Home Sem categoria Professor da Univasf recebe título de Cidadão Petrolinense da Câmara de Vereadores

Professor da Univasf recebe título de Cidadão Petrolinense da Câmara de Vereadores

686
0
Helinando de Oliveira, a família e o vereador Gilmar Santos: dedicação à Ciência contextualizada com o semiárido./ Foto: Arquivo pessoal.

Há cerca de 18 anos, quando chegou a Petrolina (PE) para assumir o cargo de professor na então recém criada Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), o recifense Helinando Pequeno de Oliveira não imaginava que seria homenageado com uma honraria da Câmara de Vereadores – Casa Vereador Plínio Amorim. Na última sexta-feira (13), na presença da família, amigos e diversos estudantes, Oliveira recebeu o título de Cidadão Petrolinense, no plenário da Câmara, por sua atuação em ensino, pesquisa e extensão no sertão do São Francisco.

A proposta de outorga do título foi uma iniciativa do vereador Gilmar Santos, por meio do Projeto de Decreto Legislativo Nº 113/2021. O autor destacou no projeto os “relevantes serviços prestados ao Município de Petrolina, especialmente à comunidade científica da cidade e de toda a Região do Vale do São Francisco”. Na cerimônia, também estiveram presentes os vereadores Aero Cruz, presidente da Câmara, Samara da Visão e Marquinhos do N4. “Para mim, este título de cidadão petrolinense é uma grande honra, por representar o fruto do amor por uma cidade que sabe receber e acolher. Petrolina convida a ficar (com um mergulho no velho Chico) e permanece a desafiar por soluções que só a ciência e inovação conseguem oferecer”, disse Oliveira, em seu discurso durante a solenidade.

Sua vinda para o sertão também foi motivada pelo desejo de implementar ações de pesquisa na região, aproximando a Ciência do dia a dia dos sertanejos. Ele destacou o apoio de órgãos de fomento à pesquisa, como a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) para o desenvolvimento da Ciência na Univasf e na região, ao longo desse período.

Amigos e estudantes também participaram da cerimônia de outorga do título ao docente. / Foto: Arquivo Pessoal.

Professor titular vinculado ao Colegiado de Engenharia Elétrica (Cenel) e ao Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Materiais (PPGCM), ele é coordenador do Laboratório de Espectroscopia de Impedância e Materiais Orgânicos (Leimo). Oliveira é formado em Engenharia Elétrica, tem mestrado e doutorado em Física, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e fez pós-doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos. Ao chegar à Univasf, participou do desafio de iniciar a graduação em Engenharia Elétrica e foi um dos criadores da primeira pós-graduação da Universidade, o PPGCM, que hoje oferece os cursos de mestrado e doutorado. Oliveira foi também o primeiro coordenador do Programa e esteve à frente da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPPGI), no período de 2012 a 2016. Em 2021, tornou-se membro da Academia Pernambucana de Ciências (APC).

Entre diversas ações já realizadas pelo professor Helinando de Oliveira, destaca-se a pesquisa que desenvolveu um tecido de nanofibras utilizável em curativos, que gerou a conquista da primeira patente da Univasf, em 2020. “Fazer Ciência contextualizada com o semiárido tem sido uma grande vitória e esse caminho está valendo a pena”, afirmou o docente e pesquisador, que já orientou 32 mestres e dez doutores de vários locais do Brasil e do exterior.

O discurso do professor Helinando de Oliveira na solenidade de outorga do título de Cidadão Petrolinense encontra-se disponível no Canal Ciência Popular, que ele mantém no YouTube. Acompanhe.(Ascom)

Previous articleSebrae PE realiza programação especial da Semana do MEI nos municípios de Petrolina e Araripina
Next articleDia sem Imposto chama atenção para a alta carga tributária do País