Home Sem categoria Cooperativas de crédito crescem em meio a pandemia e já passam de...

Cooperativas de crédito crescem em meio a pandemia e já passam de 11,9 milhões de associados

45
0

O relatório de Economia Bancária do Banco Central, com o movimento dos anos 2016 a 2020, revelou que apesar da pandemia o cooperativismo de crédito teve um aumento considerável em relação ao restante do Sistema Financeiro Nacional (SFN).

O estudo, recebido com entusiasmo pela diretoria e equipe do Sicredi Vale do São Francisco, mostra logo a princípio, que a carteira de crédito do setor pulou de 2,74% do total do SFN para 5,1%, passando de R$ 95 bilhões para R$ 228,7 bilhões, além de registrar o crescimento do número de associados que chegou, em dezembro de 2020, a 11,9 milhões em todo Brasil.

Para o presidente do Sicredi Vale do São Francisco, Antônio Vinícius Ramalho Leite, um dos fatores responsáveis pelo crescimento do segmento é a ligação com o setor agropecuário. “Com a expansão do agronegócio o cooperativismo de crédito seguiu junto, respondendo em 2020, por 20,26% de todo o financiamento rural do SFN, comparado aos 9,5% em 2016”, ressaltou.

Ainda de acordo com o Relatório de Economia Bancária do Banco Central, as cooperativas de crédito têm respondido às crises de forma diferente dos bancos tradicionais. “Em primeiro lugar o nosso associado é um dos donos do negócio e tem participação no rateamento das sobras; oferecemos linhas de crédito com taxas de juros menores; nossas taxas de serviço tem o menor preço do mercado  e parte dos recursos arrecadados são destinados à projetos sociais que visam o desenvolvimento da própria região”, concluiu.(Ascom)