Home Sem categoria Programa de Residência em Enfermagem do Hospital Dom Malan em Petrolina forma...

Programa de Residência em Enfermagem do Hospital Dom Malan em Petrolina forma novos especialistas e se torna referência entre estudantes e profissionais da saúde do Nordeste

203
0

Programa de Residência em Enfermagem do Hospital Dom Malan em Petrolina forma novos especialistas e se torna referência entre estudantes e profissionais da saúde do Nordeste

 Libna Helen de Melo Lima, de 25 anos, veio de Natal, no Rio Grande do Norte, onde ouviu falar da excelência do programa de residência em enfermagem por uma aluna formada no HDM Ismep. “Me apaixonei pelo relato dela, de como era a residência no Hospital Dom Malan, a metodologia de estudos, principalmente a utilização da metodologia ativa nas disciplinas teóricas. Ao chegar aqui, me surpreendi com a qualidade da residência, com a alta demanda de pacientes, a autonomia e capacidade da Enfermagem Obstétrica desse hospital, que com certeza tem uma carga enorme de experiência profissional no atendimento a gestantes de alto risco, além disso elas puderam nos repassar parte desse conhecimento, e eu fiquei encantada com o empenho de todos em fazer o que é melhor pelo paciente”, contou Libna.

Libna é uma dos 7 enfermeiros e enfermeiras especialistas em obstetrícia e 2 em saúde da criança, formados pelo Programa de Residência em Enfermagem do Hospital Dom Malan, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Esse grupo termina a formação até o mês de março deste ano.

Natural de Recife, Marta Firmino, 36 anos, concluiu a residência em enfermagem em obstetrícia. O HDM Ismep  foi escolhido pela enfermeira por ser referência em gravidez de alto risco obstétrico, única unidade do tipo no sertão pernambucano. “Eu levei em consideração o porte do hospital, porque sabia que me permitiria um crescimento ímpar. Aqui nós temos muito aprendizado com toda a equipe multiprofissional, a demanda de pacientes é alta, o que permite um número expressivo de atendimentos nos levando a desenvolver várias habilidades para nos tornar bons enfermeiros obstétricos. A experiência da residência foi indescritível, aprendi e cresci muito com toda a equipe do hospital e saio daqui com a certeza de que se voltasse no tempo, escolheria mais uma vez o Hospital Dom Malan como casa durante esse período, ” ressaltou Marta.

Angela de Souza Cajuhi,  29 anos, fez  residência em enfermagem em saúde da criança. O HDM Ismep foi escolhido por fazer parte da história de vida da enfermeira. “Eu nasci no Hospital Dom Malan e me sinto ligada a ele. Eu tenho amigas minhas da universidade da qual sou egressa, que foram residentes do HDM e são excelentes profissionais. Principalmente, a vivência foi totalmente diferente do que conhecia de residência que já vivi noutra instituição. Aqui, eu escolhi a pediatria, foi uma área que sempre foi um chamado na minha vida, cuidar de crianças. Aqui nós somos desafiados, ” relatou Angela.

O programa

Com duração de dois anos, o programa de residência em enfermagem foi implantado em 2012. “ A gente fica muito feliz com a formação desses profissionais. Quem passa pela nossa residência sai daqui preparado para trabalhar em qualquer lugar. Atendemos pacientes de alto risco e nós aceitamos mulheres de 54 municípios. Imagine a quantidade de patologias que nossos residentes têm oportunidade de receber? Nossa certeza é de estar formando especialista de qualidade, ” frisou a coordenadora da residência em enfermagem do HDM Ismep, Djenane Cristovam.

Assessoria de Comunicação do Hospital Dom Malan – Ismep