Home Sem categoria Sindsemp negocia pauta de servidores da educação com a Prefeitura

Sindsemp negocia pauta de servidores da educação com a Prefeitura

48
0


Nesta quarta-feira (10), a diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina, através do presidente, Walber Lins, a vice-presidente, Inês Silva, a secretária geral, Roumaynne Roberta Pereira e o diretor jurídico Valdemar Gomes, se reuniu com o secretário de educação de Petrolina, Plínio Amorim. Participou do encontro, o presidente da associação dos professores do município, Carlos Odair da Luz.

Em pauta, a discussão sobre a reformulação do EPCM, nomenclatura da hora-aula atividade, gratificação de regência de classe para 150 horas se carga horária, adequação da gratificação de difícil acesso, revisão de carga horária de coordenador pedagógico, que trabalha 200 horas e recebe por 150 horas, adequação de carga horária acima de 150 horas de acordo com a demanda da administração, pagamento do incentivo da lei da escola campeã. O Sindsemp também solicitou ao secretário a publicação da portaria da comissão de enquadramento – EPCM e a nomenclatura dos alfabetizadores.

De acordo com o secretário Plínio Amorim, a reformulação do EPCM será atendida, assim como a análise do difícil acesso. “O difícil acesso tem faixas para o pagamento que variam de 20 a 30% sobre o salário. Mas muitos professores não estão recebendo o que é justo, considerando os critérios do artigo 21 do EPCM, como a quilometragem percorrida para a atividade laboral, a carga horária e o nível de formação do professor. Nós queremos essa correção,” justificou o presidente do Sindsemp, Walber Lins.

Outro pleito do sindicato que deverá ser atendido, segundo Plínio Amorim, é a correção no contra cheque do servidor, do terço da hora-aula atividade que está atualmente como gratificação. ” Não deve ser gratificação. Os servidores ganharam numa ação do Sindsemp na justiça. A sentença precisa ser cumprida,” esclareceu Walber Lins.

O secretário de educação de Petrolina Plínio Amorim está analisando outros pontos da pauta e discutirá com o jurídico do municípios as possibilidades de atendimento às reivindicações do Sindsemp.(Ascom)