recomendação do Ministério da Saúde é esperar pelo menos 14 dias para avaliar a evolução do quadro de saúde.

O álcool gel é mais eficiente do que lavar as mãos?
Segundo o Ministério da Saúde, o álcool gel tem a vantagem de não apenas higienizar as mãos, mas também objetos com o qual a pessoa teve contato. Isso é especialmente importante para objetos e superfícies compartilhadas por várias pessoas, como em locais de trabalho. Contudo, na higienização das mãos, o ato de lavá-las corretamente (por bastante tempo e de forma detalhada, entre os dedos e debaixo das unhas) é suficiente. A orientação do ministério é que esse procedimento ocorra diversas vezes ao dia. Quem desejar aplicar também o álcool gel ganha um reforço a mais na proteção, mas esta não é uma condição para a higienização das mãos. (Agência Brasil)

Universidades pernambucanas suspendem aulas até 31 de março

0
 (Glenda Sousa/Arquivo DP Foto)

união emergencial neste domingo (15), universidades pernambucanas decidiram que vão suspender as aulas nas instituições de ensino. A medida vale até o dia 31 de março e depois deve ser reavaliada. O intuito é conter o avanço do novo coronavírus em Pernambuco, que já tem sete casos confirmados.  O Consórcio Pernambuco Universitas é formado pela Universidade Católica de Pernambuco, Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Universidade de Pernambuco e pela Universidade Federal do Vale do São Francisco.

A medida também se aplica aos Institutos Federais. As instituições decidiram por suspender as aulas são: UFPE, UFRPE, IFPE, UPE, Ufape, IF Sertão e Univasf -, além da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap).

O anúncio veio no mesmo dia em que a prefeitura do Recife anunciou que as aulas das escolas públicas e particulares da Cidade estarão suspensas a partir da próxima quarta-feira (18).

A reunião das universidades aconteceu na UPE e contou com a presença do secretário estadual de Saúde, André Longo, para tratar de medidas preventivas conjuntas relacionadas ao Covid-19. A reunião contou ainda com as presenças do Instituto Federal de Pernambuco e do Instituto Federal do Sertão Pernambuco, além do Instituto para Redução de Riscos e Desastres de Pernambuco.(Diário de Pernambuco)

CBF suspende todos os campeonatos nacionais por tempo indeterminado

0

Medida é adotada diante da expansão da pandemia de Covid-19

CBF anuncia supensão de competições de âmbito nacional por tempo indeterminado

A partir de hoje(16) estão suspensas as competições nacionais de futebol em andamento em todo o país. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu interromper por tempo indeterminado a Copa do Brasil, os campeonatos femininos A1 e A2, o Brasileiro Sub-17 e também a Copa do Brasil Sub-20.

Em comunicado oficial publicado no site da CBF, o presidente Rogério Caboclo justificou a decisão por conta da pandemia do novo coronavírus. “Sabemos e assumimos a responsabilidade do futebol na luta contra a expansão da Covid-19 no Brasil”.

De acordo com a nota da CBF, cabe às Federações Estaduais de Futebol e entidades organizadoras tomar decisões específicas para cada competição regional, de acordo com sua autonomia local.

Pouco depois do comunicado oficial da CBF, a Federação Mineira de Futebol (FMF) também anunciou em seu site oficial a suspensão do campeonato estadual, por tempo indeterminado, como forma de precaução contra a propagação do novo coronavírus. A FMF já havia determinado o fechamento ao público de todos os jogos da rodada deste fim de semana. (Agência Nacional)

Bolsonaro deixa isolamento e participa de ato pró-governo em Brasília

0
 (Foto: Facebook/Reprodução)

Apesar de inicialmente ter pedido a seus apoiadores que não fossem aos atos pró-governo deste domingo (15) por causa da crise do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro estimulou os protestos, com postagens desde cedo nas redes sociais, e ainda participou das manifestações em Brasília.

Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada por volta do meio-dia e seguiu para a Esplanada dos Ministérios, onde um grupo de apoiadores realiza o ato. Questionado, o Planalto diz que Bolsonaro está cumprindo “agenda pessoal”.

O presidente não desceu do comboio presidencial e, de carro, passou a ser seguido por veículos com simpatizantes. O comboio presidencial percorreu diferentes pontos de Brasília até entrar no Palácio do Planalto, de onde, do alto da rampa e sob os gritos de ‘mito’, o presidente acenou aos manifestantes por volta das 13h.

Antes, durante o percurso com o comboio, motoristas simpatizantes, muitos com a bandeira do Brasil em seus veículos, cumprimentam o presidente e buzinam para saudá-lo. Bolsonaro manteve o vidro de seu carro fechado.

Neste domingo, há manifestações em diferentes pontos do país com gritos de guerra e faixas em defesa do governo federal e com uma série de ataques ao Congresso e ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Na semana passada, Bolsonaro chegou a pedir para que as manifestações fossem adiadas, mas apoiadores seguiram insistido em promover os protestos e iniciaram um movimento nas redes sociais: #DesculpeJairMasEuVou.(Diário de Pernambuco)

Palestras sobre as eleições 2020 acontecem nesta quinta-feira(19), em Petrolina-PE

0

O evento tem o objetivo de esclarecer dúvidas sobre as próximas eleições. As inscrições custam R$20 mais um quilo de alimento não perecível;

A Escola Superior de Advocacia (ESA-PE), a Comissão de Direito Eleitoral da OAB-PE e a OAB Petrolina realizam a Caravana de Direito Eleitoral, no próximo dia 19 de março, às 14h. O evento visa discutir e atualizar temas relevantes sobre as eleições 2020, como o cenário eleitoral, a pré-campanha, condutas vedadas, registro de candidatura, propaganda eleitoral e prestação de contas. O conselheiro do Tribunal de Contas do estado de Pernambuco (TCE-PE), Carlos Neves, e os advogados Luis Gallindo, Pablo Bismack, Pedro Pontes e Rosa Suleyman, são os palestrantes que vão participar do evento.

“As eleições são muito importantes para a democracia e cidadania do nosso país e temos que nos atualizar como profissionais e futuros eleitores. Esse curso tem o objetivo de apresentar as novidades do direito eleitoral com especialistas qualificados na área. É uma oportunidade relevante e todos devem participar”, pontua o diretor-geral da ESA-PE, Mário Guimarães.

As inscrições já estão abertas e devem ser feitas na sede da OAB Petrolina, localizada na Avenida José de Sá Maniçoba, n° 180. O investimento é de apenas R$20 mais um quilo de alimento não perecível.

Serviço

Caravana de Direito Eleitoral

Dia 19 de março de 2019

Horário: 14h

Sede da OAB em Petrolina – Avenida José de Sá Maniçoba, n° 180

Fone: (87) 3861.3494 / 3024-0128

www.esape.com.br

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 12,5 milhões

0

Números sorteados nesse sábado (14) foram 14, 18, 28, 35, 38 e 54

Mega-Sena, loterias, lotéricas

Ninguém acertou as seis dezenas do Concurso 2.243 da Mega-Sena, sorteadas nesse sábado (14) à noite. Os números sorteados foram 14, 18, 28, 35, 38 e 54. A previsão de prêmio para o próximo sorteio, na quarta-feira (18) é de R$ 12,5 milhões.

Acertaram a quina 45 apostadores e cada um receberá R$ 43.218,75. Os 3.079 ganhadores da quadra terão o prêmio individual de R$ 902,35

As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) do dia do jogo, em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias CAIXA (www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte. O valor da aposta simples da Mega-Sena é de R$ 4,50.

Já podem ser registradas as apostas para a edição deste ano da Dupla de Páscoa. O concurso especial, número 2.070, tem prêmio inicial estimado em R$ 30 milhões e será realizado em 11 de abril de 2020, véspera do domingo de Páscoa.

Saborosa, sem sementes e produtiva: conheça a uva BRS-Vitória produzida no `Vale do São Francisco´

0
Resultado de imagem para conheça a uva BRS-Vitória
A cultivar BRS vitória, desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) já despertou o interesse de produtores rurais do vale, e deve se tornar um marco na produção.

Por Globo Rural

Uma nova variedade de uva está sendo cada vez mais cultivada no Vale do Rio São Francisco, em Pernambuco, a BRS-Vitória. Ela faz sucesso por não ter sementes e ser bem doce.

Essa cultivar é resultado do cruzamento de 2 materiais genéticos que fazem parte do maior acervo de videiras de toda América Latina, localizado na sede da Embrapa Uva e Vinho, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul.

Desde a década de 1970, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária desenvolve um programa de melhoramento genético uvas do Brasil, que já lançou 21 variedades voltadas para vinho, suco e mesa.

A BRS-Vitória saiu de lá, foi testada em terras paulistas e paranaenses até ganhar o mundo a partir do Vale do Rio São Francisco. Os agrônomos da Embrapa levaram cerca de 10 anos pra desenvolver e testar essa nova variedade.

O produtor rural Jackson Lopes, um dos pioneiros na atividade, lembra de uma degustação às cegas feita há 7 anos, com 65 tipos de uva. “Me chamou a atenção, mas ela não tinha uma característica que chamava a atenção para os produtores porque tinha cachos pequenos”, recorda.

“Mas, por ter chamado a atenção em relação a preferência de sabor, a gente decidiu investir em trabalho técnico para poder aumentar a produtividade”, afirma o agricultor Jackson Lopes.

“Não só o aspecto estético deve ser levado em consideração, mas o sensorial, de gosto e sabor, deve ser levado em consideração na criação de uma variedade”, conta.

E um dos itens que mais agradou o paladar de quem apostou na uva Vitória foi ela não ter sementes.

“O aspecto importante é que o traço da semente da Vitória não é perceptível na mastigação. Ela, na verdade, foi criada para ser consumida. A reprodução dela se dá por um outro tipo, um outro processo, de enxertia, e não através de semente.”

A enxertia é a técnica que consiste na junção de uma planta boa de raízes e outra que vai dar os frutos, no caso a Vitória.

O agricultor Marcelo Alves tem parceria com a Embrapa para produzir as mudas da variedade. Desde então, ele só viu crescer a procura pela variedade, saindo de 72 mil mudas em 2015 para 950 mil em 2019.

Os próprios pesquisadores que desenvolveram a BRS-Vitória se mostram surpresos com todo esse sucesso.

“Cultivar é igual quando a gente tem filho. na hora que cresce, tem a sua trajetória, a gente não pode prever muitas vezes”, afirma a pesquisadora e agrônoma da Embrapa Patrícia Ritschel.

5 safras em 2 anos

Mais uma vantagem dessa variedade é seu rápido desenvolvimento de uma safra para outra.

Isso faz com que os produtores do Vale do Rio São Francisco consigam a façanha de colher a uva vitória em todas as semanas do ano, mas, para isso, é preciso fazer uma poda drástica, que expõe as videiras ao sol. Ela é realizada 30 dias depois da colheita.

“Para quem não conhece, parece que a gente matou a planta, mas, a partir do momento da poda até uma nova colheita, são mais ou menos 105 a 112 dias”, explica o agricultor Jackson Lopes.

Investimento dos agricultores

Os produtores da Vale do São Francisco já colocaram a BRS-Vitória em mais de 1,5 mil hectares. O agricultor Gilson Moreira é um dos que ficaram entusiasmados com o potencial de mercado da uva e, por isso, está investindo por volta de R$ 80 mil por hectare na ampliação do parreiral.

Até agora, o plantio de uva Vitória na propriedade ocupa uma área de 3,5 hectares. Até o fim do ano, serão 7 hectares.

E assim, a uva BRS-Vitória vai se consolidando como mais uma alternativa dentre as variedades disponíveis para o agricultor e, também, espalhando sua fama para quem ainda não conhece a sua história.