Home Sem categoria Ministra Luciana Santos fortalece diálogo com MEC

Ministra Luciana Santos fortalece diálogo com MEC

430
0

Em encontro com o ministro Camilo Santana, foram abordados temas como o pagamento de bolsas, apoio às universidades e o estímulo à pesquisa nacional.

A ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, se reuniu nesta quinta-feira (12) com o ministro da Educação, Camilo Santana, e secretários do MEC. No encontro, foram debatidos o pagamento de bolsas, o apoio às universidades e à comunidade acadêmica, e o fomento à pesquisa nacional.

Para a ministra Luciana Santos, o diálogo e o alinhamento das políticas públicas entre MCTI e MEC são fundamentais para o país.

“O desenvolvimento das atividades de ciência, tecnologia e inovação está diretamente atrelado à política educacional. O avanço científico anda lado a lado com a educação, que é a responsável por permitir o domínio do conhecimento e a busca por respostas e resultados”, ressaltou a ministra.

“O trabalho conjunto da educação com a ciência e tecnologia rende importantes e relevantes frutos para sociedade. É necessário que mantenhamos um diálogo constante e alinhado, a fim de potencializar esses resultados”, acrescentou o ministro da Educação, Camilo Santana.

Ainda durante a reunião, a ministra do MCTI propôs projetos para serem executados em parceira com o Ministério da Educação, entre eles o Embarque Digit e o “Espaços 4.0”.

ESPAÇOS 4.0
Os Espaços 4.0 são centros de inovação que reúnem laboratório maker e laboratório de tecnologias de informação e comunicação. Os centros contam com equipamentos de última geração, como Impressoras 3D, Scanners 3D, Lasercuts, Kits arduinos de diversos modelos, entre outros.

Instalados em escolas, são abertos à participação da comunidade escolar e da sociedade. Dois professores e quatro estudantes são responsáveis pelo espaço, orientando o uso dos equipamentos, fortalecendo o desenvolvimento de projetos de inovação e criando práticas que favoreçam a integração e a aprendizagem ativa pelos estudantes.

Foto: Wesley Sousa/MCTI

Previous articleLula sanciona lei que equipara o crime de injúria racial ao de racismo
Next articleSexta-feira, 13! Como número 13 se tornou ‘símbolo de má sorte’ na cultura ocidental