A unidade das oposições em Bonito, no Agreste pernambucano, vem sendo costurada para as eleições municipais. O vereador Zenilson deu o pontapé nas articulações nesta semana, quando reuniu diversas lideranças locais juntamente com o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB). Outros três vereadores (Tonho da Granja, Roberto Monteiro e Josenildo Rosa) também participaram do encontro, que simbolizou um novo momento para a política daquele município. O deputado federal Fernando Filho (DEM) e o deputado estadual Antonio Coelho (DEM) também têm atuado pela unidade do campo oposicionista.

Segundo FBC, o encontro faz parte de uma reorganização no MDB em todo o estado, que vem sendo feita juntamente com o presidente estadual da legenda e deputado federal Raul Henry e o senador Jarbas Vasconcelos. “O MDB tem hoje 17 prefeituras e estamos trabalhando em todas as regiões de Pernambuco para ampliarmos esse número, lançando no mínimo, 75 candidaturas a prefeito. Sabemos que não é fácil, mas o primeiro passo é reorganizar o partido. Fico feliz com atos como esse em Bonito, pois demonstram que esse processo para construirmos a unidade das oposições, que tem o vereador Zenilton à frente, tem ganhado corpo”, destaca Fernando Bezerra Coelho.

O senador lembra que as eleições municipais de 2020 inauguram um novo ciclo na política brasileira, com o fim das coligações proporcionais. “Os partidos terão que disputar e formar seus quadros. E é evidente que não dará para se ter candidato a vereador por vários partidos, porque termina sacrificando quem disputa. Teremos então, no máximo, duas chapas para vereadores na oposição em Bonito e em várias cidades. Ou seja, os candidatos só conseguirão disputar por dois partidos, e o que estamos trabalhando é para que o destino desses candidatos seja o MDB, porque é um partido que tem estrutura, tem história, tem musculatura para todas as disputas”, ressalta FBC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui