Home Sem categoria Plenário da Câmara rejeita o voto impresso, em mais uma derrota de...

Plenário da Câmara rejeita o voto impresso, em mais uma derrota de Bolsonaro

333
0

Governistas não conseguem reunir 308 votos para alterar a Constituição.

 

 (crédito: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

A Câmara dos Deputados decidiu rejeitar e arquivar a proposta de emenda à Constituição (PEC) que propunha o voto impresso em eleições, plebiscitos e referendos, nesta terça-feira (10).

Para ser aprovada, a PEC necessitava de 308 votos. No entanto, o texto elaborado pela deputada Bia Kicis (PSL-DF) teve o apoio de apenas 229 deputados e 218 contrários. A votação representa derrota ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que encampava a pauta em seus discursos.

Com isso, o texto será arquivado e o formato atual de votação e apuração deve ser mantido nas eleições de 2022.

Previous articleFilha de Agnaldo Timóteo vence ação e obtém direito à herança milionária
Next articleGestora da GRE em Petrolina considera histórica a solicitação da proposta Incluir para Democratizar