Nessa terça-feira, Dia Internacional do Homem (19 de novembro), a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) destacou os cuidados essenciais com a saúde dessa parcela da população, que em geral, só procura os serviços de saúde para a assistência e se esquece da prevenção.

“Na UPAE a gente busca fazer o acesso, o acolhimento e o alerta sobre as doenças prevalentes na população masculina. Prezamos também pela qualidade da atenção necessária ao enfrentamento dos fatores de risco das doenças e dos agravos de saúde”, ressalta a coordenadora médica, Bruna Spíndola.

A Unidade também faz o seu papel na educação em saúde. “Neste mês, por exemplo, temos trabalhado o Novembro Azul, que é a campanha de alerta e prevenção ao câncer de próstata, com os nossos funcionários e pacientes”, informa a supervisora do Serviço Social, Nazaré Cunha, já anunciando que a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) está articulando uma palestra com um urologista do serviço.

Vale ressaltar que cada vez mais pesquisas comprovam que a saúde, mais do que genética, é consequência das escolhas e hábitos de vida. Hábitos saudáveis e acompanhamento de saúde preventivo são o caminho para o envelhecimento com qualidade de vida. Porém os homens ainda costumam dar menos atenção à saúde e realizam menos consultas médicas.

O assunto é tão sério que existe uma Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH) do Ministério da Saúde, que tem como diretriz promover ações de saúde que contribuam significativamente para a compreensão da realidade singular masculina nos seus diversos contextos socioculturais e político-econômicos, respeitando os diferentes níveis de desenvolvimento e organização dos sistemas locais de saúde e tipos de gestão.(Ascom)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui