Home Sem categoria Caminhar, correr, nadar: qual melhor exercício físico na terceira idade e quando...

Caminhar, correr, nadar: qual melhor exercício físico na terceira idade e quando começar

701
0

Caminhar, Correr ou Nadar: Descubra o Melhor Exercício Físico para a Terceira  Idade

Fortalecimento cardiovascular e respiratório, melhor condicionamento físico e diminuição no risco de quedas. Esses são alguns dos benefícios da prática de exercícios físicos na terceira idade (a partir de 60 anos), que, no Brasil, representa 15,2% da população, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porém, além dos inúmeros benefícios, é necessário prestar atenção nos cuidados necessários para a execução das atividades.

Segundo o ortopedista Carlos Frederico Miranda, do Hospital Jayme da Fonte e da clínica SOLB, os exercícios mais indicados para a população da terceira idade são os aeróbicos. São eles: caminhada, corrida, dança, andar bicicleta, natação, pilates, hidroginástica, entre outros. “Tanto a caminhada quanto a corrida são exercícios ótimos para os idosos. Elas vão melhorar a circulação sanguínea para o cérebro e músculos, além de promover fortalecimento da musculatura da perna, assim melhorando o equilíbrio e a coordenação motora, diminuindo o risco de queda dos idosos”, explica.

Os exercícios também apresentam outros benefícios, como a melhora da densidade óssea; redução no risco de desenvolver demência e Alzheimer; redução dos riscos de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, doenças cardíacas e câncer, e a manutenção de pacientes que já sofrem com essas doenças, assim como preservação da massa muscular e o controle das taxas de açúcar, gordura no sangue e na pressão arterial.

Além disso, as vantagens dos exercícios não se restringem apenas ao físico, mas também ao social e psicológico. Os principais são: melhora da saúde mental; redução do estresse, da ansiedade e da depressão; melhora do sono e a promoção da autonomia e da independência. Porém, antes de iniciar a prática da atividade física, é essencial que o idoso, principalmente com doenças cardiovasculares, passe por uma avaliação de um médico cardiologista e um médico ortopedista. Além disso, é importante ficar atento a outros cuidados, como a escolha de um calçado apropriado para o tipo de exercício escolhido, assim como o uso de roupas confortáveis. Antes e após os exercícios, a hidratação e alongamento são essenciais para evitar o risco de lesões.

“Os principais riscos de realizar exercícios físicos sem uma supervisão médica e profissional são: quedas; lesões em cartilagens, musculares e nos ligamentos; o aumento da possibilidade de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e até um ataque cardíaco. Por isso, é importante uma avaliação antes de começar a atividade física”, finaliza o médico Carlos Frederico.

Com atendimentos de urgência e emergência em traumato-ortopedia, cardiologia e clínica médica, o Hospital Jayme da Fonte é referência no polo de saúde de Pernambuco. Está há 68 anos instalado no bairro das Graças, e dispõe de mais de 200 leitos, UTIs completas, e um moderno centro de diagnóstico por imagem, oferecendo diversos exames com equipamentos de última geração.