Home Sem categoria Paulo Câmara: “Nós vamos ter 5 bilhões de investimento em Pernambuco”

Paulo Câmara: “Nós vamos ter 5 bilhões de investimento em Pernambuco”

436
0
Governador Paulo Câmara
Governador Paulo Câmara

Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Vislumbrando 2022 como o melhor ano de investimentos da história de Pernambuco, o governador Paulo Câmara fez, à Folha de Pernambuco, um balanço da sua gestão, elencou prioridades e deixou claro o desejo de cumprir até o final o seu mandato à frente do Executivo. “Vou poder finalizar o mandato da forma que sempre quis finalizar, pegamos Pernambuco em um momento muito bom (2015), mas vamos deixar melhor ainda”, ressaltou o governador.

Eixos principais de ação

A gente consolidou o processo de profissionalização da gestão. A gestão de Pernambuco funciona muito bem, nós sempre tivemos agilidade para dar respostas. Transformamos a educação de Pernambuco. Eduardo (Campos) fez avanços fundamentais e nós consolidamos Pernambuco como a maior educação pública do Brasil, estamos universalizando o ensino integral, Pernambuco vai fazer isso e você vai esperar algum tempo para algum estado conseguir atingir isso. Temos um controle maior na segurança, vamos ter condições de ter números melhores de toda a história do Pacto Pela Vida. E mostramos que nossa saúde pública respondeu bem à pandemia da Covid-19. E nunca deixamos de planejar, de saber onde precisava e o que faltou muitas vezes para dar celeridade nas ações foram os recursos, e agora que a gente conseguiu voltar a ter acesso a crédito, fizemos um grande enxugamento da máquina, a gente está tirando do papel sonhos de muita gente, de muitos municípios pernambucanos. Pernambuco tem ações pensadas até o final de 2022 e vai deixar projetos para nossos sucessores que, com certeza, eles vão aproveitar, que fazem parte do que Pernambuco precisa.

Plano Retomada

Nós vamos ter R$ 5 bilhões de investimentos privados e públicos que já estão em andamento, que envolve estrada, envolve água, envolve educação. Nós vamos fazer pelo menos uma quadra coberta em todas as escolas. Nós estamos com recuperação de muitas escolas, até porque essa ampliação das escolas em tempo integral exige alguns ajustes. Nós estamos fazendo esforços na segurança, gastamos 25 milhões de reais para comprar um helicóptero; estamos vendo ampliação de delegacias da mulher para 2022. Estamos também com uma série de investimentos na área da saúde, que foi uma área que recebeu muito investimento, porque o momento exigiu e exige isso ainda e vai exigir no futuro. Nós temos as ações sociais que não vão parar, porque a população está muito vulnerável. A questão da água, do esgotamento sanitário, temos uma parceria de R$ 35 bilhões com a iniciativa privada. Estamos fazendo muito investimento em obras que também sintonizam com a chegada desses investimentos privados. Estamos com qualificação profissional, estamos com microcrédito. O Plano de Retomada tem um desenho, lógico que o que for preciso agregar, nós vamos agregando, mas ele está bem desenhado. E se tiver mais dinheiro, nós vamos continuar avançando, porque nós estamos realmente com um conjunto de projetos, que as crises não nos deixaram fazer há muito tempo.

Realização do Carnaval

Sabemos que tem essa variante nova no Brasil e no mundo, temos uma sazonalidade que ocorre. Vamos ver agora em janeiro o que vai acontecer com a região Norte. Se o Norte não tiver nenhum problema, já é um indicativo de que em fevereiro Pernambuco não terá maiores problemas. Estamos agora com surto de influenza que está assustando a população. A pessoa fica sem saber se é Covid, influenza. Estamos muito perto de atingir esse objetivo de chegar a vacinação total, não vamos atrapalhar um planejamento sanitário por causa do carnaval nem para antecipar, nem adiar. Se der para fazer com segurança, vamos fazer. Estamos fazendo eventos grandes por aí, mas com segurança, passaporte vacinal, todo o protocolo. Não há nenhum preconceito, é a condição sanitária e segurança de fazer. A gente vai ter que utilizar as nossas ferramentas e tentar conciliar a vacinação da influenza e Covid-19. Como a energia foi muito grande em cima de Covid-19, a gente ficou prejudicado, mas em 2022 a gente tem que compensar. Lançamos recentemente o programa Vacina Mais e estamos indo de município em município, zona rural por zona rural, casa por casa, batendo nas portas, informando sobre a vacina e fazendo o levantamento de quem se vacinou para vacinar quem ainda não foi vacinado.

Arena de Pernambuco

Nós trabalhamos sempre com um olhar de que é importante dotar a Arena de uma condição empresarial, de que alguém administrasse ela. Começamos os estudos, tivemos dificuldade, até porque é uma coisa nova para o Estado, mas ao mesmo tempo fizemos ações públicas, dentro da Secretaria de Turismo. Antes da pandemia, ela já estava no zero a zero, nós já não estávamos gastando um real mais com ela. Com a pandemia parou tudo, então agora com a retomada, nós estamos vendo aí esses estudos e vamos ver se em 2022 a gente consegue realmente achar um parceiro que possa nos ajudar a administrar a arena e manter esse patrimônio, e vai ajudar aquela região, que eu não tenho dúvida que ela vai se desenvolver.(Folha de Pernambuco)

Previous articleChuvas intensas castigam periferia de Juazeiro e Petrolina
Next articleÔmicron: O primeiro sintoma pode manifestar-se no tom da sua voz