Home Sem categoria Artistas e gravadoras anunciam fim de parcerias com DJ Ivis

Artistas e gravadoras anunciam fim de parcerias com DJ Ivis

174
0

Zé Felipe, Latino e Flay decidiram cancelar os lançamentos com o DJ

Artistas e gravadoras anunciam fim de parcerias com DJ Ivis

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Após a divulgação dos vídeos em que o DJ Ivis, 30, aparece agredindo sua ex-mulher, a arquiteta Pamella Holanda, 27, cantores e gravadoras anunciaram o fim de parcerias com o músico e se manifestaram sobre o caso.

A Sony Music se manifestou nas redes sociais nesta terça-feira (13). A então gravadora do DJ afirmou que “leva as acusações contra o DJ Ivis muito a sério e não tolera esse tipo de comportamento” e está “revisando a relação com o artista”.

A Som Livre respondia pelas parcerias do músico e em nota afirmou que repudia atos de violência e que “suspendeu todos os lançamentos das faixas que tinham participação do DJ Ivis”, além disso, também passou a bloquear as músicas já lançadas de todas as plataformas de áudio e vídeo.

A gravadora ainda informa que, em conjunto com o cantor Zé Felipe, 23, optou por não regravar uma nova versão da faixa “Galega” (2021), já que o DJ é o autor da faixa. A Som Livre diz que “pretende seguir trabalhando em novos lançamentos” com o sertanejo.

O cantor Latino, 48, confirmou que irá cancelar o lançamento de um videoclipe que contava com a presença de DJ Ivis, através do Instagram. O vídeo deveria ser divulgado em 6 de agosto e o cantor afirmou que a medida é em “repúdio a todas as agressões e atos do DJ Ivis contra sua esposa.”

“Resolvi fazer esse vídeo em completo repúdio a todas as agressões e atos do DJ Ivis contra sua esposa Pamella Holanda. Para quem não sabe, o Dj Ivis seria o meu convidado na minha próxima música de trabalho!”, escreveu na legenda da publicação.

“Já tínhamos todo o planejamento de lançamento determinado, já tínhamos gravado o clipe inclusive com a presença dele”, diz um trecho da legenda do vídeo”, continua. O artista diz que está à disposição de Pamella e de sua filha, e que irá absorver “todo o prejuízo de ter gravado essa música e clipe com a presença dele.”
“O prejuízo foi grande, mas infinitamente menor do que o dessa moça tão nova e com uma neném tão linda! Vamos refazer todo o trabalho, clipe e tudo mais com alguém que de fato mereça o nosso respeito! Violência contra a mulher não! Violência contra a mulher nunca! Estamos com você Pamella”, concluiu.

A ex-BBB e cantora Flay, 26, também anunciou que cancelou sua próxima parceria que seria com o DJ. Nesta segunda-feira (12), ela foi aos Stories de seu Instagram para comunicar sobre a decisão. “Antes perder qualquer investimento, qualquer feat, qualquer trabalho do que isso vir à tona depois que eu tivesse lançado um trabalho”, disse.

“A música já estava gravada, o investimento já estava feito, tudo planejado. O clipe seria gravado daqui a duas semanas… E ontem fui surpresa, como todos vocês, com essa vida dupla e fiquei aterrorizada, com repulsa, com dor como mulher, com cada cena, com cada golpe, com cada chute… Isso é resposta do que a gente pede nas orações… Livramento”, continuou.

A artista revelou que viu sua mãe sofrer agressões enquanto era criança e que também já sofreu agressões verbais. ” Ficaria muito triste, extremamente arrependida, mal, dolorida por vincular a minha arte, o meu trabalho, que mais amo, o que dedico amor a vida inteira, com um homem capaz de levantar a mão para uma mulher.”

“Tentar justificar a colocando como descontrolada, como louca, isso acontece sempre, né?”, refletiu. Por fim, ela afirmou que repudia a violência e que se coloca no lugar de Pamella. “Peguei nojo de qualquer homem que levantasse a voz para mim. Passei por isso.”

Além disso, emissoras de rádio do Ceará anunciaram a retirada de músicas do cantor de sua programação e o canal Multishow também não irá mais exibir nenhum clipe que tenha a presença do músico. Rádios do Grupo Cidade de Comunicação, como Rádio Cidade, Jovem Pan e a 89,9 FM publicaram uma nota de repúdio anunciando a medida.

“Informamos que, devido aos atos de violência cometidos pelo cantor e compositor DJ Ivis contra a ex-companheira Pamella Holanda, nós, do Grupo Cidade de Comunicação, retiramos os hits do artista da programação musical de nossas rádios.”

A FM 93, afiliada do Grupo Globo no Ceará, também publicou uma nota afirmando que não apoia nenhum tipo de violência contra mulher e que “em virtude da agressão cometida pelo DJ Ivis contra a esposa Pamella Holanda, nós não iremos mais reproduzir nenhuma música dele em nossa programação.”

Já o Multishow afirmou que “repudia toda e qualquer forma de violência” e acrescentou que “todos os clipes com participação do DJ Ivis foram suspensos da programação do canal”. E em nota, a Deezer afirmou que removeu todo destaque editorial do artista, tanto em capas como em posições de playlists.