Home Sem categoria Segurança pública será reforçada para garantir cumprimento das medidas sanitárias

Segurança pública será reforçada para garantir cumprimento das medidas sanitárias

130
0

 (Foto: Divulgação/SDS)

A Secretaria de Defesa Social (SDS) informou, nesta quarta-feira (17), que reforçará o efetivo para fiscalizar o cumprimento das medidas sanitárias, no período de 18 a 28 de março, quando Pernambuco entrará no período de quarentena mais rígida. O órgão afirmou que durante os 11 dias, 4.990 policiais e bombeiros militares estarão vistoriando o comportamento da população quanto ao uso da máscara, distanciamento social, vigilância de espaços com restrições de uso e circulação e inspeção em comércios e outros tipos de estabelecimentos.

“Nas 24 horas do dia, as operativas, guardas municipais, diretorias municipais de controle urbano, Procon, vigilâncias sanitárias e outros órgãos somam esforços na tentativa de desacelerar a transmissão do coronvírus”, afirma o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

A SDS também comunicou que para realizar a ação, que atuará em regime de jornada extra, o governo de Pernambuco terá o custo de mais de R$ 1 milhão. Dos 4.990 profissionais, 2.907 são policiais militares, 1.324 são bombeiros militares, 607 são policiais civis e 142 são lotados na Secretaria.

PENALIDADE

Infringir determinação do Poder Público para impedir disseminação de doença contagiosa pode gerar a detenção de um mês a um ano, além de multa. Desde o dia 26 de fevereiro, quando se intensificaram as restrições de convívio social no estado, 162 pessoas foram conduzidas para delegacias, segundo a SDS. Nesse período, o órgão informou que foram feitas 53.416 intervenções no território pernambucano, com 36.690 pessoas orientadas e 9.274 estabelecimentos fiscalizados.

RESTRIÇÕES

De acordo com o Decreto Estadual Nº 50.433, de 15 de março de 2021, não estão autorizados a funcionar, no período de 18 a 28 de março, os serviços de bares e restaurantes; shoppings e galerias comerciais; óticas; salas de cinema e teatros; academias; salão de beleza e similares; comércio varejista de vestuário, calçados, eletroeletrônicos e linha branca (geladeira, fogão, micro-ondas e outros), cama, mesa e banho e produtos de armarinho; escolas e universidades (públicas e privadas), podendo apenas realizar gravação e transmissão de aulas remotas; clubes sociais, esportivos e agremiações; práticas e competições esportivas; praias, parques e praças; ciclofaixas de lazer, eventos culturais e de lazer, além dos sociais.

Igrejas e demais templos religiosos poderão abrir para atividades administrativas e para preparação e realização de celebrações via internet.

ESTÃO PERMITIDOS

Permanecerão em atividade os supermercados; padarias; farmácias; postos de combustíveis; petshop; clínicas, ambulatórios e similares; bancos e lotéricas; transporte público; indústrias, atacado e termelétricas; construção civil; material de construção; materiais e equipamentos de informática; lojas de materiais e equipamentos agrícolas, oficinas e assistências técnicas e lojas de veículos.

COMO DENUNCIAR

Para realizar denúncias de aglomerações, festas clandestinas e funcionamento irregular de estabelecimentos por meio do fone gratuito 190. O serviço funciona 24h por dia.