Daniela Lima – Painel – Folha de S.Paulo

Bloco na rua-  O monitoramento das adesões aos novos protestos contra cortes na educação animou organizadores dos atos marcados para esta terça (13).

Além de professores e alunos, que estão deliberando o assunto em assembleias nos diretórios acadêmicos, a mobilização foi reforçada por artistas.

Frases polêmicas ditas pelo presidente, como a homenagem a Carlos Alberto Brilhante Ustra, serão exploradas. No Rio, cartazes vão opor a imagem do torturador à de Marielle Franco.

Os organizadores dos atos selecionaram imagens não só da vereadora assassinada no Rio, mas também de outros nomes, como Zumbi dos Palmares e Chico Mendes. Bolsonaro chamou Ustra de “herói nacional”. Ao lado da imagem do coronel haverá a inscrição “Torturador. Não, nunca”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui