Home Sem categoria Cia Biruta de Teatro será uma das atrações do projeto ‘Cena agora’...

Cia Biruta de Teatro será uma das atrações do projeto ‘Cena agora’ do Itaú Cultural

69
0

O grupo vai apresentar a cena ‘Notícias do dilúvio – um canto a Canudos’ neste domingo (30), às 19h

A encruzilhada é o espaço/tempo de toda possibilidade, onde as referências se encontram, se atravessam, se misturam, se espalham. Potência ancestral do cosmoencantamento, tece a ligação entre as existências: que foram, que são e que serão. É na encruzilhada que deitamos nossa esteira e sentamos o chão do nosso pertencimento, e partilhamos as nossas experiências, brindamos os nossos saberes, louvamos os nossos sentidos, renovamos o nosso axé.

É por isso que, quando o projeto Cena agora, realizado pelo Núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural, apresentou o tema “Encruzilhada Nordeste(s): (contra)narrativas poéticas” não deixou escapatória. O convite era para assentarmos sobre a esteira dos 13 anos da Cia Biruta, os caminhos dos encontros com as ancestralidades que amparam e promovem as narrativas poéticas de um grupo que cria o sentido da sua própria existência nos afetos, atravessamentos e vivências.

Com duas mulheres em cena e a Encruzilhada Nordeste(s) como provocação, a ação cênica vai à fonte de uma das mais importantes experiências de resistência popular do Brasil: a Terra Santa do Beato Santo Antônio, nomeada Belo Monte. É de lá que as vozes de Maria Rita, Maria da Guerra, Macotas, Benta e tantas outras anônimas lutadoras no Massacre de Canudos submergem em oração, rememoração e alucinação à superfície pandêmica de um país massacrado por tantos genocídios.

“Notícias do Dilúvio – um canto a Canudos” é o nome da cena gatilho e as duas personagens da trama, Das Dores e Dos Anjos, reúnem as vozes-mulheres do Belo Monte e as práticas culturais populares que resistem a tantas tentativas de apagamentos, a fim de atualizar, contar e cantar o lugar em que se forma o silêncio que luta e afronta o esquecimento. É nessa encruzilhada que a Cia Biruta louva as ancestralidades teatrais, políticas e espirituais, enquanto tece mais um passo na construção do seu próprio cosmoencantamento.

A cena será apresentada neste domingo (30), às 19h, no encerramento da programação do Palco Virtual montado pelo Itaú Cultural para apresentações teatrais de até 15 minutos realizadas por artistas e grupos de todo o país, que aceitaram o desafio de abordar identidades nordestinas plurais. As quatro sessões desta semana serão realizadas nos dias 27, 28, 29 (às 20h) e 30 de maio (às 19h), com a participação de Jéssica Teixeira e Coletiva Teatral Es Tetetas; Pandêmica Coletivo Temporário de Criação e Silvero Pereira; Cia. Pão Doce e Maicyra Leão; Cia. de Artes Fiasco e Cia. Biruta de Teatro. As reservas de ingressos são feitas pela plataforma Sympla/Zoom, com limite de 270 ingressos por dia.

Saiba mais em https://www.itaucultural.org.br/secoes/agenda-cultural/cena-agora-conclui-ciclo#programacao.