Home Sem categoria Quer trabalhar na BYD? Governo oferece 500 vagas em cursos; confira

Quer trabalhar na BYD? Governo oferece 500 vagas em cursos; confira

1097
0

Serão ofertados os cursos como de operador de produção veicular

Na primeira etapa estão sendo oferecidas 500 vagas distribuídas entre quatro cursos, todos gratuitos
Na primeira etapa estão sendo oferecidas 500 vagas distribuídas entre quatro cursos, todos gratuitos – Foto: Raphael Muller | Ag. A TARDE

O Governo da Bahia, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), está oferecendo qualificação profissional a trabalhadores com o objetivo de preparar mão-de-obra para o processo de seleção da montadora chinesa Build Your Dreams (BYD). Na primeira etapa estão sendo oferecidas 500 vagas distribuídas entre quatro cursos, todos gratuitos.

Serão ofertados os cursos de operador de produção veicular; auxiliar de linha de produção; mecânico de manutenção de máquinas industriais e inspetor de qualidade. Podem se inscrever trabalhadores sem ocupação, cadastrados nas agências do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e beneficiários das demais políticas públicas de trabalho e renda, que estejam buscando inserção no mundo do trabalho. Os cursos serão ministrados pelo Senai de Camaçari e a carga horária é de 200 a 260 horas.

A qualificação visa, especialmente, preparar candidatos para participar da seleção da montadora chinesa, mas não garante a contratação, que está atrelada a critérios específicos da BYD. Além da qualificação gratuita, os selecionados receberão fardamento (duas unidades por aluno), material didático, transporte para deslocamento e lanche.

Os interessados devem se inscrever exclusivamente através de link https://forms.office.com/r/xw3d7E5xMj, que será disponibilizado a partir desta quarta-feira, 26, nos principais canais digitais da Setre (https://www.trabalho.ba.gov.br/ e @setrebahia) e do SineBahia (@sinebahiaoficial).

Cenário

A montadora chinesa BYD pretende investir de R$3 bilhões no estado em projetos que devem gerar 10 mil postos de trabalho, entre empregos diretos e indiretos. A previsão inicial era de cinco mil postos de trabalho, mas tanto a promulgação da reforma tributária quanto o cenário econômico favorável do Brasil contribuíram para a mudança de planos de investimentos, ampliando a projeção inicial.

Com isso, a Bahia tem a perspectiva de manter a 1ª posição na geração de empregos com carteira assinada no Nordeste, conforme indicado no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados no mês de janeiro de 2024, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (TEM), indicando que foram gerados 4.821 postos com carteira assinada no período, com destaque para o setor de serviços. ( A Tarde – BA)