No primeiro dia de reabertura de parte do comércio em Juazeiro, nesta segunda-feira (1º), o movimento de clientes foi grande e as equipes de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano em parceria com a Guarda Civil Municipal estiveram nas ruas para garantir que os comerciantes e a população estivessem atentos e cumprissem as determinações estabelecidas no Decreto Municipal Nº404/2020, assinado e publicado pelo prefeito Paulo Bomfim na sexta-feira (29), em mais uma ação da Prefeitura de Juazeiro no enfrentamento do Codiv-19.

De acordo com o plano de retomada do comércio de Juazeiro, nesse primeiro momento estão autorizadas a funcionar lojas em geral e outros estabelecimentos de áreas não essenciais, das 8h às 18h, de segunda a sexta, desde que atendam aos seguintes critérios: permitir um cliente a cada 12,5 metros quadrados, aferir a temperatura dos clientes na entrada das lojas, uso de máscara por clientes e funcionários, demarcação de posicionamento das pessoas nas filas com distância de 2 metros entre elas, fornecimento de álcool em gel para clientes e funcionários, proibição de consumo de produtos no interior dos estabelecimentos e controle do efetivo de trabalhadores.

“O texto do decreto deixa claro que todos os estabelecimentos têm um prazo de 10 dias para se adequarem às normas estabelecidas e adquirirem os termômetros. Enquanto isso, estamos fazendo o trabalho educativo, informando os comerciantes e a população, sobre as medidas de higiene e proteção que precisam ser seguidas para contermos a contaminação do vírus e assegurarmos a saúde de toda a população”, destaca o titular da SEMAURB, Gilson Araújo, acrescentando que somente nesse primeiro dia “mais de 60 estabelecimentos comerciais foram visitados pelas equipes de fiscalização e orientados quanto as normativas de funcionamento”, acrescenta o secretário.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Juazeiro – CDL, Murilo Matos, acredita na adequação e no cumprimento das normas de higiene e proteção, firmadas no decreto, por parte dos comerciantes. “Considero o plano para retomada do comércio varejista processual e adequado. Precisamos ter cautela, especialmente para setores que provocam aglomeração, como shoppings, etc. Os lojistas que estão abrindo, precisam estar comprometidos com os procedimentos de higiene, utilizar máscaras e álcool em gel e obedecer o distanciamento. Sabemos que a retomada é lenta, mas estamos começando pautados na esperança e disciplina”, ressalta Murilo Matos.

Outra determinação do decreto é relacionada a pessoas com idade superior a 60 anos, inferior a 12 anos e pessoas portadoras de doenças crônicas: ficam proibidas de frequentar os estabelecimentos durante a pandemia e os estabelecimentos devem comunicar através de cartazes. Em caso de denúncias sobre comércio funcionando de forma indevida as pessoas podem ligar para os números (74) 3612-3583, 99198-3908, 98808-6818 e 153.(Ascom-PMJ)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui