Home Sem categoria Ministro Alexandre de Moraes derruba sigilo de 27 depoimentos do 8 de...

Ministro Alexandre de Moraes derruba sigilo de 27 depoimentos do 8 de janeiro

563
0

Moraes é relator do processo no STF - (crédito: Antonio Augusto/SCO/STF)

O inquérito no STF visa apurar a responsabilidade de autores intelectuais e das pessoas que instigaram os atos golpistas de 8 de janeiro de 2023. No mês passado, o inquérito foi prorrogado por mais 180 dias a pedido da Polícia Federal.

Tiveram os sigilos levantados:

  • Jair Bolsonaro (PL), ex-presidente da República
  • Antonio Carlos de Almeida Baptista Junior, tenente-brigadeiro e ex-comandante da Aeronáutica
  • Marco Antonio Freire Gomes, general e ex-comandante do Exército
  • Anderson Torres, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública
  • Ailton Gonçalves Moraes Barros, capitão reformado do Exército
  • Almir Garnier Santos, ex-comandante da Marinha
  • Amauri Feres Saad, advogado
  • Angelo Martins Denicoli, major da reserva do Exército
  • General Augusto Heleno, ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional
  • Bernardo Romão Correa Neto, coronel dos Kids Pretos, força de elite do Exército
  • General Braga Netto, ex-ministro da Defesa
  • Cleverson Ney Magalhães, coronel
  • Eder Lindsay Magalhães Balbino, empresário
  • Estevam Cals Teóphilo Gaspar de Oliveira, ex-chefe do Comando de Operações Terrestres do Exército
  • Filipe Garcia Martins Pereira, ex-assessor especial para assuntos internacionais da Presidência
  • Guilherme Marques Almeida, tenente-coronel do Exército
  • Hélio Ferreira Lima, tenente-coronel
  • José Eduardo de Oliveira e Sila, padre
  • Laércio Vergílio, general aposentado
  • Marcelo Costa Câmara, coronel da reserva
  • Mario Fernandes, general
  • Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, ex-ministro da Defesa
  • Rafael Martins de Oliveira, tenente-coronel do Exército
  • Ronald Ferreira de Araújo Júnior, tenente-coronel do Exército
  • Sérgio Ricardo Cavaliere de Medeiros, tenente-coronel
  • Tércio Arnaud Tomaz, ex-assessor de Bolsonaro
  • Waldemar Costa Neto, presidente do PL

Correio Brasiliense