Home Sem categoria ‘SOS Abelhas’. Projeto desenvolvido pela Vigilância Sanitária é tema de palestra em...

‘SOS Abelhas’. Projeto desenvolvido pela Vigilância Sanitária é tema de palestra em Petrolina

115
0

Quem Somos – SOS Abelhas – Toninho das Abelhas, Apicultura, Apiario,  Remoção de Enxames, Retirada de Abelhas, Colméias, Abelhas e Marimbondos,  Tratamento com veneno de abelha, Tratamento com picada de abelha, Veneno

Desde 2018, após uma parceria da Prefeitura de Petrolina e instituições que atuam no município, nasceu o Projeto ‘SOS Abelhas’. A iniciativa tem como objetivo amenizar a prática de extermínio das abelhas, já que matá-las é considerado crime no Brasil. O serviço é prestado através da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS), que é responsável pela captura e recolhimento os insetos na cidade. O trabalho prestado pelas equipes será tema de uma palestra realizada nessa sexta-feira (3), na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

Para o diretor-presidente da Vigilância Sanitária, e palestrante, Marcelo Gama, essa é uma importante iniciativa para mostrar as ações que são executadas no município. “O SOS Abelhas presta um importante papel social e ambiental. Esses insetos não podem ser simplesmente exterminados, eles prestam um papel fundamental na polinização. A remoção precisa ser feita da forma correta e adequada. Participar desse evento é uma oportunidade de apresentar mais esse trabalho da gestão municipal”, afirma o diretor-presidente.

A palestra será transmitida pelo canal do YouTube: https://youtube.com/c/CEMAFAUNACaatinga e também pode ser acompanhada de forma presencial, no auditório do Museu da Fauna da Caatinga, a partir das 9h. Não é necessário agendamento prévio. O projeto ‘SOS  Abelhas’ é desenvolvido pela  Vigilância Sanitária e conta com o apoio do Cemafauna – Univasf, Ministério Público de Pernambuco, Corpo de Bombeiro e da Associação de Criadores de Abelhas do Município de Petrolina (Ascamp). As pessoas que querem solicitar a retirada das abelhas, o pedido pode ser feito através do telefone do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), (87) 3867-4774.(Ascom)

Previous articleRaquel Lyra vem ai! Guilherme Coelho e Lucinha Mota recebem a candidata do PSDB em Petrolina nesta quinta-feira(02). Veja a programação
Next articleIEL-PE realiza curso ‘Inteligência emocional na gestão de conflitos’. Inscrições abertas