**/

Home Blog Page 132

CDL Petrolina reforça trabalho e promove live nesta quinta-feira(04) sobre as expectativas para o comércio em 2021

0

Seguindo a dinâmica do “novo normal”, eventos on-line, ações de promoção, conhecimento e responsabilidade social serão intensificadas pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Petrolina.  O plano de ação da entidade está pronto e segue todas as normas de segurança como orientam as autoridades públicas de saúde contra o coronavírus.

E para iniciar o mês de fevereiro com chave de ouro, a CDL promove nesta quinta-feira (4), a partir das 17h, uma live sobre “As expectativas para o comércio em 2021 e a importância da CDL para o lojista e empreendedor”, com o economista, consultor de empresas e diretor executivo da CDL, Valdivo Carvalho e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo – Flávio Guimarães. O encontro será transmitido pelo Instagram da entidade – @cdlpetrolina.

“O ano de 2021 chega para proporcionar um novo ânimo para o Varejo com a chegada das vacinas. Mais, diante das limitações por conta da pandemia, vamos promover muitas lives com temas relevantes, além de cursos online e as tradicionais campanhas dentro do eixo da CDL MOVIMENTA, que vai trabalhar as datas comemorativas”, explica o presidente da CDL, Manoel  Vilmar.

O presidente ressalta ainda que outros momentos da programação como: palestras, treinamentos, campanhas promocionais, dentre outros, serão divulgados posteriormente.

Butantan aguarda matéria-prima para produzir mais 8,6 milhões de doses da Coronavac

0

Butantan aguarda matéria-prima para produzir mais 8,6 milhões de doses da Coronavac

O Instituto Butantan vai receber nesta semana insumos para produzir mais 8,6 milhões de doses da Coronavac, vacina contra Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o instituto paulista, em solo nacional.

A expectativa é que o lote chegue nesta próxima quarta-feira (3), no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

O governo de São Paulo divulgou as imagens da carga sendo encaminhada ao aeroporto de Pequim, na China, na madrugada desse domingo (31), onde aguarda liberação alfandegária. Distribuídos em contêneires e levados em sete caminhões até o aeroporto, o lote contém 5,4 mil litros de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), composto que será formulado e envasado no insitutito paulista.

As primeiras doses da vacina Coronavac que desembarcaram no país vieram prontas para uso. Elas se referiam às 6 milhões de doses aprovadas para uso emergencial pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), no dia 17 de janeiro.

Após a autorização destas doses iniciais, o Butantan solicitou uma nova autorização à agência, dessa vez referente a outras 4,8 milhões de doses que foram formuladas no instituto a partir das remessas de IFA chinesas. A autorização da agência veio cinco dias depois da solicitação.

Nas últimas semanas, preocupações sobre a liberação por autoridades chinesas da IFA necessária tanto para produzir a Coronavac quanto a vacina da Oxford/AstraZeneca levantaram suspeitas de uma crise diplomática com a China e a Índia, causadas pelo governo Bolsonaro.

A liberação dos insumos ocorreu após reunião do embaixador da China, Yang Wanming, se reunir com figuras do Palácio do Planalto, como o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e com o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), também se reuniu com Wanming, na última terça-feira (26), e já havia anunciado a previsão de chegada dos insumos para a próxima quarta-feira (3).

O Butantan afirmou que levará de 15 a 20 dias para produzir as novas doses a partir dos insumos recebidos.

Até o momento, o Brasil possui cerca de 12,1 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 10,1 milhões da Coronavac e o restante da Oxford/AstraZeneca. Já foram vacinadas 2.002.455 pessoas no país, segundo dados do consórcio de imprensa.

No estado de São Paulo, o governo vacinou, até às 11h55 deste domingo (31), 388.696 pessoas.(Informações da Folhapress)

Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para edição 2021

0

Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para edição 2021 – Sesc Paraná

O Prêmio Sesc de Literatura um dos mais importantes do país e consagrado na distinção de escritores inéditos, cujos trabalhos possuam qualidade literária para edição e circulação nacional, está com inscrições abertas. Obras ainda não publicadas podem ser inscritas nas categorias Romance e Conto. Os interessados têm até 19 de fevereiro para concluir o processo de inscrição, que é gratuito e online. O regulamento completo pode ser acessado em www.sesc.com.br/premiosesc.

Ao oferecer oportunidades aos novos escritores, o Prêmio Sesc de Literatura impulsiona a renovação no panorama literário brasileiro e enriquece a cultura nacional. Os vencedores têm suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de 2 mil exemplares. Desde a sua criação em 2003, mais de 16 mil livros foram inscritos e 31 novos autores foram revelados.

A parceria com a editora Record contribui para a credibilidade e a visibilidade do projeto, pois insere os livros na cadeia produtiva do mercado livreiro. “Vamos para mais um ano, agora a 18ª edição, e apesar de estarmos ainda na pandemia, seguimos fortes com todo o processo e planejamento para revelar novos escritores. A premiação foi criada em 2003 e se consolidou como a principal do país para autores iniciantes. No ano passado, foram inscritos 1.358 livros, sendo 692 romances e 666 contos” explica o analista de Literatura do Departamento Nacional do Sesc, Henrique Rodrigues.

O processo de curadoria e seleção das obras é criterioso e democrático. Os livros são inscritos pela internet, gratuitamente, protegidos por pseudônimos. Isso impede que os avaliadores reconheçam os reais autores, evitando qualquer favorecimento. Os romances e contos são avaliados por escritores profissionais renomados, que selecionam as obras vencedoras pelo critério da qualidade literária.

A relevância do Prêmio Sesc de Literatura também pode ser medida por meio do sucesso dos seus vencedores, que vêm sendo convidados para outros importantes eventos internacionais, como a Primavera Literária Brasileira, realizada em Paris, o Festival Literário Internacional de Óbidos, em Portugal, e a Feira do Livro de Guadalajara, no México.

Vencedores 2020

No ano passado, os vencedores foram Caê Guimarães, do Espírito Santo, na categoria Romance, por ‘Encontro você no oitavo round’, e Tônio Caetano, do Rio Grande do Sul, na categoria Conto, por ‘Terra nos Cabelos’, reafirmando o aspecto de diversidade do projeto em descobrir talentos de todo país.

“Encontro você no oitavo round” apresenta uma narrativa que trata de redenção: um pugilista se debate entre um incômodo zumbido e a memória de outra ocupação antes de se dedicar ao boxe. Dias antes da sua última luta, ele conhece uma jornalista disposta a desvendar o que o fez tomar o caminho dos ringues.

No volume de contos “Terra nos cabelos”, são trilhados diferentes percursos da mulher na nossa sociedade, envolvendo questões que abordam o mundo do trabalho, o primeiro beijo, ritos de iniciação e as violências externas e internas submetidas ao sexo feminino.

Em 17 anos de prêmio, diversos autores foram descobertos e se consolidaram na literatura nacional, graças ao incentivo da Instituição, entre eles Juliana Leite, Rafael Gallo, Luisa Geisler, André de Leones, Franklin Carvalho, Sheyla Smanioto e Lucia Bettencourt.

Petrolina registra nesta quarta-feira(03) 119 novos casos positivos da Covid-19 e mais 03 óbitos

0

O boletim epidemiológico da covid-19 desta quarta-feira, dia 3, registra 119 casos novos da doença em Petrolina. O número de pessoas infectadas chega a 15.100. Os pacientes recuperados agora somam 12.440, o que representa 82,4% do total desde o começo da pandemia na cidade.

Dos novos infectados, 54 foram confirmados através de 264 testes rápidos realizados pela prefeitura, os outros 65 registros se deram a partir de exames laboratoriais. São 50 pessoas do sexo masculino, com idades entre 11 e 84 anos, e 69 do sexo feminino, entre cinco e 85 anos.

As informações referentes à raça/cor/etnia seguem em anexo.

Petrolina registrou mais três óbitos causados pela doença. As mortes confirmadas foram de três mulheres. Uma paciente de 56 anos, com histórico de comorbidades, morreu no último dia 27 de janeiro em um hospital público aqui da cidade. O outro óbito, de uma mulher de 72 anos,  também com histórico de comorbidades, aconteceu em um hospital particular no último dia 31. O último registro foi confirmado no dia 2 deste mês. A paciente tinha 86 anos e estava internada em um hospital particular. O município tem agora 183 mortes desde o começo da pandemia.

Ocupação de leitos

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede é de 56,60%. Dos 53 leitos disponíveis, 30 estão ocupados, sendo 15 pacientes de Petrolina e 15 de outras cidades da região.

Os dados completos AQUI

Todas as informações sobre a pandemia na cidade estão disponíveis no site: petrolina.pe.gov.br/coronavirus.

Ascom Prefeitura de Petrolina

Educação: Prefeitura inicia ano letivo 2021 com aula inaugural online em Petrolina

0


Nesta quarta-feira (3), 56 mil estudantes e centenas de educadores participaram virtualmente da aula inaugural da rede Municipal de Petrolina. Através do auxílio da tecnologia, a prefeitura deu boas-vindas aos estudantes e suas famílias.

Neste mês de fevereiro, toda rede será contemplada com o modelo de ensino remoto, incluindo os alunos da Educação Infantil. O evento virtual contou com dinâmicas, música, contação de histórias e palestras com profissionais de diversas áreas.

Através de uma comunicação interativa, a equipe da Secretaria Municipal de Educação buscou transmitir muita alegria e motivação aos estudantes neste momento de acolhida para o novo ano pedagógico. Na oportunidade, o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Plínio Amorim, deu boas-vindas aos estudantes.

“Neste momento, mais de 56 mil estudantes estão em casa iniciando suas atividades pedagógicas, na sede e interior do município. Sabemos da nossa responsabilidade em oferecer uma educação de qualidade, independente do modelo de ensino. Vamos manter o diálogo com os órgãos sanitários e esperamos em breve, ter novidades sobre uma possível retomada das aulas presenciais. Enquanto isso não acontece, seguimos dando todo o suporte necessário ao nosso alunado através do ensino remoto”, destacou.

Rede Municipal de Ensino – Atualmente, o município conta com 211 unidades que compõem a Rede pública de ensino de Petrolina, distribuídas entre 79 unidades do Nova Semente; 43 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s) e 89 escolas localizadas na sede e interior de Petrolina. Os números serão ampliados nos próximos quatro anos através da construção e entregas de seis novas creches (Dom Avelar, Fernando Idalino, Jardim Imperial, Jardim Petrópolis, Nova Petrolina e Terras do Sul ) e seis novas escolas (Jardim Guararapes, Nova Petrolina, Nova Vida, Quati II, N-6 e N-8) e da implantação de 15 escolas em tempo integral.

Ascom Prefeitura de Petrolina

Juazeiro registra 50 novos casos de Covid-19 e um óbito no boletim desta quarta-feira

0

O boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde de Juazeiro desta quarta-feira (3) mostra que a cidade registrou 50 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas. De acordo com o relatório, 8.537 moradores foram infectados desde o início da pandemia na cidade, dos quais 6.234 já estão recuperados. Os casos descartados somam 17.455. São 2.147 casos ativos da doença.

Juazeiro contabiliza mais um óbito causado por complicações da Covid-19, totalizando 156. Faleceu um homem, de 73 anos, com comorbidades. O óbito ocorreu no Hospital Promatre de Juazeiro. Foram realizados desde o início da pandemia 24.942 testes rápidos e 1.314 pelo Lacen em Salvador.

Ocupação de leitos: Dos internados regulados somente pela rede municipal, houve alteração nas últimas 24 horas. São 38 pacientes internados, sendo 25 em leitos de UTI e 13 em leitos intermediários. Na rede de ocupação hospitalar, o percentual de ocupação dos leitos para Juazeiro na rede PEBA (hospitais de Pernambuco e Bahia) é de 73%.

As informações estão disponíveis na tabela em anexo AQUI.

Ascom PMJ Maria Lima

Pesquisa indica que nova mutação pode deixar coronavírus mais resistente à vacina

0

Os pesquisadores também perceberam que somente uma dose da vacina pode não estimular o sistema imunológico adequadamente.

Pesquisa indica que nova mutação pode deixar coronavírus mais resistente à vacina

A agência de Saúde Pública da Inglaterra informou que a variante B.1.1.7 do coronavírus, identificada pela primeira vez em dezembro, no Reino Unido, ganhou uma mutação preocupante que pode tornar mais difícil o controle da cepa com vacinas, segundo publicação do The New York Times.

A agência afirmou nesta segunda, 1º, que a taxa de infecção dessa variante é de 25% a 40% maior do que em outras cepas. Há também indícios de que ela pode ser mais letal. Outros 72 países já relataram infecções com a B.1.1.7. Testes realizados pelas farmacêuticas que desenvolveram imunizantes contra a covid-19 sugerem que essa variante pode ser contida por vacinação.

Por outro lado, na África do Sul, uma nova cepa, a B.1.351, que já superou a transmissão de outras variantes e se tornou dominante, apresentou uma mutação que a torna mais resistentes aos imunizantes da Novavax e Johnson & Johnson.

Os cientistas apontaram que a mutação E484K sofrida pela variante sul-africana torna mais difícil para os anticorpos se prenderem ao vírus e impedi-lo de entrar nas células. Agora, pesquisadores descobriram que alguns coronavírus B.1.1.7 no Reino Unido também têm a mutação.

Kristian Andersen, virologista do Scripps Research Institute, defende que ainda não é possível dizer se isso deixará a variante britânica mais contagiosa ou resistente às vacinas. “É muito cedo para especular se isso acontecerá, então teremos de esperar pelos dados”, disse.

Testes de laboratório da universidade de Cambridge sugeriram que para o sistema imunológico neutralizar as variantes do vírus com a mutação E484K são necessárias 10 vezes mais anticorpos. Os pesquisadores também perceberam que somente uma dose da vacina pode não estimular o sistema imunológico adequadamente.

O Reino Unido já registrou mais de 3,8 milhões de casos confirmados de covid-19 e mais de 108 mil mortes relacionadas à doença, segundo levantamento da universidade americana Johns Hopkins.

Pernambuco já aplicou 136.107 mil doses da vacina contra o Novo Coronavírus

0

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) confirmou, nesta terça-feira (02/02), a aplicação de 136.107 doses da vacina contra o Novo Coronavírus. Foram vacinados:

👩🏿‍⚕️ Trabalhadores da saúde – 75.478
🏹 Povos indígenas aldeados – 19.903
👨🏽‍🦳 Idosos institucionalizados – 4.521
👵🏾 Idosos (85 anos e mais) – 35.965
👩🏼‍🦽 Pessoas com deficiência institucionalizadas – 240

Seguindo protocolos de segurança, Prefeitura de Petrolina reabri nesta quarta-feira(03) à Biblioteca Municipal e Museu do Sertão

0

A partir desta quarta-feira (3), a Biblioteca Municipal Cid Carvalho e o Museu do Sertão de Petrolina estarão mais uma vez de portas abertas para receber petrolinenses e turistas. Após cerca de 10 meses fechados, em decorrência da pandemia da covid-19, os dois importantes equipamentos culturais da cidade coordenados pela Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, adotaram protocolos de segurança levando em consideração as medidas necessárias para um funcionamento seguro, pautado nas recomendações sanitárias, uma vez que, o seu propósito é assegurar a saúde e o bem estar de todos os servidores e usuários.

“É imprescindível o reconhecimento desses espaços como agentes culturais e educativos. E agora, cada vez mais, como um espaço de engajamento comunitário, e proporcionador de momentos de lazer e aprendizado, além de corroborar para a sensação de normalidade nesse momento difícil de pandemia”, pontua Cássio Lucena, secretário executivo de Cultura de Petrolina.

Museu do Setão em Petrolina-PE

Museu do Sertão – A visitação ao museu será permitida, a partir de agora, apenas fazendo uso de máscara durante toda a permanência no local. Somente crianças até 2 anos estão liberadas do uso de máscara. Não será permitido que o visitante toque, sente, deite no acervo, assim como tocar em vitrines.  Além do distanciamento social, diariamente o equipamento receberá a devida sanitização de superfícies, mobílias, acervos e equipamentos. Medidas estas, que deverão ser rigorosamente respeitadas enquanto perdurar o risco de contaminação pela pandemia. Temporariamente, o horário de funcionamento será reduzido: segunda a sexta das 9h às 13h, sem fechar para almoço.

Biblioteca Cid Carvalho – Entre as medidas adotadas está a redução do número de mesas e cadeiras de modo que o distanciamento social seja seguido e a quantidade de usuários presentes neste espaço esteja respeitando o protocolo. O Espaço Infantil continuará fechado até que se verifique uma efetiva segurança no controle da pandemia, de modo que respalde sua reabertura. O acesso ao acervo ficará suspenso para público e no ambiente de trabalho será priorizado a ventilação natural, permanecendo portas e janelas abertas, evitando o uso de ar condicionado. Além do distanciamento social, diariamente o equipamento receberá a devida sanitização de superfícies, mesas, cadeiras, mouses, teclados/computadores serão devidamente higienizados antes e após o seu uso. Medidas estas, que deverão ser rigorosamente respeitadas enquanto perdurar o risco de contaminação pela pandemia. No primeiro momento, o horário de funcionamento será reduzido, abrindo para o público das 11h às 17 horas de segunda a sexta.(Ascom)

Covid-19: boletim da prefeitura confirma 83 novos casos positivos em Petrolina

0

O boletim epidemiológico da covid-19 desta terça-feira, dia 2, registra 83 casos novos da doença em Petrolina. O número de pessoas infectadas chega a 14.981. Os pacientes recuperados agora somam 12.334, o que representa 82,3% do total desde o começo da pandemia na cidade.

Dos novos infectados, 55 foram confirmados através de 257 testes rápidos realizados pela prefeitura, os outros 28 registros se deram a partir de exames laboratoriais. São 37 pessoas do sexo masculino, com idades entre cinco e 83 anos, e 46 do sexo feminino, entre 10 e 72 anos. As informações referentes à raça/cor/etnia seguem em anexo.

Petrolina registrou mais dois óbitos causados pela doença. Os dois pacientes eram homens e tinham histórico de comorbidades. O idoso, de 85 anos, morreu no dia 1º de fevereiro em um hospital particular da cidade. Já o outro paciente, tinha 55 anos e morreu nesta terça-feira, dia 2.  Agora, o município tem 180 mortes desde o começo da pandemia.