Ex-prefeito Julio Lossio e o vereador Paulo Valgueiro são recebidos com muito carinho e gratidão

O ex-prefeito de Petrolina Julio Lossio e o vereador e líder da Bancada de Oposição da Casa Plínio Amorim, Paulo Valgueiro, estiveram juntos no Distrito de Rajada, neste domingo (15), para a festividade católica da Padroeira que há 102 anos celebra Nossa Senhora das Dores, na Paroquia que leva o mesmo nome da santa. Acompanhados dos comunitários Rivaldo Amorim e Dino de Rajada e dos fiéis católicos, eles participaram da procissão e da missa campal, em seguida, visitaram amigos na localidade.

A festa cristã arrastou uma multidão pelas ruas que em devoção cumpriram promessas e renovaram sua fé, mesmo na escuridão pela falta de iluminação no Distrito. A praça principal está totalmente às escuras, sem iluminação pública, os poucos fleches de luzes, são reflexos das residências que mantêm as lâmpadas acesas para evitar o breu e melhorar a sensação de segurança. De acordo com Amorim, nenhum investimento foi feito pela atual gestão no Distrito que tem aproximadamente 18 mil habitantes.

“Nossa comunidade está desprezada pela atual gestão, o Governo Novo Tempo não existe em Rajada, tudo que temos aqui foi realizado pelo ex-prefeito Julio Lossio. Há quase 3 anos estamos esquecidos. O interior está abandonado, não tem médico, a estrada carroçal está intransitável, escolas estão precisando de investimentos, a saúde não existe, não tem projeto, não tem nada. O que temos aqui é o Cras, o Bolsa Família, o matadouro, o campo iluminado, a praça e os calçamentos que temos foi feito pelo velho tempo do ex-prefeito do povo, Julio Lossio”, destacou Amorim.

Mesmo com a escuridão, os fiéis abrilhantaram a festa com demonstração de devoção e fé. A missa foi presidida pelo pároco Pedro Andrade, filho da terra.

Valgueiro relembrou que a quadra coberta foi um equipamento público construído pelo ex-prefeito Guilherme Coelho e a praça pelo então prefeito Julio Lossio, mas hoje está abandonado. “É o prefeito de obras para a orla da cidade e que abandona o interior do município”.

Rajada 102 anos

A primeira missa de Rajada foi celebrada em 15 de Setembro de 1913 pelo padre Deocleciano, que chegou na comunidade montado no cavalo vindo do município de Santa Maria da Boa Vista, especialmente para presidir a festa cristã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui