Home Sem categoria Esporte e arquitetura: conheça os estádios da Copa do Mundo 2022 ...

Esporte e arquitetura: conheça os estádios da Copa do Mundo 2022 no Catar

1166
0
Entre os estádios da Copa do Mundo 2022 reformados está Khalifa (Foto: Marco Verch)
Estádios da Copa do Mundo 2022 estão prontos para receber os torcedores no Catar (Foto: Marco Verch)

Esporte e arquitetura: conheça os estádios da Copa do Mundo 2022

Neste artigo, apresentamos os oito estádios da Copa do Mundo 2022 para você começar a se preparar para a competição no Catar!

O campeonato mundial de futebol está marcado para acontecer entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro no Catar. O governo do país preparou oito estádios da Copa do Mundo 2022.

Alguns já existiam e foram reformados. Mas a maioria foi encomendada especialmente para a competição.

E como é de se esperar de estádio de Copa do Mundo, todos são muito modernos, com alto padrão e referências ao país do Golfo Pérsico.

O Catar é pequeno, mas bastante rico. Por isso, investiu fortemente em infraestrutura, que vai além da capital Doha.

Assim, a expectativa é de que os torcedores consigam se locomover facilmente de metrô ou transporte particular para conseguir assistir a mais de um jogo por dia.

Conheça os estádios da Copa do Mundo 2022

Os estádios da Copa do Mundo 2022 são verdadeiras pérolas da arquitetura do esporte, que você vai conhecer nas linhas a seguir.

Estádio Internacional Khalifa

Esse é um dos estádios da Copa do Mundo 2022 que foi reformado para a competição. Original de 1976, ele recebeu um projeto da companhia Dar Al-Handasah, que foi entregue em 2017.

Ele já é bem tradicional por lá, palco de grandes competições e apresentações internacionais. Dessa vez, receberá a disputa pelo terceiro lugar do campeonato mundial.

A modernização do estádio incluiu proteção contra o sol na arquibancada e climatização para garantir uma temperatura mais agradável aos visitantes.

Entre os estádios da Copa do Mundo 2022 reformados está Khalifa.
Entre os estádios da Copa do Mundo 2022 reformados está Khalifa (Foto: Marco Verch)

Estádio Nacional de Lusail

Esse é considerado um dos estádios da Copa do Mundo 2022 mais importantes. Afinal, vai receber a grande final da competição, além da cerimônia de encerramento.

Para o projeto, grandes nomes da arquitetura foram convidados. Os responsáveis são os escritórios Manica Architecture e Foster + Partners, do arquiteto Norman Foster.

O estádio fica a 15 km de Doha e tem capacidade para aproximadamente 80 mil pessoas. Além da própria construção, o Catar investe pesado na infraestrutura do entorno, que será um dos legados da Copa do Mundo.

Depois da competição, o estádio vai se tornar um espaço comunitário, com lojas, escolas, clínicas de saúde e instalações esportivas. Para isso, os assentos serão removidos e doados para centros esportivos do país.

Lusail é um dos estádios da Copa do Mundo de 2022 com assinatura de Norman Foster
Lusail é estádio da Copa do Mundo de 2022 com assinatura de Norman Foster (Foto: AFL Architects)

Estádio Al Bayt

Na cidade de Al Khor está o Al Bayt, que receberá a abertura e um dos jogos da semifinal da competição.

É mais um estádio novinho em folha, outro projeto de Dar Al-Handasah. Tem formato de tendas beduínas (bayt al sha’ar), que serviam de moradia para o povo nômade, antiga cultura no Catar.

Na parte externa, as linhas pretas e brancas no sentido horizontal fazem um contraponto e se referem aos símbolos usados pelos povos antigos para marcar a qual tribo pertenciam.

Já do lado de dentro, a cor vermelha predominante faz referência à visão do interior de uma tenda.

É um dos maiores estádios da Copa do Mundo 2022, com capacidade para receber cerca de 60 mil pessoas.

Al Bayt é um dos maiores estádios da Copa do Mundo 2022
Al Bayt é um dos maiores estádios da Copa do Mundo 2022 (Foto: Codas)

Estádio Al Thumama

Esse é um dos estádios da Copa do Mundo 2022 cheio de significado para o povo do Catar. Seu design foi pensado para refletir a cultura local.

Para isso, o arquiteto catariano responsável, Ibrahim Jaidah, projetou uma fachada inspirada na gahfiya, touca usada pelos homens muçulmanos.

Essa é uma parte importante do vestuário deles, pois tem ligação com aspectos como dignidade e liberdade.

O moderno estádio poderá receber 40 mil pessoas durante todo o ano. Afinal, conta com climatização interna que chega a 18ºC e, assim, confere mais conforto aos espectadores.

Ele fica bem pertinho de Doha, a apenas 12 km de distância. Diversas partidas vão acontecer por lá até as oitavas de final.

Estádio Al Thumama faz referência a traje muçulmano
Estádio Al Thumama faz referência a traje muçulmano (Foto: Marco Verch)

Estádio do Porto de Doha (Ras Abu Aboud)

Do escritório espanhol Fenwick Iribarren Architects, o estádio Ras Abu Aboud dá um show de bola em sustentabilidade.

Ele fica à beira-mar, em uma região portuária que inspirou sua construção a partir de contêineres reciclados.

Com capacidade para 40 mil pessoas, o interessante é que esse é um dos estádios da Copa do Mundo 2022 que pode ser remontado em outro local.

Isso é possível por causa da sua estrutura modular em metal, além dos assentos removíveis.

Ras Abu Aboud é estádio da Copa do Mundo 2022 construído a partir de contêineres
Ras Abu Aboud é estádio da Copa do Mundo 2022 construído a partir de contêineres (Foto: Marco Verch)

Estádio da Cidade da Educação

Sua construção foi para inspirar o conhecimento do povo local. Afinal, está bem pertinho de universidades e centros de pesquisa importantes do país, em Doha.

Com capacidade para 40 mil pessoas, ao fim do campeonato vai se limitar a 20 mil. A outra metade será doada para outros estádios do Catar.

É chamado de “diamante do deserto”. Isso porque sua estrutura tem diversos recortes que lembram as faces da pedra preciosa. Aliás, ele é capaz de refletir a luz solar durante o dia. Já à noite, irradia a luz.

O projeto é uma parceria entre os escritórios RFA Fenwick Iribarren Architects e Astad Project Management.

estadios da copa do mundo 2022
“Diamante do deserto”, Estádio da Cidade da Educação tem capacidade para cerca de 40 mil pessoas (Foto: Marco Verch)

Estádio Al Janoub

Esse foi um dos primeiros estádios da Copa do Mundo 2022 a começar a ser construído. E já está pronto!

A obra foi concluída em 2019, abrindo espaço para mais de 40 mil torcedores acompanharem os jogos dos seus países.

O projeto é da renomada arquiteta Zaha Hadid, conhecida como “rainha das curvas”. O local vai receber partidas até as oitavas de final do campeonato.

Após o torneio, terá capacidade reduzida para otimizar os recursos do país.

Projeto do Estádio Al Janoub, de Zaha Hadid
Projeto do Estádio Al Janoub, de Zaha Hadid (Foto: Marco Verch)

Estádio Ahmed bin Ali (Al-Rayyan)

O estádio Ahmed bin Ali foi construído em 2003 e tem capacidade para pouco mais de 21 mil pessoas. Ele é a casa de clubes tradicionais no país: o Al-Rayyan Sports Club e o Al-Kharitiyath Sports Club.

Já pensando nos estádios da Copa do Mundo 2022, em 2015 foi demolido para dar lugar ao moderno Al-Rayyan, que agora pode receber cerca de 40 mil pessoas.

A construção foi uma parceria entre Al-Balagh e Larsen & Toubro.

Para o projeto, 90% dos escombros da demolição foram aproveitados no próprio estádio ou em outros projetos artísticos.

Entre os destaques da estrutura está a fachada multimídia, com exibição de notícias, atualizações esportivas e comerciais, por exemplo.

Detalhes da fachada do tradicional Estádio Al-Rayyan, no Catar
Detalhes da fachada do tradicional Estádio Al-Rayyan, no Catar (Foto: Mohaguru)

Quem vai visitar o Catar durante a Copa do Mundo não pode deixar de conhecer a história do país no Museu Nacional, que fica em Doha.

Com formato de rosa do deserto, ele é um projeto de um dos maiores nomes da arquitetura francesa. Saiba mais sobre o arquiteto Jean Nouvel, responsável por essa e outras grandes obras!

Foto de destaque: Estádios da Copa do Mundo 2022 estão prontos para receber os torcedores no Catar (Foto: Marco Verch)

Previous articleCabeleira foi absolvido em simulação de Júri Popular em Petrolina
Next articleMundo chega ao marco de 8 bilhões de habitantes, projeta ONU