Home Sem categoria Agrovale doa resíduos sólidos e beneficia famílias de catadores de lixo de...

Agrovale doa resíduos sólidos e beneficia famílias de catadores de lixo de Juazeiro – BA

406
0

A doação de mais de 20 toneladas de resíduos sólidos (plásticos, papel, papelão e eletrônicos), vai fazer a diferença, neste mês de março, para 12 famílias de catadores de lixo de Juazeiro – BA.

A Agrovale, maior produtora de açúcar, etanol e bioeletricidade da Bahia, assinou o termo de doação, na manhã desta terça-feira (14), juntamente com a Cooperfitz – Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis e representantes do SAAE, entidade que vai responder com a gestão da utilização dos resíduos junto à cooperativa.

Referência na gestão de resíduos sólidos no Vale do São Francisco, tendo implantado, inclusive, uma Central Temporária de Resíduos (CTR), em 2015, a Agrovale vem desenvolvendo ações em todos os departamentos com foco no reaproveitamento, reciclagem, coleta seletiva, logística reversa e o plano de gerenciamento de resíduos sólidos (PGRS).

De acordo com a coordenadora de Meio Ambiente da empresa, Thaisi Tavares, “a doação para Cooperfitz fortalece os objetivos da organização que envolvem ainda a não geração, redução e tratamento dos resíduos sólidos, bem como disposição final ambientalmente adequada dos resíduos e rejeitos. “Buscamos sempre, a adoção, desenvolvimento e aprimoramento de tecnologias limpas como forma de minimizar impactos ambientais e ações como essa são necessárias para melhor qualidade de vida das pessoas”, ressaltou.

Para o presidente da Cooperfitz, José Ivo dos Santos, a doação, além de gerar renda e trabalho para as famílias dos catadores, vai contribuir com melhorias para o meio ambiente em Juazeiro. ” Um exemplo que deve ser seguido pelas demais empresas do município e toda a sociedade”, destacou.

A técnica de Meio Ambiente do SAAE, Thais Lima, também agradeceu a doação e evidenciou a perspectiva do início de uma grande parceria. “Hoje, ampliamos os horizontes com esta importante doação, e principalmente com o estudo de várias outras ações a serem desenvolvidas no segmento da gestão de resíduos sólidos e da prevenção e mitigação de danos que estes podem ocasionar ao meio ambiente”, concluiu.

O trabalho na gestão de resíduos sólidos desenvolvido na Agrovale segue em consonância com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305/2010 (BRASIL, 2010) e a Lei nº 10.431, de 20 de dezembro de 2006, que institui a Política de Meio Ambiente e de Proteção à Biodiversidade do Estado da Bahia.(Ascom).(Ascom)

Previous articleComeçou a ´II Semana do Cérebro do Vale do São Francisco`. Evento continua hoje(17)
Next articlePagamento do abono salarial já foi retomado