A história de Tia Myrian.

A professora Myrian Monteiro da Silva é a primeira docente a ensinar música em Petrolina/PE e sua arte com os ensinamentos, revelou grandes artistas. A vereadora Maria Elena foi a autora do projeto de decreto legislativo que possibilitou a entrega do título de cidadã e da Medalha Honra Mérito Legislativo Dom Malan à docente. A solenidade foi realizada na última quarta-feira, 12 de dezembro. A noite foi de muita música, louvor e emoção.

Marcada pela forte emoção e alegria, a entrega do título de cidadã petrolinense e da Medalha Honra Mérito Legislativo Dom Malan à professora Myrian Monteiro da Silva, reuniu familiares, convidados, admiradores e parte do poder legislativo que fez questão de participar do momento solene em reconhecimento ao papel de destaque que a professora teve como educadora e incentivador ao estudo da música na escola,

A professora Myrian foi agraciada pela Câmara Municipal de Petrolina/PE com as principais  homenagens do poder legislativo petrolinense,

Uma noite histórica para contar a trajetória dessa que foi a primeira professora de música de Petrolina com um legado marcante na cena cultural da cidade.

A autora do projeto de decreto legislativo que concedeu a cidadania petrolinense e a Medalha Dom Malan, a vereadora Maria Elena de Alencar, fez um discurso recheado de momentos em que vivenciou ao lado da homenageada da qual foi aluna e trouxe em sua fala muitas boas lembranças da boa convivência com a professora.

“Essa é uma noite solene em que temos que vivencia-la solenemente. O dia de hoje me transporta para a minha adolescência quando tiver o imenso de prazer de conviver com a professora Myrian então normalista e com uma vontade de aprender os belos ensinamentos em forma de música de nossa querida mestra”, detalhou a vereadora Maria Elena.

A autora completou, que aos 82 anos, a professora Myrian Monteiro teve um legado importante de serviços prestados para a cultura e a educação de Petrolina.

A solenidade que reuniu ainda os filhos, genros, noras, sobrinhos e demais familiares e amigos, teve momentos de grande emoção ao som do grupo de louvor convidado para o ato solene e através dos filhos artistas da professora Myrian, Raquel e John Wesley, cada um ao seu estilo, deixou mais bonita a homenagem á mãe.

Ainda se fizeram presentes os vereadores Manoel da Acosap, Paulo Valgueiro, Zenildo do Alto do Cocar, Aero Cruz, Rodrigo Araújo, professor Gilmar Santos e a vereadora Cristina Costa que presidiu a sessão solene.

Um pouco da historia da Professora Mirian de Monteiro da Silva

Segundo o filho John Wesley, Tia Myrian, como é carinhosamente conhecida pelos ex-alunos do CES (Centro Educacional de Sobradinho) – CHESF – instituição na qual se aposentou, juntamente com Elias Gabriel da Silva, seu cônjuge por mais de 70 anos, foi a última professora de música do Brasil nos idos anos 90.

Ensinou acordeon  em S. Paulo, sua terra natal e no Paraná, nos anos 50/60.

Já em Juazeiro, cidade vizinha, juntamente com Bebela Pontes, formou um coral na Catedral Nossa Senhora das Grotas.

Em Petrolina, fundou através da Secretaria de Educação e Cultura, da qual seu esposo Professor Elias Gabriel  foi Secretário na gestão do saudoso Professor Simão Durando, o primeiro e único Coral Municipal de Petrolina, o qual inaugurou a Concha Acústica (com grande impacto), impactando, sendo redundante, a sociedade petrolinense com revelação de grandes cantores local, entre eles a família de Ariston Carvalho, incluindo o Padre Malan, na época, criança, além do excelente repertório, idealizado pelo filho primogênito Martinho Lutero, incluindo cantigas populares folclóricas, MPB e música Clássica (Aleluia de Haendel, por exemplo, Domingo no Parque – Gilberto Gil, Tristeza do Jeca , entre outras…)

Além disso, ela formou e fomentou uma sementinha musical nas almas de seus alunos, incontáveis, nas escolas petrolinenses (Estadual, EMAAF, Polivalente e no Centro de Educação Física), em várias gerações.

Pianista e Regente, atualmente, tecladista, aos 88 anos, ensina sua bisneta, Pérola, e  ainda sonha continuar ensinando, abrindo uma Escola de Música, no Bairro Antonio Cassimiro, em um terreno da FAMÍLIA, como legado para o município.

Wesley ainda acrescenta: “Esta é a eterna professora  Myrian” 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui