Home Sem categoria Medicamentos mais caros

Medicamentos mais caros

832
0

ANS inclui medicamento para atrofia muscular espinhal no rol de coberturas obrigatórias - Universo do Seguro

As empresas poderão ajustar os preços tem até 15 dias para fazer a alteração

O governo federal publicou no Diário Oficial da União (DOU) a autorização para aumento de até 4,5% de medicamentos. As empresas poderão ajustar os preços a partir de desse domingo (31/3) e têm até 15 dias para fazer a alteração.

O aumento tem como base o modelo de teto do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). As farmácias e drogarias, assim como laboratórios, distribuidores e importadores, não podem cobrar pelos medicamentos preço acima do permitido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

Em termos numéricos, o aumento é o menor desde que teve início a pandemia de Covid-19, em março de 2020. Naquele ano, o reajuste foi de 4,08%, mas ainda não havia sido impactado pela pandemia.

Para saber mais, acesse no Metrópoles