Home Sem categoria Genética garante melhor rentabilidade à cultura de tomates

Genética garante melhor rentabilidade à cultura de tomates

540
0

Tamanho de fruto e resistência a doenças são atributos que impactam positivamente as lavouras e os pontos de venda

O êxito de um negócio envolvendo produção de tomates depende de vários fatores, sendo a genética do material um dos principais para determinar o sucesso do cultivo e, posteriormente, de sua comercialização em uma determinada área. Características como tamanho de fruto e resistência a doenças são prioridades dos produtores ao buscar as sementes ideais para o plantio.

“Em termos de rentabilidade da produção, um tomate com maior tamanho de fruto sai na frente no mercado, pois é indicativo de melhor rendimento produtivo e mais aceito pelos entrepostos comerciais e pelos consumidores finais”, explica o Especialista em Tomates e Pimentões da Agristar do Brasil, Thiago Teodoro.

Otimizar custos para potencializar resultados tem sido a regra nas lavouras brasileiras. Por isso, contar com uma variedade que entregue tamanho de fruto e resistência às principais doenças da cultura é vantajoso aos tomaticultores, possibilitando que eles vençam uma maior gama de obstáculos no campo.

O Fusarium raça 3 é um dos agentes mais comuns causadores de doença nas lavouras de tomate. Esse fungo traz danos à produção e à qualidade dos frutos, prejudicando o negócio dos tomaticultores. Porém, atualmente, os híbridos conseguem apresentar resistência a essa patologia, mesmo em áreas de alta incidência.

Evimeria: proposta da linha Superseed

Nesse sentido, o tomate híbrido Evimeria, da linha Superseed da Agristar, é um importante aliado do tomaticultor, pois reúne no mesmo produto um pacote de resistências essenciais para o produtor, contemplando o Fusarium 3 e as principais viroses, como o geminivírus, vira-cabeça, além de três diferentes raças de nematoides e a pinta de Stemphylium, apresentando os frutos de maior tamanho.

“Por meio da tecnologia e da genética, conseguimos reunir em uma única variedade um conjunto de tolerâncias que atende as demandas das principais regiões produtoras do Evimeria, que são Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e um atributo que eleva o rendimento e o valor agregado da cultura, que é o tamanho dos frutos”, detalha Teodoro.

A excelente firmeza é uma características que contribui para a maior durabilidade de prateleira desse tomate nas diferentes regiões do Brasil, segundo o profissional. “O destaque do Evimeria não se limita ao campo. Nos pontos de venda, o tempo que eles permanecem em prateleira devido a esses fatores é maior, aumentando a janela em que podem ser comercializados”, pontua.

Sobre a Agristar
A Agristar é movida pela paixão ao campo e pelo desafio de superar limites. Com mais de 60 anos de existência, é uma das maiores empresas do país no desenvolvimento, produção e comercialização de sementes de hortaliças e frutas. Atua no mercado profissional com as linhas Topseed Premium, Topseed, Superseed e TSV Sementes, e no segmento de jardinagem, hobby e lazer através das linhas Topseed Garden e TSV Sementes. Com capital 100% nacional e com uma ampla e moderna infraestrutura, a Agristar tem orgulho em conhecer a sua terra e assim desenvolver e testar produtos de alto desempenho. Sediada em Santo Antônio de Posse (SP), a empresa possui quatro estações experimentais e uma unidade de pesquisa e melhoramento estrategicamente localizadas nos estados de SP, MG, SC e RN, que asseguram o desenvolvimento de produtos adaptados para os mais diversos climas e regiões. Para mais informações acesse: www.agristar.com.br.

Siga a Agristar nas redes sociais
Facebook: https://www.facebook.com/agristardobrasil
Instagram: @agristardobrasil