Home Sem categoria TIM é escolhida pela ENGIE para implementar solução de iluminação pública inteligente...

TIM é escolhida pela ENGIE para implementar solução de iluminação pública inteligente em Petrolina 

722
0

Projeto conta com a M2M Telemetria e prevê a gestão de mais de 5 mil luminárias inteligentes instaladas na cidade 

Ampliando sua presença em projetos de conectividade relacionados a Internet das Coisas (IoT) e cidades inteligentes, a TIM Brasil foi a operadora escolhida pela ENGIE, empresa líder em energia renovável do país, para implementar uma solução de gestão de iluminação pública para a cidade de Petrolina, usando conectividade em NB-IoT da operadora para comunicação dos equipamentos. São mais de 5 mil luminárias inteligentes instaladas em todos os bairros da cidade e que contarão com módulos que auxiliarão na gestão mais eficiente do serviço prestado à população. A M2M Telemetria, parceira TIM em projetos de iluminação pública e redes inteligentes, é a fornecedora de equipamentos, promovendo também a integração de sistemas e softwares em ambiente de nuvem, com a conectividade fornecida pela TIM.

Para Alexandre Dal Forno, Diretor de Desenvolvimento de Mercado IoT & 5G da TIM, a parceria com ENGIE é mais um exemplo do diferencial da Internet das coisas para iniciativas que podem beneficiar diretamente a população: “Estamos trabalhando e investindo em Internet das coisas pensando, principalmente, na efetividade e nas soluções que podemos disponibilizar não só a empresas como também ao consumidor final. Luminárias inteligentes são capazes, por exemplo, de ter acendimento e dimerização definidas previamente, dentro de rotinas estabelecidas pela concessionária. Remotamente, é possível acompanhar e identificar comportamentos fora do padrão, fazer manutenções preditivas e otimizar todo o processo de gestão. Temos uma parceria de sucesso com a M2M telemetria, e queremos levar soluções de iluminação a outras prefeituras, PPPs de iluminação e concessionárias pelo país”. 

O Diretor de Operações da ENGIE Soluções, Marcus Cunha, dá destaque às vantagens esperadas com a implantação do sistema em Petrolina: “A capacidade de monitoramento remoto e em tempo real dos pontos de iluminação pública permitirão uma maior assertividade e eficiência operacional, garantindo menor tempo de resposta para as reclamações dos cidadãos. O sistema nos permitirá ainda maior capacidade de controle do consumo de energia do município e tomada de decisão para ações de eficiência energética. Estamos entusiasmados com a tecnologia NB-IoT, que prevê ainda a conectividade de cada ponto de iluminação individualmente, mitigando o risco de perda de conectividade simultânea de grandes grupos de dispositivos.” 

Líder em cobertura 4G no Brasil, presente em mais de 5.400 cidades, a TIM é pioneira na oferta de soluções IoT, além de oferecer cobertura NB-IoT em mais de 4.200 cidades. A solução permite aumentar a cobertura de sinal em até quatro vezes, utilizando módulos com baixo consumo de energia. Com a oferta, será possível à ENGIE ter uma visão geral dos ativos de iluminação pública, integrada à sua plataforma, ajudando a reduzir custos e tornar a gestão ainda mais rápida e eficaz.

Sobre a TIM 

“Evoluir juntos com coragem, transformando tecnologia em liberdade” é o propósito da TIM. A operadora tem a maior cobertura móvel e presença 4G do Brasil e lidera a implementação do 5G no país, em linha com sua atitude protagonista e a sua assinatura: “Imagine as possibilidades”. Comprometida com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança, integra importantes carteiras da bolsa brasileira, como a do Novo Mercado, do S&P/B3 Brasil ESG e do Índice de Sustentabilidade Empresarial. Está listada no Sustainability Yearbook 2022, que reúne as empresas mais sustentáveis do mundo, e foi a primeira operadora a certificação ISO 37001, de combate ao suborno. Faz parte ainda do Índice de Equidade de Gênero da Bloomberg e lidera, entre as empresas do Brasil e do setor de telecom mundial, o Refinitiv Diversity & Inclusion Index. Para mais informações, acesse www.tim.com.br.

Sobre a ENGIE  

No Brasil, a ENGIE, empresa líder em energia renovável do país, atua em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transporte de gás e soluções energéticas. Com capacidade instalada própria de cerca de 10 GW em 68 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade nacional, a empresa possui 100%* de sua capacidade instalada proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), como usinas hidrelétricas, eólicas, solares e a biomassa.

A ENGIE é também a detentora da mais extensa malha de transporte de gás natural do país, com 4.500 km, que atravessam 10 estados e 191 municípios, graças à aquisição da TAG, concluída em 2020.

Além disso, a ENGIE possui um portfólio completo em soluções integradas responsáveis por reduzir custos, emissões e melhorar infraestruturas para empresas, como ar comprimido, autoprodução solar local, biogás e biomassa, consultoria e gestão de energia, HVAC e subestações. Nas cidades, atuamos como parceira para tornar os espaços urbanos mais eficientes e sustentáveis, com soluções de iluminação pública, mobilidade elétrica e de district cooling.

Contando com 3.500 colaboradores, a ENGIE teve no país em 2021 um faturamento de R$ 13,5 bilhões.

A ENGIE está presente na B3 por meio de sua empresa de geração e comercialização de energia cujo ticker é o EGIE3. Na B3, a ENGIE integra o Novo Mercado, além de ser uma das únicas companhias listadas no Índice de Sustentabilidade Empresarial desde o início do ISE, em 2005. Em 2021, a B3 incluiu os papeis da ENGIE no Índice Carbono Eficiente (ICO2), composto pelas ações das empresas participantes do IBrX 100 que possuem maior transparência em relação ao reporte das emissões dos GEE e de como estão se preparando para uma economia de baixo carbono.

Já o Grupo teve em 2021 uma receita de 57,9 bilhões de Euros e é negociado nas bolsas de Paris e Bruxelas (ENGI), sendo representado nos principais índices financeiros (CAC 40, Euronext 100, FTSE Eurotop 100, MSCI Europe) e índices não financeiros (DJSI World, DJSI Europe, Euronext Vigeo Eiris – Eurozone 120/Europe 120/France 20, MSCI EMU ESG, MSCI Europe ESG, Euro Stoxx 50 ESG, Stoxx Europe 600 ESG, e Stoxx Global 1800 ESG).

*Considerando a venda da Usina Termelétrica Pampa Sul, assinada no dia 15 de setembro de 2022, cujo closing está sujeito ao cumprimento de determinadas condições previstas no contrato.

  • Marcela Balbino | MassMedia
  • Assessoria de Imprensa 
  • (81) 99481-7347

Previous articleTV São Francisco realiza café da manhã e apresenta ao mercado o Bahia Meio Dia com mais regionalismo
Next articleLojista de Moda de Petrolina inova ao promover live commerce diretamente do fornecedor