Portal O Pinga Fogo - Remédios mais caros pesam (ainda mais) no bolso do  idoso

O idoso continua a ser o que mais sofre com a inflação. A taxa para quem tem mais de 60 anos acumula alta de 4%,  enquanto isto, a média para as outras idades gira em torno de 3,6%. 

Os dados são da fundação Getúlio Vargas.  Destaque para o aumento no preço dos alimentos  além dos gastos com transportes e com a gasolina.  Mas é na farmácia que a turma da terceira idade vê o dinheiro ir embora.

O preço dos remédios subiu 1,4%, em média e os economistas avisam: a previsão é que a inflação do idoso termine o ano bem acima da média. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui