Home Sem categoria Em Julho, megaevento internacional no Rio debaterá ao agronegócio e meio ambiente...

Em Julho, megaevento internacional no Rio debaterá ao agronegócio e meio ambiente e apresentará soluções sustentáveis e inovadoras para o setor

1336
0

Evento é em Julho de 2024

Rio+Agro mostrará com o Brasil, por ser um potência agroambiental, desenvolveu uma ciência agrária e tecnologias sustentáveis para aumentar sua produtividade e cumprir seu papel de líder no fornecimento e produção de alimentos para o mundo

O Rio de Janeiro vai sediar a primeira edição do Rio+Agro – Fórum Internacional do Desenvolvimento Agroambiental Sustentável, megaevento internacional que pretende debater os principais temas ligados à agenda agroambiental; expor soluções inovadoras para a produção sustentável das lavouras brasileiras; e promover relacionamento e negócios entre a cadeia produtiva do Brasil e do exterior.

“O Rio+Agro apresentará o conceito de sustentabilidade e de conservação do meio ambiente aplicado no agronegócio brasileiro de forma moderna e, ao mesmo tempo, pragmática para que a sociedade em geral e os países compradores de nossos produtos compreendam o que tem sido feito pelos produtores rurais brasileiros”, disse o engenheiro Carlos Favoreto, presidente do Comitê Organizador do Rio+Agro, durante coletiva de imprensa online, realizada nessa quinta-feira, dia 21 de setembro.

Em sua avaliação, o Rio de Janeiro é uma porta de entrada cultural para o Brasil e foi o local escolhido para a realização de importantes eventos internacionais, com a Eco92 e a Rio+20. Aliás, o Rio+Agro pretende recuperar o legado desses dois eventos, que marcaram a história do planeta. “Precisamos mostrar ao mundo que o Brasil é capaz de triplicar sua produtividade, sem tirar uma árvore sequer e, até mesmo, plantando árvores”, salientou Favoreto.

A realização do Rio+Agro está marcada para julho de 2024, no Campo Olímpico de Golfe, na Barra da Tijuca. Serão cinco dias de intenso debate, com mais de 50 horas de conteúdo. São esperados mais de 50 conferencistas do Brasil e do exterior, entre pesquisadores e profissionais das mais respeitadas instituições de pesquisa, mercado e finanças, organismos internacionais, produtores rurais e sociedade civil organizada, para tratar dos macrotemas: ciência e tecnologia, inovação e negócios, e economia verde e circular.

Felippe Lopes Gonçalves, diretor Técnico da Rio+Agro, explicou que os temas foram pensados para mostrar para o mundo e para a sociedade o que o Brasil pode fazer com aquilo que já desenvolveu. Ele ressaltou ainda que o evento tem o propósito de manter a comunicação ativa e viva com todos os participantes. “Assim, o Rio+Agro não será encerrado após sua realização em 2024. Manteremos uma agenda aberta e comunicação constante para novas ideias nas edições futuras”, acrescentou.

Segundo Ademir Almeida, idealizador e diretor comercial e operações do Rio+Agro, a plenária do Fórum está sendo preparada para receber 3200 pessoas. O conteúdo também será transmitido por streaming para diversos países, uma vez que o evento é global. Em relação à área de exposição, serão mais de 10 mil m² para empresas mostrarem suas soluções inovadoras e sustentáveis para o agronegócio e mais de 20 mil m² para demonstração de máquinas e implementos agrícolas e de drones.

“O evento é destinado para toda a cadeia do agronegócio, incluindo produtores rurais e agroindústrias, investidores, bancos e setor público. Esperamos um público de 15 mil pessoas”, avaliou Almeida. O Rio+Agro vai proporcionar conexões entre todos os participantes, por meio da Plenária, da área de exposição, mas também pelo Lounge Vip, espaço destinado para rodada de negócios presenciais e para reuniões entre participantes de outros países de modo online.

As startups também terão uma área para apresentar suas soluções e para encontrar agroindústrias e investidores para escalar a produção de suas tecnologias. A Arena de Inovação será o local para que as agritechs mostrem seu potencial a um público altamente qualificado.

Para facilitar a visitação do público, o Rio+Agro foi dividido em quatro setores. O primeiro terá os espaços para startups e reuniões, auditórios, pavilhão de exposições e o Live Site, composto por um stand de 500 m², área vip e lounge. O segundo espaço será voltado às exposições de máquinas e equipamentos pesados. O terceiro e quarto espaços serão destinados ao deslocamento de participantes por helicóptero e Eco Boat.

Parceria
O Rio+Agro tem o apoio institucional do Governo do Estado do Rio, por meio das secretarias de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento; e de Ambiente e Sustentabilidade. O evento é uma realização das empresas associadas: Aplica, Lead Meeting Planner e ECP Environmental Solutions.

  • Mecânica Comunicação Estratégica
  • Enio Campoi
  • Cel: (11) 99981-9950
  • E-mail: enio@meccanica.com.br