Home Sem categoria Prefeitura e Univasf buscam parcerias para a saúde de Juazeiro

Prefeitura e Univasf buscam parcerias para a saúde de Juazeiro

59
0

Depois de uma maratona de reuniões com representantes dos governos Federal e Estadual em busca de mais investimentos para o município, de volta a Juazeiro a prefeita Suzana Ramos se encontrou nesta sexta-feira (14) com o reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Paulo Cesar Fagundes, para tratar de uma possível parceria com a instituição de nível superior.

A reunião contou também com a presença do secretário de Saúde, Fenando Costa, a diretora geral da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Tatiane Benevides, o secretário de Governo, Tomaz Espínola e o chefe de Gabinete, Ciro Viana.

A gestora municipal e o reitor da Univasf trataram sobre a possibilidade de montar um centro de informação em epidemiologia, além de futuramente abrir espaço para os estudantes do curso de Medicina realizarem a residência médica na Maternidade Municipal e em um hospital particular da cidade, bem como executar um projeto de estudo e requalificação da UPA.

“Esse foi o primeiro momento em que pudemos avaliar as propostas trazidas pelo reitor da Univasf de aproximar a universidade da prefeitura. Considero uma iniciativa muito positiva em querer compartilhar os conhecimentos acadêmicos à serviço da população e, em contrapartida, o município abrir espaço para os futuros médicos colocarem em prática as habilidades adquiridas no curso de Medicina. Nossa intenção é estreitar os laços entre prefeitura, Univasf e a rede de saúde de Juazeiro para o bem de toda a comunidade”, destacou a prefeita Suzana Ramos.

Próxima etapa: O reitor da Univasf avaliou positivamente o encontro e falou sobre a próxima etapa. “A Univasf pode contribuir muito para o município, tanto na área da saúde como na área da educação. Agora nossa próxima etapa é a assinatura de um protocolo de intenções entre a universidade e a prefeitura e seguir a frente dessas pautas que sinalizamos com a prefeita”, afirmou Paulo Cesar Fagundes.

Ascom PMJ