Home Sem categoria Tristeza no parlamento! Morre a Deputada federal Amália Barros aos 39 anos

Tristeza no parlamento! Morre a Deputada federal Amália Barros aos 39 anos

814
0

Amália Barros era vice-presidente do PL Mulher e deputada federal por Mato Grosso, desde 2022

Deputada Amália Barros (Foto:  Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)
Deputada Amália Barros (Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)

A deputada federal Amália Barros (PL/MT) morreu aos 39 anos, em São Paulo. A morte foi confirmada na madrugada deste domingo (12/5) pelas redes sociais da parlamentar. A deputada estava internada em tratamento de um nódulo no pâncreas.

Amália Barros era vice-presidente do PL Mulher e deputada federal por Mato Grosso, desde 2022. Nascida em março de 1985 em Mogi Mirim (SP), Amália era formada em jornalismo. Aos 20 anos, ela perdeu a visão do olho esquerdo devido a toxoplasmose, infecção causada por um parasita. Ele teve que remover o olho em 2016, após passar por 15 cirurgias, e passou a usar uma prótese ocular.

Na Câmara dos Deputados, ela lutava pelos direitos das pessoas com deficiência e da conscientização sobre a toxoplasmose. Em 2021 lançou o livro Se Enxerga!: Transforme desafios em grandes oportunidades para você e outras pessoas, em que conta sua história. Também fundou o Instituto Amália Barros, rebatizado posteriormente como Instituto Nacional da Pessoa com Visão Monocular

Além disso, ela se dedicou à aprovação da Lei. 14.126/2021, que classificou a visão monocular como deficiência sensorial e deu às pessoas com visão monocular os mesmos direitos e benefícios previstos para pessoas com deficiência.

Repercussão 

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) usou o X (Antigo Twitter) para lamentar a partida da colega de partido. “Deus, em sua infinita bondade, a receba e conforte seus familiares e amigos”, disse. A ex-primeira-dama e presidente do PL Mulher, Michelle Bolsonaro, usou os stories para prestar homenagem a Amália. “Vou te amar pra sempre, minha amiga. Você está nos braços do nosso pai.”

Pelas redes sociais, o ex-deputado federal Deltan Dallagnol lamentou a morte da parlamentar. “Não tenho palavras pra me expressar diante dessa notícia. Amália era uma guerreira, com uma história de vida linda e inspiradora. Tive a honra de presenciar o trabalho dela em prol das pessoas com deficiência”, escreveu.

O senador Jorge Seif (PL/SC) também se pronunciou. “Jesus te receba irmã querida! Obrigado por combater o bom combate até o fim”, disse.

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos) também prestou condolências. “Minhas condolências à família da @amaliabarros, que se tornou um grande exemplo de superação de barreiras e de dedicação e amor ao próximo, Que Deus a acolha na sua infinita misericórdia e conforte seus familiares e amigos. Deixará muitas saudades!”, disse pelas redes sociais.

Com informações do Correio Braziliense.