Foto: REUTERS -Dado Ruvic/ Direitos Reservados

Os testes da fase 3 da vacina Coronavac, contra o novo coronavírus, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, que foram autorizados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), começarão no próximo dia 20. É a segunda liberação de testes pelo órgão. No dia 2 de junho, a Anvisa havia dado o aval à Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Na semana que vem, chegarão os lotes da vacina vindos da China e será iniciado o processo de distribuição para os centros de pesquisa. A pesquisa clínica será comandada pelo Instituto Butantan. O objetivo é testar 9.000 profissionais de saúde de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Brasília, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

“Essa é uma etapa de fundamental importância na vida do país e na vida e na saúde de milhões de brasileiros. Os voluntários deverão se cadastrar a partir de 13 de julho, por meio de um aplicativo. Na sexta-feira (10), o governo divulgará as informações para a inscrição.

Para participar dos testes, é preciso ser maior de 18 anos, não ter infecção prévia e nem doenças ou alterações que impeçam a vacinação, não participar de outros estudos e não estar grávida. Os participantes dos testes atuarão no atendimento a pacientes com Covid-19.

Os testes da fase 1 e 2 já foram feitos em animais e seres humanos adultos saudáveis, respectivamente. Desde o início da pandemia até esta segunda-feira (6), o estado de São Paulo somou 323.070 casos de Covid-19, de acordo com dados apresentados pelo coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, Paulo Menezes. (Diário de Pernambuco)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui