Home Sem categoria Afinal, o que aconteceu na Sexta-feira Santa? Entenda o que significa a...

Afinal, o que aconteceu na Sexta-feira Santa? Entenda o que significa a data

73
0

Saiba o que aconteceu nesse dia, porque é considerado um feriado religioso e entenda quais são os hábitos e tradições dessa data

Sexta-Feira Santa - Colégio Franciscano Nossa Senhora Aparecida - CONSA

 

Você sabe o que aconteceu na Sexta-feira Santa? 

Trata-se de um feriado e uma data religiosa e ela marca o encerramento do período da quaresma. A data é histórica e bastante tradicional no segmento cristão, a religião com um maior número de fiéis no Brasil.

Nesse contexto, é muito importante entender o que aconteceu nesse dia, porque é considerado um feriado religioso e entender quais são os hábitos e tradições dessa data. Destacaremos sobre essas questões logo abaixo.

O que é a Sexta-feira Santa?

Trata-se de um feriado religioso do cristianismo na qual simboliza a morte de Jesus Cristo. No ano 33, ele foi morto e crucificado pelo Império Romano. Guardas Romanos ainda colocaram uma coroa de espinhos em sua cabeça, Jesus carregou a cruz e pouco depois foi morto e crucificado.

A data acontece sempre dois dias antes da Páscoa, que trata de outro feriado religioso e ele celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Ambas as datas são feriados nacionais no Brasil e em diversos países do mundo, como na Itália.

De acordo com o cristianismo, a sexta-feira santa é um dia de reflexão sobre o sacrifício de Jesus Cristo na cruz. É bastante frequente a ocorrência de reconstituições, homenagens e outras formas de representações artísticas de como teriam os seus últimos dias de vida de Jesus Cristo. Isso inclui o julgamento, a crucificação e também a ressurreição.

Quando acontece a Sexta-feira Santa?

A sexta-feira santa não tem uma data fixa. Desse modo, não há um dia específico para ser comemorado atualmente. No entanto, na maioria das vezes, a data acontece na semana no domingo de Páscoa.

Segundo a tradição cristã para definir o dia da Sexta-feira da Paixão considera-se a primeira sexta-feira de lua cheia após o equinócio de outono no Hemisfério Sul ou depois do equinócio de primavera no Hemisfério Norte do globo. Nesse caso, a data pode ocorrer entre os dias 22 de março e 25 de abril.

Reflexão: a sexta-feira Santa já não é mais a mesma - Visão Piauí

O que dizem que aconteceu nesse dia?
No dia da sexta-feira da Paixão, aconteceu a crucificação e morte de Jesus Cristo. Ele carregou a cruz por um longo trajeto e os soldados do Império Romano colocaram uma coroa de espinhos em Cristo. Ao finalizar o trajeto, ele foi morto e dois dias depois ressuscitado.

Vale destacar que a data ainda simboliza a ressuscitação de Jesus Cristo também é feriado nacional e atualmente conhecido como Domingo de Páscoa. Essa data marca o encerramento da quaresma.

Por que ele é um feriado religioso?

Não é muito difícil explicar sobre essa questão. A sexta-feira santa é uma data típica do cristianismo e que simboliza a morte de Jesus Cristo, logo é um feriado religioso. Trata-se de uma oportunidade de as pessoas refletirem sobre o acontecimento.

O cristianismo defende a ideia de que o feriado também é uma oportunidade para cada um refletir sobre o que aconteceu e meditarem em respeito ao Senhor, que, ao morrer, foi vitorioso e trouxe a salvação de todos.

Quais os hábitos e tradições desse dia?

Existem diversos hábitos e tradições na Sexta-feira Santa. De acordo com o cristianismo, trata-se de uma data de reflexão sobre o sacrifício de Jesus na cruz. O dia é bastante marcado por diversos rituais e penitências, como o jejum de carne ou abstinência de prazeres mundanos.

Vale destacar ainda que nessa data é bastante comum a presença de reconstituições, encenações homenagens e outras maneiras de representações artísticas como teriam os últimos instantes da vida de Jesus Cristo. Isso passa pelo julgamento, pela crucificação e também pela posterior ressurreição.

Vale ressaltar ainda que o dia considerado feriado nacional no Brasil e muitas pessoas não trabalham por esse motivo. Nesse contexto, os fiéis terão a oportunidade de refletir mais em relação ao significado da data.

Portal Luteranos | Sexta-Feira Santa

Qual o significado da data para o cristianismo?

Segundo o cristianismo, a Sexta-feira Santa é uma data de reflexão e simboliza o sacrifício de Jesus Cristo na cruz. Neste momento em que ele recebeu a coroa de espinhos e carregou a Cruz até o momento em que ele foi morto e sepultado no ano 33. Por esse motivo, a Sexta-feira da paixão é uma data de reflexão entre as diversas frentes do cristianismo.

Destacar também que a data trata-se do antepenúltimo dia da quaresma. Nesse período, muitos cristãos fazem a via-sacra como uma forma de meditar o caminho doloroso que Jesus percorreu até ser crucificado e morto na cruz.

O cristianismo propõe a meditação como objetivo de ajudar a rezar e mergulhar na misericórdia Jesus tem sido ou por nós. Por esse motivo, em diversas comunidades religiosas são realizadas encenações da Paixão, da morte e da ressurreição de Jesus Cristo.

O que é a Semana Santa?

Trata-se de uma tradição Religiosa e ela simboliza a Paixão, a Morte e a ressureição de Jesus Cristo. O período inicia no domingo de Ramos, que relembra a entrada de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição de Cristo, que acontece no domingo de Páscoa.

O que simboliza cada dia da semana santa?

Destacamos anteriormente sobre o período em que ocorre a Semana Santa. Trata-se de uma tradição do cristianismo. Nesse contexto é muito importante entender em relação ao significado de cada dia.

Domingo de Ramos

Trata-se de uma data celebrada sempre uma semana antes do Domingo de Páscoa. O dia simboliza a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém. Nesse dia, o povo local cortou ramos e folhas de árvores para cobrir o chão por onde ele passou. A chegada trás desconfiança e medo por parte dos sacerdotes que começaram a planejar uma trama para condená-lo à morte.

Segunda-feira Santa

Jesus chega a Betânia e faz o último encontro aos amigos, anunciando pessoa hora tinha chegado. Nesse dia, o evangelho segundo São João é proclamado durante a missa.

Terça-feira Santa

Nesse dia, Jesus anuncia a sua morte e seu traidor beijando Judas. Na missa a leitura do canto de Javé e do Salmo 70.

Quarta-feira Santa

Nessa data, a Igreja faz a procissão do encontro entre mãe e filho. Neste momento, os homens saem com imagem de Nosso Senhor dos Passos e as mulheres com Nossa Senhora das Dores.

Quinta-feira Santa

A quinta-feira santa é conhecida como dia da última ceia. Antes do jantar, Jesus Cristo lavou os pés dos discípulos ensinou sobre humildade. Durante a ceia, Jesus partiu o pão e o vinho e explicou que simbolizavam seu corpo e sangue.

Depois do jantar, Judas saiu para entregar Jesus para as autoridades. Após cantarem o hino e orarem, guardas chegaram para prender Jesus. Ele foi levado para casa do sumo-sacerdote para ser julgado.

Sexta-feira Santa

Como destacamos anteriormente, a Sexta-feira Santa também é conhecida como dia da paixão no cristianismo e simboliza a morte de Jesus Cristo.

Sábado Santo

O dia também é conhecido como sábado de aleluia. Nessa data, a pedra que fechava o túmulo de Jesus Cristo foi lacrada e os soldados romanos guardaram a entrada do local com o intuito de evitar que o corpo dele fosse roubado. Neste dia, a igreja faz vigília Pascal junto ao sepulcro de Cristo, meditando sobre a morte.

Domingo de Páscoa

Simboliza o dia da Ressurreição de Jesus Cristo. O corpo e o espírito foram reunificados. Ao fim do dia, Jesus apareceu para todos os discípulos. Vale destacar ainda que a Páscoa significa a passagem da escravidão para liberdade e também é o dia mais santo para o cristianismo.

O que é o cristianismo?

O cristianismo é uma religião monoteísta ela é centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus Cristo. A fé cristã acredita em Jesus Cristo como filho de Deus, Salvador e senhor. Juntamente com o Islamismo trata-se da religião mais praticada no mundo.

A Sexta-feira Santa é uma data religiosa e um dos principais feriados existentes no Brasil. Apesar de ser oficialmente laico (sem religião oficial), o país é bastante influenciado pela ideologia cristã.

Por esse motivo, alguns feriados religiosos típicos do cristianismo como a Sexta-feira da Paixão. Nesse contexto é muito importante entender o significado da data, os hábitos e as tradições para entender um pouco mais sobre os costumes cristãos e sua influência no Brasil e em diversos países no mundo.

Por Redação Hora – nsctotal@somosnsc.com.br