A Prefeitura de Petrolina já garantiu a imunização de 23.457 idosos do município, ultrapassando a meta estipulada pelo Ministério da Saúde que era vacinar 21.537 idosos, conforme dados do ‘Vacinômetro’, ferramenta do Governo Federal de monitoramento da cobertura vacinal no país.

A boa notícia também vale para os profissionais de saúde que também fazem parte do grupo prioritário desta primeira fase da campanha. De acordo com os dados, 7.885 profissionais foram vacinados, superando a meta do Ministério da Saúde, que era de vacinar 5.336 pessoas desse público. Os dados foram alcançados na terceira semana de imunização. A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de vacinar, pelo menos, 90% de cada público.

A Secretaria de Saúde destaca que os números só foram alcançados devido às estratégias adotadas e empenho dos servidores. Este ano, além das unidades de saúde, a vacinação também foi realizada em escolas, com o objetivo de evitar aglomerações e diminuir as chances de contaminação por coronavírus no público idoso. O sistema ‘drive thru’ também foi um sucesso absoluto.

Mudança no calendário

O Ministério da Saúde incluiu caminhoneiros, motoristas de transportes coletivo e trabalhadores portuários na segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que começa no dia 16 de abril. As três categorias se juntam ao grupo prioritário que também contempla doentes crônicos e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Com essa alteração, os professores, tendo em vista que as aulas estão suspensas, passam a integrar o grupo prioritário da terceira fase, que começa dia 9 de maio. Nessa terceira e última fase devem ser vacinados além dos professores, crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes e mulheres com até 45 dias após o parto, povos indígenas, adultos de 55 a 59 anos e pessoas com deficiência.(Ascom)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui