Resultado de imagem para Professores aderem a paralisação pela educação

Nesta quarta-feira (02) e quinta-feira (03), acontecerão em todo o país protestos e paralisações em defesa da educação pública. A coordenação da ADUNEB convoca a todas e todos  docentes e os demais segmentos da comunidade acadêmica da UNEB a participarem dos atos públicos. Outras atividades também ocorrerão em várias cidades do interior do estado.

Os professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) aprovaram, em Assembleia Geral Extraordinária realizada nesta segunda-feira (30), a adesão da categoria à paralisação nacional pela educação marcada para estas quarta (2) e quinta-feira (3). A reunião para votação foi convocada pela diretoria da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pernambuco (Adufepe).

As atividades que serão realizadas nos três campi da instituição serão definidas em reunião com o movimento estudantil na tarde desta segunda. A Adufepe também participará de ato no Congresso Nacional, em Brasília (DF). “Estamos vivendo a pior ditadura deste país: a ditadura do capital financeiro internacional, onde você não sabe quem é o inimigo. Sem uma grande mobilização, a gente não derrota o governo”, afirmou o diretor da Adufepe, Audísio Costa.

A convocação para a paralisação foi feita pela UNE e pela Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG). Dentro das atividades programadas, ex-ministros visitarão os parlamentares para defender a pauta de oposição à desconstrução do Programa Nacional de Educação (PNE) e contra o não cumprimento da lei com as metas para os setores até 2022. Eles vão apresentar documentos tratando sobre o programa Future-se, o novo Fundeb, o Sistema Nacional de Educação e a Formação de Professores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui