Home Sem categoria Memória do Teatro petrolinense ganha registros e celebração de seus atores

Memória do Teatro petrolinense ganha registros e celebração de seus atores

266
0

Projeto Cena, Café e Conversa foi realizado no final de semana.

Na semana do aniversário de Petrolina, um projeto contou histórias de personagens da sua cena teatral, artistas que nem sempre recebem o merecido reconhecimento, mas que continuam sua missão de movimentar a cidade artisticamente. O projeto ‘Cena, Café e Conversa’ teve sua primeira edição realizada neste final de semana, entre os dias 24 e 26 de setembro, com ações gratuitas em equipamentos culturais da cidade e na internet.

Tendo como tema “o fazer teatral e a memória”, a curadoria faz uma homenagem ao ator e multiartista Sebastião Simão Filho, que atuou na criação de grupos e formação de novos atores na região. “A questão da memória é de reconhecimento, de nós reconhecermos a nós mesmos. Essa homenagem que fazem a mim, na verdade é uma homenagem que fazem aos artistas de Petrolina, para que deixe claro o quanto essa memória tem que ser preservada, exaltada e lembrada“, afirmou Sebastião.

Na Biblioteca Municipal Cid Carvalho, todas as noites foram oferecidas apresentações, mesas-redondas, leitura dramatizada e uma exposição. Para a atriz Camila Rodrigues, o projeto foi um “grande abraço”. “É um momento em que a gente enquanto artistas pode encontrar com os nossos, trocar experiências, trabalhos e, principalmente, poder resgatar as nossas memórias, as de hoje e as dos que construíram os caminhos para a gente. Além disso tudo, surge em um momento em que os artistas realmente estavam necessitando, sentiam falta de um espaço voltado para essa linguagem”, comentou.

Uma revista foi produzida como um material de registro de parte dessas memórias, lançada e distribuída gratuitamente com textos que trazem relatos de experiências e depoimentos sobre pesquisas teatrais na região, incluindo versão digital disponível online (https://abre.ai/revistacena). “O projeto surge com a ideia de evocar a memória da cena teatral da região e também de celebrar o fazer teatral dos grupos que estão atuantes. Esse é na verdade um primeiro projeto que a gente tem especificamente falando sobre teatro, onde está sendo de fato evidenciado o trabalho dos que produzem na cena teatral da cidade“, pontua Rafael Moraes, ator que integrou a equipe de produção.

O ‘Cena, Café e Conversa’ é um projeto assinado pela Pipa Produções com coordenação artística e curadoria de Thom Galiano e Adriano Alves. O projeto é incentivado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – FUNCULTURA – da Fundarpe, através da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de Pernambuco. O apoio institucional é da Trup Errante, Prefeitura Municipal de Petrolina, Abajur Soluções em Audiovisual e o Sesc Petrolina.(Ascom)

Previous articleEntenda de onde vem a tradição de dar doces no dia de Cosme e Damião
Next articleSanta Maria da Boa Vista: Prefeitura inaugura Centro de Educação Infantil ABC