Home Sem categoria Alunos não-bolsistas de escolas privadas podem concorrer a bolsas do ProUni

Alunos não-bolsistas de escolas privadas podem concorrer a bolsas do ProUni

424
0

Edital do programa se adequa a lei federal e amplia os critérios de origem escolar do candidato; programa oferece bolsas em faculdades privadas

Mais estudantes poderão participar e ter chances de aprovação no processo seletivo para o ProUni (Programa Universidade para Todos), que oferece bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de ensino superior de todo o país. A partir de agora, os alunos que concluíram o Ensino Médio em escolas particulares, mesmo sem ter sido contemplados com alguma bolsa de estudos, podem participar do certame. Esta é uma das novidades do Edital n° 81, divulgado nesta semana pelo Ministério da Educação (MEC), com as regras do ProUni para o segundo semestre de 2022.

Com isso, elas se adequam à Lei Federal n° 14.350, sancionada em maio deste ano, que autorizou a participação dos estudantes não-bolsistas de escolas privadas no ProUni. Para o governo, essa medida amplia os critérios de origem escolar e aumenta as possibilidades de acesso ao ensino superior, já que a participação dos estudantes de escolas públicas e dos bolsistas de escolas privadas permanece vigente.

As inscrições para seleção do ProUni no segundo semestre começaram nesta segunda-feira, 1º de agosto, e vão até quinta, 4. O interessado deve acessar a página do ProUni no Portal Acesso Único, do MEC. Após informar ao CPF e a senha do cadastro da plataforma Gov.br, o candidato pode escolher até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis, conforme seu perfil e em ordem de preferência. Caso o aluno não tenha acesso ao sistema, pode fazer o cadastro na mesma plataforma, preenchendo as informações solicitadas. Todo o procedimento é gratuito.

A seleção é aberta para os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 e/ou 2021 (melhor média), com nota acima de 450 pontos e sem ter tirado zero na redação.

Em todo o país, são mais de 44,3 bolsas integrais (100%) e parciais (50%) que estão disponíveis. As faculdades e universidades mantidas pelo Grupo Tiradentes participam desta seleção, com um total de 1.226 vagas distribuídas em suas unidades de Sergipe, Alagoas, Pernambuco e de Ensino à Distância (EaD). Todas elas têm seus cursos bem conceituados nas avaliações do MEC, com estruturas de ponta, alta tecnologia e metodologias de ensino voltadas à formação completa do aluno para o mercado de trabalho.

Ao todo, para a edição do ProUni neste segundo semestre de 2022, são 256 vagas na Universidade Tiradentes (Unit Sergipe), 131 no Centro Universitário Tiradentes (Unit Alagoas), 136 no Centro Universitário Tiradentes (Unit Pernambuco), nove bolsas integrais de Medicina na Faculdade Tiradentes de Jaboatão dos Guararapes (Fits Piedade), 74 na Faculdade São Luiz de França (FSLF) e 620 vagas na modalidade de Ensino à Distância (Unit EaD).

Dúvidas e outras informações sobre o processo de inscrição no ProUni podem ser esclarecidas no site https://www.unit.br/prouni ou pela Central de Atendimento (0800-729-2100).

Asscom | Grupo Tiradentes

Previous articleCasa da Mulher Rural: Prefeitura abre espaço de acolhimento inédito em Juazeiro para atender mulheres do interior que buscam atendimentos no centro e não têm onde ficar
Next articleCarteira de identidade digital unifica registro geral de brasileiros