Pernambuco será sede de um mega evento regional que vai reunir empresários, e líderes de entidades ligadas ao setor de logística portuária, além de autoridades governamentais e parlamentares, para discutir ações com o objetivo de estimular a cultura exportadora, reduzir a burocracia  que aumenta o “custo Brasil” e incentivar a captação de recursos privados nacionais e estrangeiros para investimentos de infraestrutura.

O evento é o Fórum Nordeste Export, que será lançado no próximo dia 3 de março, durante encontro realizado no auditório do Centro Administrativo do Porto de Suape, às 15h.

O Fórum Nordeste Export acontecerá de 15 a 16 de junho, no Porto Digital do Recife. O evento realizando na capital pernambucana integra uma série de fóruns regionais nos quais serão levantados os temas que serão discutidos no Fórum Nacional Brasil Export, que será realizado de 19 a 20 de outubro, em Brasília.

“O Nordeste Export será um amplo e abrangente centro de discussões com temas relevantes e que vão contribuição para o desenvolvimento de todo o setor logístico portuário nacional, afirma Fabrício Julião, Diretor-Presidente da Una Marketing de Eventos, realizadora dos encontros.

Segundo ele, a programação será definida na reunião do próximo dia 3 pelo Comitê Técnico Orientador, que reúne as principais lideranças e especialistas do setor de logística e infraestrutura portuária, além de autoridades governamentais.

O coordenador do Comitê Orientador do Nordeste Export, Aluísio Sobreira, conta que, na primeira rodada de reuniões realizadas no Recife, em novembro último, com dirigentes dos portos de Suape e Recife, Federação das Indústrias, Sindicato dos Operadores Portuários, Sindicato das Indústrias de Açúcar e empresários do setor de exportação e importação, a receptividade foi total.

“Todos com quem mantivemos contato vislumbram que o Nordeste Export é uma ferramenta fundamental para promover o comércio exterior na região”, afirmou Sobreira que é diretor da Merco Shipping Marítima, vice-presidente da Câmara Brasileira de Contêineres e diretor da Associação de Comércio Exterior do Brasil.

“Estamos diante de perspectivas muito positivas em relação à necessidade de investimento em infraestrutura logística do País. Em razão disso, considero fundamental a realização em Pernambuco de um fórum com lideranças dos estados do Nordeste para discussão dos principais gargalos que dificultam a comércio exterior na região”, afirma Manoel Ferreira, vice-presidente da Federação Nacional dos Operadores Portuários (Fenop) e diretor do Sindicato dos Operadores Portuários de Pernambuco (Sindope).

Luiz Alberto Barros, Diretor de Desenvolvimento de Negócios de Suape, aponta os principais desafios para o setor: “Considerando o potencial logístico do Porto de Suape, tão importante quanto o desafio de atrair novos investimentos geradores de emprego e renda para toda a região Nordeste, será a criação de soluções socioeconômicas por meio da inovação, fortalecendo assim nossos equipamentos portuários e toda a comunidade logística.”

Para Javier Ramirez, diretor-presidente do Tecon Suape, o Nordeste Export vai ampliar o potencial de crescimento do setor: “O desafío é abrir novos mercados diretos de exportação desde o nordeste, desenvolvendo uma cadeia logística eficiente, independente dos portos do sul do Brasil, além de continuar desenvolvendo a boa infraestrutura portuária, aproveitando assim os enormes recursos humanos e naturais da região”.

Além do Nordeste Export, que acontecerá no Recife dias 15 e 16 de junho, serão realizados os eventos regionais Norte Export (27 e 28 de abril, Macapá), Sudeste Export (18 e 19 de maio, São Paulo), Sul Export (3 e 4 de agosto, Curitiba) e Centro-Oeste Export (24 e 25 de agosto, Cuiabá). Inscrições pelo site http://forumbrasilexport.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui