Home Sem categoria Lula tem maior tempo de TV e rádio; confira a divisão entre...

Lula tem maior tempo de TV e rádio; confira a divisão entre os candidatos

349
0

 (crédito: Ricardo Stuckert/PT e MAURO PIMENTEL / AFP)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conseguiu o maior bloco partidário para disputar o Palácio do Planalto. O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, tem a segunda maior composição. O número de partidos na coligação é importante porque através dele se traduz o tempo de propaganda e fundo eleitoral. Além disso, a coligação também assegura capilaridade da busca por votos.

Com a definição das chapas e coligações que disputarão a corrida pelo Palácio do Planalto, neste ano, já é possível estimar o tempo de rádio de TV que cada candidato terá para expor suas propostas.

Pela lei, a divisão do tempo de propaganda é definida proporcionalmente ao peso dos partidos que formam as coligações. O peso de cada legenda é medido pelo tamanho das bancadas desses partidos na Câmara. Ou seja, quanto maior a bancada, maior o peso.

Os blocos fixos da propaganda eleitoral começam a ser exibidos no dia 26 de agosto. Cada bloco terá, ao todo, 12 minutos e 30 segundos de propaganda.

Lula tem o apoio do PSB, Solidariedade, PSOL, Rede, Avante, Agir, PROS, PCdoB e PV. Esses partidos elegeram 140 deputados federais, 13 senadores e oito governadores em 2018.

Já Jair Bolsonaro, tem o segundo maior grupo. Além do PL, o Progressistas e Republicanos também vão apoiar a tentativa de reeleição. Em 2018, os partidos elegeram 101 deputados federais, sete senadores e um governador.

Além dos blocos, os candidatos também podem fazer inserções de 30 segundos dos partidos que são transmitidas ao longo da programação geral. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a quantidade de inserções também varia conforme o tamanho de cada coligação.

Com isso, Lula deve ter uma média de 7,5 inserções e Bolsonaro 6 inserções diárias. Os números são uma projeção com base nos critérios adotados pelo TSE. A divulgação da divisão do tempo será feita oficialmente pela Justiça Eleitoral no dia 12 de agosto.

Outros nomes na corrida

A candidata ao Planalto Simone Tebet (MDB) terá o terceiro maior tempo. Ela conta com o apoio de três partidos: MDB, PSDB e Podemos e Cidadania. Juntas, essas legendas elegeram 82 deputados federais, seis governadores e 11 senadores em 2018.
A senadora Soraya Thronicke (União Brasil) e o senador Ciro Gomes (PDT) contam apenas com apoio do próprio partido.

O União Brasil, legenda que surgiu depois da fusão entre PSL e DEM, elegeu 81 deputados federais, cinco governadores e oito senadores em 2018. Já o PDT, elegeu 28 deputados federais, dois senadores e um governador em 2018.

Confira o tempo de cada candidato

  • Luiz Inácio Lula da Silva – PT, PCDOB, PV, SOLIDARIEDADE, PSB, REDE,
  • PSOL, AVANTE E PROS – 3 min e 16s
  • Jair Bolsonaro – PL, PROGRESSISTAS E REPUBLICANOS – 2 min e 40s
  • Simone Tebet – MDB, PSDB, PODEMOS E CIDADANIA – 2 min e 16s
  • Soraya Thronicke – UNIÃO BRASIL – 2 min e 7s
  • Ciro Gomes – PDT – 50s
  • Roberto Jefferson – PTB – 20s
  • Felipe D’Avila – NOVO – 19s
  • Eymael – DEMOCRACIA CRISTÃ – 8,3s
  • Verá Lúcia – PSTU- 6,8s
  • Sofia Manzano – PCB – 6,8s
  • Leonardo Péricles – UP – 6,8s

Diário de Pernambuco

Previous articleGovernador Paulo Câmara discute parcerias com Instituto Pernambuco-Porto
Next articleConfira a cotação dos hortifrutigranjeiros comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro nesta quarta-feira